Breaking News
Home / Biologia / Ácidos Nucleicos

Ácidos Nucleicos

O que são Ácidos Nucleicos

PUBLICIDADE

Quando falamos de ácidos nucleicos, nos referimos ao DNA (ácido desoxirribonucleico) e ao RNA (ácido ribonucleico), que são moléculas gigantes.

Tanto o DNA, quando o RNA, são de extrema importância para a vida: eles constituem o material genético de todos os seres vivos. No caso de organismo eucariontes, os ácidos nucleicos estão presentes nos núcleos das células, enquanto que, nos organismos procariontes (que não tem núcleo envolto por membrana), o material genético fica disperso no citoplasma.

Formação

Os ácidos nucleicos são formados por nucleotídeos. Estes nucleotídeos contam com um grupamento fosfórico (fosfato), um glicídio (uma pentose, que é um açúcar com cinco carbonos) e uma base nitrogenada (purina ou pirimidina). Cada proteína existente, é produto da informação programada pela sequência de nucleotídeos dos ácidos nucleicos.

Para facilitar o entendimento, pense no DNA e no RNA como a receita de um bolo. Para se conseguir fazer um bolo, é preciso seguir instruções, juntando determinados ingredientes, fazer determinados procedimentos e até que, por fim, ter o bolo. No caso de uma proteína, é o mesmo procedimento: o DNA ou RNA guardam informações de como construir essas proteínas.

Além dessa capacidade, o DNA e o RNA são de extrema importância para a transmissão de informações genéticas de uma geração para outra. São os ácidos nucleicos que determinam como cada pessoa é: eles trazem informações genéticas de nossos antepassados, nos conferindo características.

Ácidos Nucleicos

O DNA

O DNA é uma molécula encontrada nas células, além de ser encontrado em mitocôndrias e cloroplastos. Ele é formado por uma estrutura em cadeia. No caso do DNA humano, ele é em forma de uma fita dupla, em formato helicoidal. As principais funções do DNA são: transferência de informações hereditárias de uma geração a outras, além de produção e controle de proteínas.

O RNA

Este ácido nucleico, ao contrário do DNA, é formado apenas por uma fita. Ele auxilia na síntese proteica, carregando informações e também auxilia na tradução das informações genéticas. Sua principal função é controlar a síntese de proteínas.

Juliano Schiavo
Biólogo e mestre em Agricultura e Ambiente

Referências

NELSON, David L.; COX, Michael M. Princípios de Bioquímica: Lehninger. ArtMed, 2014.

Vídeos Sobre Ácidos Nucleicos

Biologia – Ácidos Nucleicos – Parte 1/2

Biologia – Ácidos Nucleicos – Parte 2/2

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Síntese de Proteínas

PUBLICIDADE O que é a síntese de proteínas? A síntese de proteínas é um processo …

Teoria do Encaixe Induzido

PUBLICIDADE O que é a teoria do encaixe induzido? A teoria do encaixe induzido foi proposta …

Sinalização Celular

PUBLICIDADE O que é sinalização celular? A sinalização celular é um processo de comunicação entre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.