Breaking News
301 Moved Permanently

Moved Permanently

The document has moved here.

Home / Biologia / Interfase

Interfase

PUBLICIDADE

Definição de Interfase

Antes que uma célula possa se reproduzir, ela precisa executar uma variedade de atividades para se preparar.

O estágio do ciclo celular em que uma célula está se preparando para duplicar é chamado de interfase.

Como muitas coisas estão acontecendo na célula neste momento, a maior parte da vida da célula é gasta nesse estágio.

Enquanto se prepara para se reproduzir, a célula produz mais citoplasma (a substância semelhante a gel encontrada dentro da membrana celular que banha as organelas) e aumenta o suprimento de proteínas.

A interfase é definida por três estágios: a primeira fase de gap (G1), a fase de síntese (S) e a segunda fase de gap (G2).

O que é

A interfase é o primeiro estágio do ciclo celular.

Precede diretamente a mitose, ou divisão celular, e é o estado em que uma célula passa a maior parte de sua vida útil.

As subfases específicas da interfase incluem a primeira fase do gap (G1), a síntese (S) e a segunda fase do gap (G2).

No início do G1, a célula passa por um período de crescimento normal. Durante essa subfase, muitas proteínas e várias organelas são produzidas, e a célula geralmente aumenta de tamanho.

As células podem permanecer em interfase por períodos muito longos.

A subfase G1 termina com um ponto de verificação. Os pontos de verificação são usados no ciclo celular para garantir que apenas células saudáveis sem mutações sejam duplicadas durante o processo de divisão.

As células que não passam no ponto de verificação são colocadas na fase de intervalo zero (G0).

A maioria das células do corpo humano está no G0 a qualquer momento. Eles podem terminar suas vidas sem se dividir, ou podem ser chamados de volta à mitose quando necessário.

Se a célula passa no ponto de verificação, passa para a fase S. Durante a fase S, as células duplicam seus cromossomos. Os cromossomos carregam toda a informação genética que controla os processos vitais da célula.

Em preparação para a divisão, os cromossomos precisam fazer uma cópia exata de si mesmos. Essas cópias ocuparão a nova célula que resulta após a divisão.

Depois que os cromossomos são duplicados corretamente, a célula se move para a subfase G2. Esse estágio final da interfase inclui mais produção de proteínas e criação de organelas.

Todos os preparativos para a divisão devem ser concluídos durante o G2. Organelas e citoplasma criados serão divididos igualmente entre as células durante a mitose.

G2 termina com outro ponto de verificação. Antes que a célula continue no ciclo celular na fase mitótica, enzimas – como a proteína quinase – “revisam” o ácido desoxirribonucleico (DNA) da célula para verificar se há erros.

As células que não passarem nessa inspeção entrarão em G0. Se as enzimas não encontrarem erros, as células poderão passar à mitose e se replicar.

Após a citocinese do estágio mitótico, as células recém-divididas retornam ao G1 da interfase e iniciam o ciclo novamente. Eles deverão passar nas inspeções do ponto de verificação novamente antes de passar da interfase. Isso continuará até que a célula sofra apoptose ou morte celular programada.

A interfase

A interfase ocorre quando uma célula cresce e duplica seu DNA na preparação para a divisão celular.

Possui três fases: a primeira fase de gap (G1), a fase de síntese (S) e a segunda fase de gap (G2).

Fase mitótica

Interfase

No G1, a célula produz muitas proteínas e expande organelas como o retículo endoplasmático e o corpo de Golgi. Também cresce em tamanho, aumentando seu volume de citoplasma.

Algumas células, como as células do cérebro, não se replicam com muita frequência e entram em um estágio chamado G0. Basicamente, isso significa apenas que eles não avançam para o estágio S.

No estágio S, o DNA é replicado e a célula termina com duas cópias completas de seu genoma.

No estágio G3, mais organelas e proteínas são produzidas. Cloroplastos e mitocôndrias são duplicados nesta fase. Após o G3, a célula está quase pronta para fazer a mitose novamente.

Resumo

Os estágios da interfase e o ciclo celular

O ciclo celular consiste na interfase e na fase mitótica.

Durante a interfase, a célula cresce e o DNA nuclear é duplicado.

A interfase é seguida pela fase mitótica.

Durante a fase mitótica, os cromossomos duplicados são segregados e distribuídos nos núcleos-filha.

O citoplasma também é geralmente dividido, resultando em duas células filhas.

Fase G1 (primeira lacuna)

O primeiro estágio da interfase é chamado de fase G1 (primeiro intervalo) porque, do ponto de vista microscópico, pouca alteração é visível. No entanto, durante o estágioG1, a célula é bastante ativa no nível bioquímico.

A célula cresce e acumula os blocos de construção do DNA cromossômico e das proteínas associadas, além de reservas de energia suficientes para concluir a tarefa de replicar cada cromossomo no núcleo.

Fase S (síntese de DNA)

A fase de síntese da interfase leva mais tempo devido à complexidade do material genético que está sendo duplicado. Durante a interfase, o DNA nuclear permanece em uma configuração de cromatina semi-condensada.

Na fase S, a replicação do DNA resulta na formação de pares idênticos de moléculas de DNA, cromátides irmãs, firmemente ligadas à região centromérica. O centrossoma é duplicado durante a fase S.

Os dois centrossomas darão origem ao fuso mitótico, o aparelho que orquestra o movimento dos cromossomos durante a mitose. No centro de cada célula animal, os centrossomas das células animais estão associados a um par de objetos em forma de bastonete, os centríolos, perpendiculares um ao outro. Centríolos ajudam a organizar a divisão celular.

Centríolos não estão presentes nos centrossomas de outras espécies eucarióticas, como plantas e a maioria dos fungos.

Fase G2 (segundo intervalo)

Na fase G2, a célula reabastece seus estoques de energia e sintetiza proteínas necessárias para a manipulação cromossômica.

Algumas organelas celulares são duplicadas e o citoesqueleto é desmontado para fornecer recursos para a fase mitótica. Pode haver crescimento celular adicional durante o G2.

Os preparativos finais para a fase mitótica devem ser concluídos antes que a célula possa entrar no primeiro estágio da mitose.

Os estágios da mitose

Uma célula dividida em duas células filhas

Fonte: www.khanacademy.org/bio.libretexts.org/www.wisegeek.org/www.expii.com/faculty.ccbcmd.edu/cyberbridge.mcb.harvard.edu/www.albert.io/socratic.org/www.macroevolution.net

 

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Classificação das Bactérias

Classificação das Bactérias

PUBLICIDADE Você conhece a classificação das bactérias? As bactérias são seres vivos microscópicos que apresentam, …

Citocininias

Citocininas

PUBLICIDADE Você já ouviu falar em citocininas? As citocininas, substâncias são conhecidas como hormônios vegetais, …

Zigomicetos

Zigomicetos

PUBLICIDADE Definição de Zigomicetos Zigomicetos é qualquer uma de uma ampla variedade de fungos comuns que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

301 Moved Permanently

Moved Permanently

The document has moved here.