Breaking News
Home / Biologia / Citoplasma

Citoplasma

PUBLICIDADE

Citoplasma – Definição

Na biologia celular, o citoplasma é uma substância altamente viscosa (semelhante a um gel) encerrada na membrana celular. É composto de água (cerca de 85 por cento), proteínas (10 a 15 por cento), lipídios (2 a 4 por cento), ácidos nucléicos, sais inorgânicos e polissacarídeos em quantidades menores.

Dependendo da célula, o citoplasma também pode conter grânulos ocasionais de inclusões (por exemplo, nutrientes e pigmentos armazenados, etc.).

Além da membrana celular, que envolve todos os componentes celulares, a maioria das organelas celulares (ribossomo, aparelho de Golgi, retículo endoplasmático, etc.) está localizada no citoplasma.

Por esse motivo, a maioria das atividades metabólicas ocorre dentro do citoplasma.

O que é citoplasma?

Numa célula eucarionte (aquela que tem o núcleo separado por uma membrana), há diversas organelas, sendo que recebe o nome de citoplasma o espaço intracelular, entre a membrana plasmática e o envoltório nuclear. Para facilitar, pense numa célula como se ela fosse um abacate. O núcleo é o caroço e a casca é a membrana plasmática. Logo, a polpa seria o citoplasma.

De maneira bem simples, o citoplasma corresponde à célula, excluindo o núcleo e a membrana plasmática. Vale ressaltar que o citoplasma numa célula procarionte (aquela que não tem núcleo separado por membrana) corresponde a todo conteúdo intracelular.

No citoplasma é possível encontrar o citoesqueleto (que dá sustentação à célula), as organelas (mitocôndria, centríolo, vacúolos, ribossomos, retículos endoplasmáticos lisos e rugosos, o aparelho de Golgi e outros), além dos depósitos de hidratos de carbono,proteínas, lipídios, pigmentos e outras substâncias.

Todo o espaço existente entre estes constituintes é preenchido pelo citosol, ou hialoplasma ou matriz citoplasmática.

O citosol tem aspecto variável, sendo formada por uma série de substâncias dissolvidas no solvente universal: a água. Em alguns casos, a água forma 70% das células.

Vale lembrar que a matriz citoplasmática conta com uma série de macromoléculas que influenciam em alterações do comportamento molecular.

Mas afinal, qual a função do citosol?

É nele que ocorrem uma série de reações químicas que estão intimamente ligadas ao metabolismo das células.

É no citosol em que são produzidas moléculas que forma as estruturas da célula, ocorre também o armazenamento de substâncias, que servem de reserva para a sobrevivência da célula e, além disso, é no citosol que reações químicas promovem a quebra (glicólise) bem como a produção de açúcares.

Quando se comparam as células animais e vegetais, de forma geral, nas células vegetais, o citoplasma ocupa menos espaço, pois nelas há a presença de vacúolos, que são estruturas que permitem o armazenamento de substâncias.

Citoplasma – Célula

Citoplasma, é a região da célula localizada entre a membrana plasmática e o núcleo, preenchida por uma substância gelatinosa (semi-líquida), na qual estão mergulhadas as organelas citoplasmáticas.

Hialoplasma (Citossol ou Matriz Citoplasmática)

É uma substância gelatinosa (viscosa) que preenche o citoplasma, composta quimicamente por água, proteínas, sais, carboidratos, etc.

Partes do Citoplasma

Endoplasma: é a parte mais interna do citoplasma. Apresenta consistência fluídica (sol).
Ectoplasma: é a parte mais externa do citoplasma, apresenta consistência gelatinosa (gel).

Movimentos do Citoplasma: ciclose e movimento amebóide

A Ciclose

É um movimento no endoplasma celular em forma de uma corrente, onde são observadas algumas organelas se deslocando, como os cloroplastos em células vegetais.

O Movimento amebóide

É um movimento de deslocamento de algumas células através da emissão de pseudópodes.

Ex.: leucócitos ou glóbulos brancos e alguns protózoários, como as amebas.

Citoplasma

Tixotropismo:é a capacidade que apresenta o citoplasma de mudar a sua composição química de “gel” para “sol”.

Organelas Citoplasmáticas

São estruturas com forma e funções definidas, encontradas no interior do citoplasma.

Principais organelas:

Retículo endoplasmático (liso e rugoso);
Ribossomos;
Complexo de Golgi;
Lisossomos;
Centríolos;
Mitocôndrias;
Plastos;
Vacúolos;
Peroxissomos;
Glioxissomos.

Retículo Endoplasmático

É um conjunto de canais que se expande no interior do citoplasma (no citossol), formando canais ramificados e sacos achatados que se intercomunicam.

Tipos de retículo endoplasmático: Retículo endoplasmático rugoso e retículo endoplasmático liso.

a) O Retículo Endoplasmático Liso ou Agranular: É a parte do retículo endoplasmático que não apresenta grânulos (ribossomos) nas suas membranas

Funções:

Transporte de substâncias no interior do citoplasma;
Síntese de lipídios (gorduras);
Eliminar substâncias tóxicas (álcool, drogas, etc.);
Desativar alguns hormônios (adrenalina);

b) O Retículo Endoplasmático Rugoso (ou granular, ERG, ergastoplasma): É a parte do retículo endoplasmático que apresenta grânulos (ribossomos) aderidos as suas membranas.

Citoplasma

Função: Síntese de proteínas

Os Ribossomos

São pequenos grânulos observados livres no citoplasma ou aderidos as membranas do retículo endoplasmático rugoso. Quimicamente são constituídos por proteínas e RNA (ácido ribonucléico).

Não são visíveis ao microscópio óptico.
Ocorrem em todos os tipos de células

Função: Síntese de proteínas

Complexo de Golgi ou Golgiossomo

Compreende um conjunto de sacos achatados e sobrepostos, formando pilhas, de onde partem pequenas vesículas.

Funções

Armazenar e empacotar secreções produzidas pela célula;
Sintetizar carboidratos;
Originar os lisossomos;
Constitui o acrossomo do espermatozóide.

Lisossomos: São vesículas membranosas que brotam do complexo de Golgi, contendo enzimas digestivas.

Funções

Digestão intracelular
Regressão da cauda do girino
Promove a autofagia
Realizam a autólise ou citólise (eliminação de células mortas)

TIPOS DE LISOSSOMOS

Lisossomo primário: É aquele que apresenta no seu interior apenas as enzimas digestivas.
Lisossomo secundário ( = vacúolo digestivo): 
É aquele formado pela união do lisossomo secundário com um fagossomo ou pinossomo (= vacúolo alimentar).

Obs.: Silicose é uma doença que ocorre em trabalhadores de minas, onde os lisossomos sofrem rompimento das suas membranas por partículas de sílica, derramando enzimas digestórias no interior das células e realizando assim a autólise ou citólise.

Mitocôndrias

São estruturas cilíndricas com aproximadamente 0,5 micrômetros de diâmetro e vários micrômetros de comprimento. Podem ser visualizadas ao microscópio ótico. Encontram-se em todas as células eucarióticas.

Função:

Realizar a respiração celular e produzir energia em forma de ATP (trifosfato de adenosina)
O conjunto de todas as mitocôndrias de uma célula denomina-se “condrioma”

Estrutura da Mitocôndria

Apresenta-se constituída por duas membranas: uma membrana externa lisa que a envolve e uma membrana interna formando dobras, denominadas “cristas mitocondriais”.

O espaço interno da mitocôndria denomina-se “matriz mitocondrial”.

Representação Estrutural de uma Mitocôndria

Citoplasma

As mitocôndrias, assim como os cloroplastos, apresentam o seu próprio ácido nucléico (DNA e RNA), sendo portanto capazes de se autoduplicarem, independentemente da célula.

Plastos ou Plastídeos

São organelas características das células vegetais. Não são encontra dos, portanto em bactérias, cianobactérias, protozoários, animais e fungos.

Os plastos se dividem em dois tipos: Leucoplastos e Cromoplastos.

Os Leucoplastos

São aqueles que não apresentam pigmentação, ou seja, não apresentam coloração. São plastos incolores.

Função: armazenar substâncias produzidas na célula

Exemplos

Amiloplastos: armazenam amido.
Oleoplastos: armazenam lipídeos.
Proteoplastos: armazenam proteínas.

Os Cromoplastos

São aqueles que possuem pigmentação, apresentam, portanto, coloração.

Eritroplastos: apresentam o pigmento eritrofila que confere cor vermelha. Ex: Tomate, acerola,etc.
Xantoplastos:
apresentam o pigmento xantofila que confere cor amarela. Ex: Mamão, banana, etc
Cloroplastos:
É o mais importante dos plastos, apresenta o pigmento clorofila que confere cor verde aos tecidos vegetais. Ex: Folhas.

Função dos cromoplastos: O cloroplasto é o principal responsável pela fotossíntese, enquanto que os demais plastos auxiliam no processo fotossintetizante, funcionando como filtro de luz

Fotossíntese

Consiste na síntese de moléculas orgânicas (glicose) a partir de uma reação química entre o CO2 do ar atmosférico, a água do solo, em presença da luz solar, liberando oxigênio. Ocorre principalmente nas folhas.

Estrutura do cloroplasto

Citoplasma

Estruturalmente, o cloroplasto é constituído por uma membrana externa, lisa, que o envolve, e internamente por uma outra membrana que forma dobras denominadas “lamelas”;
Sobre as lamelas estão situadas estruturas membranosas em forma de moedas empilhadas denominadas “tilacóides”;
Cada pilha de tilacóides recebe o nome de “granum”;
O conjunto de todos os granum de um cloroplasto recebe o nome de “grana”.

Obs.: Assim como as mitocôndrias, os cloroplastos possuem seu próprio DNA e RNA, sendo capaz de promover sua autoduplicação.

Centríolos

Os centríolos são estruturas cilíndricas, com 0,2 um de largura e 0,4 um de comprimento. São constituídos por nove grupos de três microtúbulos, fundidos em tripletes.

Citoplasma

Funções:

a. Divisão celular
b. Formar cílios e flagelos

Citoplasma — Resumo

O citoplasma é o líquido claro que preenche as células de plantas e animais. Ele contém três partes, o citosol, as organelas e as inclusões citoplasmáticas.

Este líquido funciona para suspender e manter no lugar as organelas dentro da célula. É nessa substância que muitas das facetas mais básicas e importantes da biologia ocorrem.

A parte mais básica do citoplasma é o citoplasma. O citosol é a parte líquida básica da célula que não contém nenhuma das organelas ou depósitos químicos importantes.

Geralmente é claro e ocupa a maior parte do espaço da célula.

Anatomia de uma célula animal
Células de animais e plantas são preenchidas com citoplasma

Todas as partes da célula, com exceção do núcleo, são mantidas dentro do citoplasma. Essas partes são chamadas de organelas.

As organelas são semiorgãos microscópicos que facilitam uma série de reações metabólicas importantes, como quebrar proteínas, produzir energia e mitose ou meiose celular.

Exemplos de tais organelas são corpos de Golgi, mitocôndrias, retículo endoplasmático e ribossomos. Sem a função dessas organelas, as células murchariam e morreriam, e a vida não seria possível.

Manter a forma da célula e a suspensão das organelas é a tarefa mais importante do citoplasma celular, mas também desempenha várias outras funções.

citoplasma atua como um espaço de armazenamento para os blocos de construção químicos do corpo, armazenando proteínas, oxigênio e outras substâncias até que possam ser usados pelas organelas e armazenando os subprodutos residuais de reações metabólicas, como o carbono, até que possam ser descartados.

Essas reservas são as inclusões citoplasmáticas.

A última função que o citoplasma às vezes envolve é permitir o movimento celular. Ao apertar organelas em uma parte específica da célula, o citoplasma pode fazer com que a célula se mova dentro do fluxo sanguíneo.

Em humanos, isso permite que os glóbulos brancos cheguem às partes do corpo onde precisam estar para funcionar. Em organismos básicos, como a ameba, isso fornece seu único meio de transporte. Nas plantas, esse processo, chamado de streaming citoplasmático, permite otimizar organelas celulares para a coleta da luz solar necessária à fotossíntese.

Fonte: Juliano Schiavo/www.microscopemaster.com/www.biologyonline.com/bio.libretexts.org/www.wisegeek.org/www.micropia.nl/www.ibiology.org

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.