Breaking News
Home / Biologia / Polifenóis

Polifenóis

PUBLICIDADE

Definição

Os polifenóis são uma classe onipresente de metabólitos secundários não voláteis das plantas, caracterizados pela posse de um ou mais grupos hidroxila ligados a um anel aromático.

Propriedades

Os polifenóis estão naturalmente presentes nas plantas.

Ao contrário de vitaminas e minerais, os polifenóis não são nutrientes essenciais, o que significa que não são necessários ao organismo humano para sustentar a vida, mas podem exercer funções benéficas.

Frutas e vegetais são fontes de polifenóis.

Outras fontes incluem nozes e sementes, ervas, produtos de cacau (por exemplo, chocolate preto), produtos integrais, chá e café e vinho tinto.

Os polifenóis são reconhecidos por suas propriedades antioxidantes e, por serem as substâncias mais difundidas com potencial antioxidante em nossa dieta, suas atividades biológicas estão sendo investigadas por muitos pesquisadores.

O que são

Os polifenóis são antioxidantes em plantas que muitos acreditam ter uma quantidade substancial de benefícios à saúde.

Entre os mais conhecidos estão os flavonóides, que são um agrupamento de vários milhares de compostos individuais. Esses compostos são encontrados juntos em muitos alimentos diferentes, todos contribuindo de uma maneira única para a saúde geral de um indivíduo.

Eles são mais comumente introduzidos no corpo através do consumo de frutas e legumes.

Além dos flavonóides, outras classes de polifenóis incluem taninos (taninos condensados e taninos hidrolisáveis) e ligninas. Cada um deles pode ser encontrado em muitas fontes diferentes.

Por exemplo, os taninos são predominantes em vinhos, chás e frutas. Quase qualquer planta carrega pelo menos alguns desses polifenóis.

Os polifenóis funcionam eliminando os radicais livres no corpo, que são conhecidos por causar vários problemas de saúde. Pensa-se que eles ajudam a prevenir o envelhecimento precoce e a prevenir o câncer, entre outras coisas.

Alguns, como taninos, também podem ter benefícios com antibióticos.

O efeito dos taninos pode ser visto em várias aplicações diferentes. É a substância responsável pelo escurecimento ou curtimento do couro. De fato, foi assim que o grupo de produtos químicos recebeu seu nome.

O ácido tânico pode ser visto em alguns lagos e rios, especialmente em áreas tropicais e subtropicais povoadas de ciprestes. No entanto, deve-se notar que, embora o ácido tânico possa, em alguns casos, ser prejudicial ao organismo, não é o mesmo que os taninos encontrados em outros tipos de polifenóis.

Embora exista uma série de benefícios à saúde associados aos polifenóis, ainda existem muitas perguntas associadas a eles. Em alguns casos, dependendo do composto, eles podem não ser benéficos e, de fato, bastante prejudiciais.

Isto é especialmente verdade em certos tipos de taninos. Sem mais estudos, é impossível afirmar positivamente quais são os benefícios desses compostos com grande grau de certeza.

No entanto, na maior parte da comunidade médica, o debate se concentra em que grau os polifenóis beneficiam uma pessoa, não uma questão de saber se o beneficiam. Quase todos os benefícios de saúde de frutas, legumes e até bebidas como chá e vinho são creditados aos antioxidantes. A maioria dos especialistas recomenda consumir esses alimentos e bebidas, apoiando seus benefícios.

O que são polifenóis do chá?

Os polifenóis do chá são compostos químicos, como flavonóides e taninos, encontrados naturalmente no chá. Dependendo de como o chá é colhido, manuseado, processado e fabricado, o nível de polifenol pode variar.

Acredita-se que esses compostos químicos sejam benéficos para a saúde humana e são a base de muitas alegações feitas sobre os benefícios para a saúde do chá.

Como acontece com muitos compostos naturais que parecem ter benefícios à saúde, é difícil isolar e estudar esses polifenóis por conta própria, e alguns pesquisadores sugeriram que suas ações no corpo podem realmente ser o resultado de vários compostos trabalhando juntos.

Os polifenóis são antioxidantes, o que significa que eles podem reduzir o risco de desenvolver doença arterial coronariana e vários outros problemas de saúde.

Os compostos encontrados no chá também têm sido associados à redução do câncer, pois parecem bloquear a ação de algumas enzimas ligadas a essa condição.

Como o câncer é tão complexo e pode ser influenciado por muitos fatores ambientais e genéticos, os cientistas relutam em dizer que os polifenóis do chá previnem categoricamente o câncer, embora as taxas pareçam ser mais baixas em quem bebe chá após o controle de outros fatores óbvios como a dieta. para avaliar os dados.

Os polifenóis encontrados no chá também parecem suprimir o crescimento de bactérias nocivas, além de promover bactérias benéficas no intestino.

A tradição chinesa de beber chá com e após muitas refeições pode estar ligada a essa atividade, pois os alimentos podem ser uma fonte principal de infecção bacteriana quando não são bem tratados, e beber chá com alimentos pode reduzir o risco de desenvolver infecções.

O sabor do chá também é influenciado por seus polifenóis. Os taninos, encontrados em altas concentrações no chá preto e menores no chá verde e branco, conferem ao chá sua cor escura distinta e sabor amargo e acentuado.

Outros polifenóis também podem mudar a cor do chá, tornando-o mais avermelhado ou marrom, dependendo de como é manuseado, e os sabores sutis e distintos de chás bem processados são devidos em parte a esses compostos.

Os produtos químicos identificados como presentes no chá também podem ser encontrados em outras plantas. As uvas são outra excelente fonte desses produtos químicos antioxidantes, assim como frutas e legumes brilhantes.

A ingestão de uma dieta rica em material vegetal confere vários benefícios à saúde, incluindo os benefícios dos polifenóis.

Quais são os benefícios dos polifenóis?

Os polifenóis oferecem vários benefícios à saúde e cosméticos, incluindo a capacidade de melhorar a resposta imune quando se trata de combater os vírus da gripe e resfriado, além de melhorar a textura e a elasticidade dos cabelos e da pele.

Também foi demonstrado que o consumo regular evita problemas de memória, como a doença de Alzheimer, e também pode melhorar a reparação estrutural do DNA, o que pode tornar o corpo menos suscetível a vários tipos de câncer.

Porém, muito de como esses benefícios são realizados depende de três fatores principais: como eles são consumidos, a quantidade em que são consumidos e a regularidade com que são consumidos. Na maioria dos casos, os maiores benefícios vêm com o uso concentrado, que dura meses ou anos seguidos.

Simplesmente comer um alimento rico em polifenol ou usar um creme antioxidante para o rosto uma ou duas vezes pode dar um impulso temporário ou pode não fazer nada.

Muitos especialistas em saúde são rápidos em alertar que esses compostos geralmente não podem ser usados para curar as condições por si mesmos e, como tal, devem ser usados em conjunto com outros cursos de tratamento mais simplificados.

Noções básicas sobre compostos

Os polifenóis são uma ampla classe de antioxidantes à base de plantas.

Os antioxidantes, por sua vez, são compostos químicos que neutralizam e desestabilizam substâncias nocivas no organismo, conhecidas como radicais livres.

Os radicais livres são moléculas de oxigênio nocivas que se formam como resultado da exposição a toxinas ambientais e também como parte do processo normal de envelhecimento humano.

Frutas e legumes de cor vermelha ou roxa brilhante são alguns dos alimentos ricos em polifenóis mais conhecidos, e incluem cranberries, framboesas, couve roxa e uvas de casca escura.

Azeitonas e a maioria das nozes também estão incluídas, assim como a maioria das variedades de chá verde e preto.

Os pesquisadores médicos geralmente concordam que é uma boa ideia as pessoas consumirem alimentos que contêm antioxidantes como parte regular de sua dieta, mas quando se trata exatamente de quanto benefício as pessoas podem obter, geralmente há um pouco mais de discordância. Depende muito da qualidade do composto, bem como de sua concentração.

Só porque um grupo de alimentos contém esses compostos também não significa necessariamente que é uma boa fonte deles.

As pessoas que procuram benefícios sérios geralmente precisam prestar atenção não apenas à composição, mas também à concentração.

Resposta imunológica aprimorada

Um dos benefícios mais notáveis a curto prazo é a recuperação mais rápida de resfriados, gripes e outras infecções virais menores. Muitos – embora não todos – antioxidantes são antagônicos aos vírus. Especificamente, esses compostos interferem na capacidade do vírus de se ligar às células, que é a principal maneira pela qual o vírus se reproduz. Quando os vírus não conseguem se replicar, é mais fácil eliminá-los, o que reduz o tempo de recuperação. Também pode dificultar a propagação do vírus para outras pessoas.

Benefícios para a pele e cabelo

Esses compostos também têm vários benefícios cosméticos, e muitos deles também são de curto prazo, ou seja, as pessoas podem ver os resultados mais ou menos imediatamente.

Nozes, azeitonas e outros alimentos ricos em gordura poliinsaturada saudável à base de vegetais normalmente contêm antioxidantes à base de polifenóis que protegem a pele de danos ambientais, como a radiação solar.

Esses compostos também ajudam a pele a manter sua elasticidade e vibração natural. Isso reduz a aparência das rugas e melhora o tom geral da pele. Em muitos casos, esses benefícios também se traduzem em cabelos; as pessoas que comem muitos desses tipos de alimentos geralmente vêem bloqueios mais brilhantes e mais fortes como resultado.

Alguns fabricantes de cosméticos também adicionam extratos a loções, cremes para o cabelo e outros tratamentos tópicos, geralmente com a alegação de que absorvem o produto de fora e proporcionam benefícios mais ricos e concentrados. Porém, não há muita ciência apoiando essas afirmações.

Muitas plantas contendo polifenóis também são boas para fins cosméticos por causa de seus ácidos graxos, mas se elas podem realmente fazer algo especial por causa de sua composição química geralmente não é conhecido com certeza.

Potencial para evitar problemas de memória

Um dos benefícios de longo prazo mais amplamente divulgados é a capacidade desses produtos químicos de proteger contra a doença de Alzheimer e outros problemas de memória.

Embora a suscetibilidade à degradação da memória tenha muitos fatores contribuintes, incluindo histórico familiar, presença ou ausência de estimulação mental e estilo de vida geral, muitos radicais livres também acreditam que muitos desempenham um papel bastante significativo.

Os polifenóis podem ser capazes de desativar os radicais livres antes que possam corroer a memória, embora uma pessoa geralmente tenha um fluxo constante deles no corpo por meses, se não anos, para obter bons resultados.

Proteção do DNA

Os compostos de polifenóis também podem ajudar na proteção do câncer. Os radicais livres às vezes estão associados a danos no DNA em algumas ou todas as células do corpo.

Às vezes, isso causa danos aos códigos de DNA que controlam a replicação celular e a vida útil das células. Quando isso acontece, as células podem começar a se multiplicar fora de controle, formando massas que eventualmente formam tumores cancerígenos.

Os polifenóis podem ajudar a diminuir o risco de câncer, desativando os radicais livres, evitando danos ao DNA e, consequentemente, muitos tipos de câncer.

Limitações e riscos

Enquanto a maioria dos especialistas médicos concorda que as pessoas devem comer dietas ricas em antioxidantes e energia baseada em plantas, há muita controvérsia quando se trata da capacidade dos polifenóis de oferecer benefícios específicos ou curar as condições diretamente.

Para a maioria das pessoas, o melhor curso de ação é usar esses compostos para complementar ou aumentar outros aspectos da vida saudável, incluindo usar protetor solar, limitar o consumo de álcool e drogas e obter tratamento médico imediato para condições graves.

Polifenóis

Fonte: utswmed.org/www.sciencedirect.com/academic.oup.com/www.wisegeek.org/www.ncbi.nlm.nih.gov/www.fruitomed.com/www.kosterina.com/www.eufic.org/www.stylecraze.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Neurobiologia

Neurobiologia

PUBLICIDADE Definição Neurobiologia é o estudo de células do sistema nervoso e a organização dessas …

Esporos

PUBLICIDADE Definição Os esporos são a unidade reprodutiva unicelular de plantas não-florescentes, bactérias, fungos e …

Evolução Convergente

Evolução Convergente

PUBLICIDADE Definição de Evolução Convergente Evolução convergente é o processo no qual organismos que não estão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.