Breaking News
Home / Biologia / Ciliados

Ciliados

PUBLICIDADE

Ciliados – Definição

Ciliados, ou ciliophora, qualquer membro do filo de protozoários Ciliophora, do qual existem cerca de 8.000 espécies; ciliados são geralmente considerados os protozoários mais evoluídos e complexos.

Os ciliados são organismos unicelulares que, em algum estágio de seu ciclo de vida, possuem cílios, organelas curtas em forma de cabelo usadas para locomoção e coleta de alimentos.

Ciliados, nome comum para os membros do filo Ciliophora (ou em outro esquema de classificação, classe Ciliata) que são caracterizados principalmente por terem numerosos cílios.

O que são ciliados?

Os ciliados são provavelmente os mais conhecidos e os mais freqüentemente observados dos unicélulas microscópicas. Quase 10.000 espécies, tanto de água doce quanto marinhas, foram descritas, e provavelmente muitas mais ainda precisam ser descobertas.

Eles são caracterizados pela posse de cílios (latim cílio, cílio) – minúsculos pêlos que cobrem todo ou parte de seus corpos, que são usados para locomoção e para criar correntes que trazem partículas de alimentos para suas bocas.

Eles se alimentam principalmente de bactérias e/ou outros organismos unicelulares. Alguns, incluindo aqueles adaptados à vida no trato digestivo de outros animais, podem absorver nutrientes diretamente através de sua parede celular. Os cílios às vezes são organizados em estruturas mais elaboradas, como cirros (vários cílios unidos em um tufo ou “perna”) ou membranelas (uma fileira de cílios fundidos funcionando como uma única membrana).

Todos os cilados possuem dois tipos de núcleo – o macronúcleo, que medeia o funcionamento do dia-a-dia da célula, e o micronúcleo, do qual pode haver mais de um, que contém os cromossomos e está envolvido nos processos sexuais ( conjugação, autogamia, citogamia) sofrida por ciliados.

classificação dos ciliados sempre foi difícil e passou por muitas mudanças, especialmente recentemente à luz da pesquisa genética. Isso mostrou que muitos ciliados, agrupados com base na semelhança estrutural, não estão necessariamente intimamente relacionados. Muitas revisões da taxonomia de ciliados são prováveis no futuro.

Ciliados – Reino Protista

Pertencentes ao reino Protista são protozoários que pertencem ao filo Ciliophora. Podem viver na água ou como parasitas no interior do organismo dos animais.

Características

Quase todos de vida livre;
Alguns parasitas;
Locomovem-se através da movimentação dos cílios;
Possuem em seu interior organelas especializadas (vacúolos digestivos, micronúcleo, macronúcleo), que ficam no citoplasma;
A alimentação dos ciliados consiste, principalmente em: leveduras, algas e bactérias;
Ingerem o alimento através do processo de fagocitose (englobamento e digestão de partículas sólidas e microorganismos);
Reprodução assexuada e sexuada.

Exemplo: Paramécio.

Paramécio

Estrutura de um Paramécio

Os protozoários pertencem ao reino Protista. São eucariotos, unicelulares e heterótrofos (seres vivos que não são capazes de produzir o seu próprio alimento).

Possuem uma estrutura muito importante denominada vacúolo pulsátil, que armazena todo o excesso de água, para fazer o controle osmótico, encontrados apenas em protozoários de água doce.

Classificação dos protozoários: São classificados de acordo com seu modo de locomoção.

Rhizopoda ou Sarcodina: pseudópodes, que são formados para englobar substâncias (fagocitose) e utilizados para locomoção.

Exemplo: Ameba.

Mastigophora, Zoomastigophora ou flagelados: flagelos.

Exemplo: Trypanossoma.

Ciliphora ou ciliados: cílios.

Exemplo: Paramécio.

Apicomplexos ou sporozoa: sem estruturas de locomoção. Esporozoários. Todos são parasitas.

Exemplo: Plasmodium

Reprodução

Assexuada: bipartição (cissiparidade), divisão celular que irá gerar outro indivíduo. Não tem variabilidade genética, são indivíduos geneticamente iguais.

Sexuada: conjugação: apresentam macronúcleo e micronúcleo, estas estruturas são diploides. O micronúcleo sofre um processo de meiose formando quatro micronúcleos.

Ocorre uma ponte citoplasmática entre os protozoários, onde ocorrem trocas de micronúcleos entre eles, estes micronúcleos irão se misturar e gerar um novo indivíduo. Geneticamente diferentes.

Alguns protozoários são simbiontes: relação mutuamente vantajosa entre dois ou mais organismos vivos de espécies diferentes.

Vários protozoários são causadores de doenças. Uma medida de profilaxia é consumindo água filtrada, pois muitas espécies de protozoários vivem na água contaminando a mesma.

Filo Ciliophora: Ciliados

Os ciliados são um grupo de protistas comumente encontrados em água doce – lagos, lagoas, rios e solo. O nome ciliado vem de muitas organelas semelhantes a pêlos, chamadas cílios, que cobrem a membrana celular.

Os cílios são idênticos em estrutura aos flagelos, mas são tipicamente mais curtos e são encontrados em números muito maiores do que os flagelos. Todos os ciliados têm cílios que usam para nadar, rastejar, alimentar-se e tocar. Eles se alimentam de bactérias, algas e outras pequenas partículas de alimentos.

Os ciliados tendem a ser grandes protozoários, com algumas espécies atingindo 2 mm de comprimento. Eles são alguns dos protistas mais complexos em termos de estrutura, mais complexos do que uma única célula de um organismo multicelular. Os ciliados incluem muitos membros de vida livre, como o Paramécio unicelular na figura abaixo. Alguns ciliados são simbióticos, enquanto outros ciliados são parasitas obrigatórios e oportunistas.

Ciliados – Resumo

No esquema de classificação de cinco reinos, os ciliados pertencem ao subfilo Ciliophora.

Em outros esquemas de classificação, os ciliados pertencem à classe Ciliata. Os ciliados são protozoários (ou protistas) que se caracterizam pela presença de organelos semelhantes a cabelos chamados cílios.

A presença de cílios como organela para locomoção foi usada como meio de classificar ciliados de outros protozoários, como flagelados, ameboides e esporozoários.

Os cílios não estão apenas envolvidos na locomoção, como nadar, engatinhar, etc., eles são usados pelos ciliados para alimentação e sensação.

Eles ocorrem em quase todos os lugares, especialmente em habitats úmidos e aquáticos, como lagos, lagoas, oceanos, rios e solos.

Alguns dos ciliados incluem: Stentor, Didinium), Balantidium, Colpoda, Coleps, Paramecium, Vorticella, Tetrahymena ”, etc.

Além de terem cílios na superfície celular, os ciliados também podem ser distinguidos de outros protozoários por terem dois tipos diferentes de núcleos.

Um é um pequeno micronúcleo diplóide que está envolvido na reprodução e o outro é um macronúcleo polipólido maior que está envolvido na regulação celular.

Fonte: Camila Correia/www.micrographia.com/www.biologyonline.com/www.ck12.org

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Estrogênio

PUBLICIDADE Estrogênio – Definição O estrogênio é um dos dois principais hormônios sexuais das mulheres. O outro …

Axônio

PUBLICIDADE Definição de Axônio Um axônio é uma fibra longa de uma célula nervosa (um neurônio) que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.