Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Biologia / Filo Anelídeos

Filo Anelídeos

PUBLICIDADE

Anelídeos incluem vermes segmentados, como sanguessugas e minhocas; eles são os vermes mais avançada que possuam um verdadeiro celoma.

O filo Annelida é composta de vermes segmentados, totalizando cerca de 15 mil espécies. Segmentação corporal, uma característica marcante da anelídeos, foi um passo importante na evolução dos animais. Anelídeos são protosomes, o que significa que eles têm um celoma feita a partir de massas celulares. Este celoma é dividido numa série de peças utilizadas. Esta repetição é chamado de metamerismo, e cada segmento é chamado de metâmeros.

Há um grupo de células nervosas e órgãos excretores em cada metamere, mas as cordas ventrais, um dorsal e ventral do vaso sanguíneo, e a passagem do trato digestivo através das paredes de segmentação e são, por conseguinte, não segmentado. Estas paredes, ou septo, são folhas finas de tecido mesodérmico, isolando o celoma. Excepto para a região da cabeça e da cauda, cada um com uma abertura do tubo digestivo, tornando-se um aparelho completo, cada segmento em forma de anel é um anelídeo e muito semelhante.

A segmentação permite flexibilidade e mobilidade, porque anelídeos pode dobrar em partes segmentadas. Portanto, porque um corpo segmentado é vantajoso, que evoluiu duas vezes, com os protostômios, como mostrado por filos Annelida e Arthropoda, e novamente nos deuterostômios, como mostrado por filo Chordata. Outras marcas dos anelídeos são corpos macios que estão ao redor em corte transversal, a repetição de órgãos nas partes segmentadas, e um corpo que é muito mais longo do que largo.

Existem três classes principais do filo Annelida:

Classe Polychaeta -Polychaetes
Classe Oligochaeta – oligoquetas
Classe Hirudinea – Sanguessugas

Anelídeos

Os anelídeos incluem minhocas, nereidas e sanguessugas. Todos os membros do grupo são segmentados, ou seja, compostos dos segmentos que são formados por subdivisões das cavidades do corpo. A segmentação é chamada também metameria.

Cada segmento contém elementos de sistemas do corpo, tais como circulatório, nervoso, e excretor. O metamerismo aumenta a eficiência do movimento do corpo permitindo que o efeito da contração do músculo seja localizado nas extremidades (originando o famoso movimento de um verme – tipo mede palmos), e faz possível o desenvolvimento de uma complexidade maior na organização geral do corpo.

Além de ser segmentada, a parede do corpo dos anelídeos é caracterizada por fibras circulares e longitudinais do músculo cercadas por uma cutícula úmida, acelular que é secretada por um epitélio. Todos os anelídeos exceto sanguessuga têm também cerdas.

Os anelídeos possuem um celoma grande e bem desenvolvido (isto é, alinhado com o mesoderma). Exceto em sanguessuga, o celoma é subdividido parcialmente por septos. A pressão hidrostática é mantida através dos segmentos e as ajudas mantêm a rigidez do corpo, permitindo que as contrações do músculo dobrem o corpo sem deformá-lo.

Os órgãos internos dos anelídeos são bem desenvolvidos. Incluem um sistema circulatório fechado. O sistema digestivo é um tubo completo com boca e orifício retal. Os gases são trocados através da pele, ou às vezes com as brânquias especializadas ou o parapódio modificado. Cada segmento contém tipicamente um par do nefrídios.

O sistema nervoso inclui um par de gânglios cefálicos, que percorrem o comprimento do animal ao longo da parede ventral do corpo, com gânglios em cada segmento. Os anelídeos têm alguma combinação de órgãos, de quimioreceptores, de receptores de contrapeso, ede fotorreceptores táteis; alguns desenvolveram razoavelmente bem os olhos, incluindo lentes.

Os anelídeos podem ser monóicos ou dióicos. Alguns anelídeos reproduzem também assexuadamente. São protostômios, com clivagem espiral.

Os membros deste filo podem ser encontrados em todos os ambientes do mundo, no mar, na água doce e na terra. Ecologicamente, variam de pacíficos a predadores vorazes e ativos.

São divididos em 3 Classes:

Classe Hirudinea (sanguessugas)

Sanguessuga é diferente de outros anelídeos em diversos modos. Têm um número fixo dos segmentos (geralmente 34), um corpo dorso-ventralmente aplainado, uma ventosa anterior e posterior (geralmente), nenhum parapódio, e geralmente nenhuma cerda.

O celoma não é subdividido por septos na maioria das espécies e é preenchido com o músculo e tecido conjuntivo. As sanguessugas são hermafroditas. O desenvolvimento é direto, sem larvas.

A maioria das sanguessugas é encontrada em habitats de água doce, mas algumas são marinhas e algumas são terrestres (mas elas requerem ambientes mornos, úmidos).

A maioria é carnívora ou parasita. As sanguessugas medicinais foram usadas durante séculos por médicos, para controlar as doenças que, segundo acreditavam, eram causadas por um excesso do sangue.

O interesse em usar sanguessugas voltou recentemente entre os cirurgiões que tentam reatar os membros ou dedos cortados, porque a sanguessuga pode fazer um trabalho melhor de inchamento controlado no membro reatado do que cirurgiões. Os cientistas mostraram também muito interesse no anticoagulante que as sanguessugas secretam enquanto se alimentam.

Aproximadamente 500 espécies de sanguessuga foram descritas.

Classificação:

Reino: Animalia
Filo:
Annelida
Classe:
Polychaeta
Ordem:
Errantia
Família:
Nereidae

Classe Polychaeta (nereidas)

Os poliquetos incluem as nereidas. A maioria tem parapódio, órgãos dos sentidos bem desenvolvidos, e cerdas numerosas (geralmente no parapódio); “poliquetos” significam “muitos cabelos”. Os poliquetos têm geralmente uma cabeça bem desenvolvida, freqüentemente completa com os olhos bem desenvolvidos, as antenas, e os palpos sensoriais. Faltam todos os órgãos permanentes do sexo (contrastando a outros tipos dos anelídeos); as gônadas aparecem como um inchaço durante a estação de reprodução. Os gametas são descarregados no celoma e postos fora do corpo com o nefrídio ou em conseqüência da parede do corpo que se rompe. A fecundação é externa, e o desenvolvimento é indireto através de uma larva.

Os poliquetos são um grupo grande e extremamente diverso. Ao redor de 10.000 espécies foram descritas. A maioria é marinha. Algumas espécies são sedentárias (fixas), vivem nos tubos enterrados na areia ou na lama, e o alimento fica preso no muco ou pela ação ciliar. Outros são predadores ativos, móveis que capturam o corpo morto de animais nas maxilas unidas a suas faringes. Outros ainda pastam em corais e algas.

Os poliquetos são extremamente abundantes em algumas áreas. Têm os papéis ecológicos essenciais, servindo em um lado como predadores em invertebrados pequenos, e na outra como alimento para peixes e invertebrados maiores.

Classificação: Reino Animalia, Filo Annelida, Classe Polychaeta, Ordem Errantia, Família Nereidae.

Classe Oligochaeta (minhocas)

Os oligoquetos incluem as minhocas. São conhecidas 3000 espécies. Oligoquetos possuem cerdas, mas o número das cerdas é muito menor, seu nome significa “poucos cabelos”. Oligoquetos diferem também dos poliquetos já que possuem órgãos permanentes do sexo. A maioria é hermafrodita, e o desenvolvimento é direto, tendo por resultado os jovens que se assemelham a adultos minúsculos. As formas aquáticas podem ter brânquias.

Alimentam-se primeiramente de detritos e de algas. As minhocas reciclam uma quantidade enorme de solo através de seus abdomens, um processo que apressa a rotação dos nutrientes no solo e aumenta a produtividade. Ajudam também a ventilar o solo. Os oligoquetos aquáticos são alimento importante para peixes e invertebrados maiores. Alguns são ectoparasitos.

Minhoca (Lumbricus terrestris)

Filo Anelídeos
Minhoca (Lumbricus terrestris)

Classificação:

Reino: Animalia
Filo:
Annelida
Classe:
Oligochaeta
Ordem:
Opisthopora
Família:
Lumbricidae

Tubifex (Tubifex tubifex)

Tubifex (Tubifex tubifex) vivem no lodo de lagos e rios, vivem em colônias com dezenas de milhares de indivíduos.

Classificação:

Reino: Animalia
Filo:
Annelida
Classe:
Oligochaeta
Ordem:
Plesiopora
Família:
Tubificidae

Filo Anelídeos – O que são

Como o próprio nome já sugere, são animais com o corpo todos segmentados, isto é, dividido em anéis. Na maioria dos anelídeos, observamos grossos fios de quitina que são chamados de cerdas. Estas se apresentam em feixes ou isoladas e são usadas para auxiliar na locomoção. São animais que vivem em ambientes úmidos ou aquáticos, pois precisam manter a pele sempre umedecida. Apresentam respiração cutânea, isto é, pela pele.

As principais classes de anelídeos são:

Oligoquetos: animais detritívoros que compõe o húmus. Escavam galerias e canais buscando alimento (restos vegetais) e abrigo. Têm a pele revestida de muco, são viscosas, pois fazem respiração cutânea, este auxilia o seu deslocamento e as protege de doenças. Sua reprodução se dá por fecundação cruzada e são hermafroditas. Ex: minhoca.
Poliquetos:
marinhos, ficam flutuando ou ainda no interior de tubos fabricados por eles mesmos, à base de calcário de restos de conchas e da areia. Apresentam muitas cerdas e a sua respiração é branquial. Ex: tubícola.
Hirudíneos:
alimentam-se de sangue de vertebrados. Vivem em regiões de pântanos ou charcos, isto é, em ambientes úmidos. Apresentam uma ventosa na região da boca além de uma mandíbula serrilhada. Não apresentam cerdas pelo corpo. Ex: sanguessuga.

Filo Anelídeos – Corpo

Os anelídeos apresentam o corpo dividido em segmentos ou metâmeros, essencialmente semelhantes entre si e em forma de anel. O primeiro segmento designa-se protostómio e o último pigídeo.

Esta segmentação mostra-se em aspectos internos e externos, incluindo músculos, nervos e órgãos circulatórios, excretores e reprodutores. Apresentam sistema digestivo completo.

Estes animais são bastante antigos na Terra, existindo fósseis deste o período Pré-câmbrico, embora os primeiros vermes segmentados indubitáveis sejam do Câmbrico médio.

Os anelídeos podem ser terrestres (solo húmido) como as minhocas, marinhos como os vermes poliquetas, que podem ser encontrados junto das praias ou em águas profundas, ou de água doce, como as sanguessugas.

As suas principais características são metamerização e a presença de um grande compartimento celómico, dividido por septos mesodérmicos.

A deslocação dos anelídeos é, ainda, ajudada pela presença de sedas, ou cerdas, na parte ventral dos animais (excepto as sanguessugas). Estas sedas quitinosas impedem o animal de deslizar para trás, reforçando o movimento para diante das camadas musculares circulares e longitudinais.

Os anelídeos terrestres apresentam uma epiderme com células sensoriais, coberta por uma cutícula fina e transparente, que os protegem da dessecação.

Existem igualmente glândulas mucosas que ajudam a manter a superfície humedecida, fundamental para a respiração cutânea. Por este motivo a epiderme é muito vascularizada.

Filo Anelídeos
Anelídeo

Filo Anelídeos
Anelídeo

Filo Anelídeos
Anelídeo – Sanguessuga

Filo Anelídeos – Espécies

Ao Filo dos Anelídeos pertencem cerca de 100 000 espécies, das quais algumas são terrestres, como as minhocas, outras de água doce, por exemplo, as sanguessugas, e outras marinhas, como as nereides.

Filo Anelídeos
Anelídeo Terrestre – Minhoca

A designação Anelídeos (do latim anneilus = pequeno anel) provém do fato de estes animais possuírem o corpo segmentado, formado por uma sequência de segmentos ou anéis que neste caso são idênticos segmentação homónoma.

Esta segmentarão é não só externa, como também interna, atingindo a própria mesoderme e o celoma, designando-se por metamerização.

Os segmentos ou metâmeros estão separados uns dos outros por septos mesodérmicos transversais e revestidos internamente por mesoderme.

Filo Anelídeos
O celoma nos anelídeos é bem desenvolvido e dividido em pequenos compartimentos celomáticos

lgumas estruturas como o tubo digestivo, vasos sanguíneos e cordões nervosos atravessam os sucessivos segmentos, refletindo, eles próprios, essa segmentação.

Outras estruturas, como os órgãos excretores, repetem-se em cada segmento.

A segmentação representa uma vantagem, uma vez que cada metâmero possui os seus próprios músculos, o que permite ao animal alongar uma parte do corpo por contração da musculatura circular e encurtar outra parte por contração da musculatura longitudinal.

Filo Anelídeos
Locomoção da Minhoca
C – Contração
AL – Alongamento
F – Fixação

A maioria dos Anelídeos possui pequenos filamentos quitinosos, na superfície externa, denominados sedas, que nos animais terrestres são importantes para a fixação às asperezas do solo, durante a locomoção. Na minhoca, por exemplo, existem quatro pares de sedas pequenas em cada segmento que podem ser sentidas se passarmos os dedos na face ventral da parte posterior do animal para a região anterior.

Os Anelídeos terrestres têm uma cutícula externa, fina e transparente, segregado pelas células epidérmicas, que os protege da dessecação. Existem também células glandulares que segregam um muco que mantém a superfície humedecida.

Para tipificar a anatomia global dos Anelídeos podemos observar um corte esquemático da minhoca, animal que vive em galerias subterrâneas que ele próprio cava.

Vermes segmentados

Uma das principais características dos anelídeos é a segmentação. Seu corpo é formado por uma série de anéis chamados metâmeros, dispostos um atrás do outro e atravessados por um tubo digestivo que percorre o animal. Existem espécies herbívoras e carnívoras. Alguns chegam até a comer outros vermes, mas a maioria filtra pequenas partículas alimentícias. A maioria dos anelídeos possui cerdas (um tipo de pêlo que sai da pele) que permitem sua movimentação. Alguns vivem no fundo do mar (enterrados na areia) ou em águas paradas. Outros são terrestres, como a minhoca da terra.

Qual é a importância dos anelídeos para a agricultura?

A minhoca da terra, por exemplo, oxigena o solo porque escava grandes galerias subterrâneas. Além disso, colabora na formação dos solos transformando os pequenos restos de seres em decomposição em substâncias que podem ser assimiladas diretamente pelas plantas. Os anelídeos são vermes de corpo alongado e mole. Respiram através da pele, que é muito elástica e recoberta por muco que a mantém úmida. Seu corpo está dividido em cabeça (onde estão os olhos e, algumas vezes, antenas que os ajudam a capturar o alimento), tronco (subdividido num grande número de segmentos) e cauda.

Na reprodução dos anelídeos aquáticos, a fecundação ocorre fora do corpo. Os ovos dão lugar a larvas microscópicas com formato de peão. Ao se desenvolverem, transformam-se em vermes adultos.

A sanguessuga e a minhoca da terra

A sanguessuga (Hirudo medicinalis) vive em águas doce ou em canais de irrigação. Tem duas ventosas, uma na cabeça e outra na extremidade posterior, que lhe permitem o deslocamento e a fixação em outros animais, dos quais suga o sangue. A minhoca da terra (Lumbricus terrestris) vive em solos úmidos e ricos em restos de plantas. Pode alcançar mais de 30 centímetros de comprimento e desloca-se por meio de movimentos musculares do corpo.

Como se reproduzem os anelídeos aquáticos

A reprodução dos anelídeos aquáticos é sexuada. Embora existam algumas espécies hermafroditas, de maneira geral, há indivíduos machos e fêmeas. Em ambos os casos, eles expulsam suas células sexuais na água, ou seja, a fecundação acontece fora do corpo dos progenitores

Poliquetas

Os poliquetas são espécies de anelídeos marinhos com muitas cerdas nas extremidades dos parapódios. Muitas vezes, vivem enterrados na areia ou dentro de tubos que constroem. Podem nadar graças aos parapódios, um tipo de apêndice carnoso que funciona como remo. A nereida é um representante típico desta espécie. Outra espécie, a Eunice virides (palolo), serve de alimento aos nativos das ilhas Samoa e Fiji. Alguns poliquetas podem atingir até 3 metros de comprimento.

Filo Anelídeos
Sanguessuga

Quando a sanguessuga comum (Hirudo medicinalis) gruda na pele de um animal, produz uma substância que impede a coagulação do sangue.

A sanguessuga possui duas ventosas: uma oral e outra anal

A segmentação verdadeira do corpo dos anelídeos, visto que os metâmeros contêm órgãos repetidos.

A reprodução dos anelídeos terrestres

A reprodução é sexuada também. Embora existam indivíduos machos e fêmeas, a maior parte dos anelídeos terrestres são hermafroditas, isto é, possuem os dois tipos de gameta, mas as células sexuais masculinas não fecundam as células femininas do mesmo indivíduo; elas se cruzam com as de outro indivíduo.

Durante a fecundação, os ovos são colocados, como modo de proteção, em uma substância viscosa secretada pelo clitelo (um engrossamento da pele de alguns metâmeros). A função do clitelo é produzir um casulo, empurrado na direção da cabeça. O óvulo será fecundado quando passar pelo sexto ou sétimo canal, onde receberá os espermatozóides antes de ser eliminado pelo corpo. Destes ovos fecundados, sairão os pequenos vermes para formar indivíduos adultos.

Morfologia dos Anelídeos

Filo Anelídeos

Fonte: classic.sidwell.edu/campus.fortunecity.com/gilsomoura.vilabol.uol.com.br/www.animalshow.hpg.ig.com.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Libido

PUBLICIDADE O que é É o desejo sexual global de uma pessoa ou o desejo …

Histologia

PUBLICIDADE O que é Histologia é o estudo das células e tecidos de plantas, animais e …

Histopatologia

PUBLICIDADE Definição Histopatologia é o estudo de tecidos corporais doentes retirados de uma biópsia ou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

QUESTION 1 You are managing a SharePoint farm in an Active Directory Domain Services (AD DS) domain. You need to configure a service account to use domain credentials. What should you do first? A. Configure the service account to use a domain user account. B. Register the domain credentials in the Farm Administrators group. C. Configure the service account to use a local user account. D. Register the domain credentials as a SharePoint managed account. Correct Answer: D Explanation QUESTION 2 A company named Contoso, Ltd. has a SharePoint farm. The farm has one Search service application configured. The Search service application contains five crawl databases, all of which contain content. Contoso plans to crawl knowledge base content from its partner company Litware, Inc. The knowledge base content must be stored in a dedicated crawl database. You need to configure crawling. What should you do? A. Add a crawl database that contains the Litware knowledge base to the existing Search service application. B. Provision a new Search service application. Configure the service application to crawl the Litware knowledge base content. C. Set the MaxCrawlDatabase parameter to 6. D. Create a dedicated Microsoft SQL Server instance for the Litware crawl database. Correct Answer: B Explanation Explanation/Reference: The maximum number of crawl databases is 5 per Search service application so we need another Search service application. This maximum limit is increased to 15 with an Office 2013 update but the question doesn't mention that this update is installed so we have to assume the question was written before the update was released. QUESTION 3 A company uses SharePoint 2013 Server as its intranet portal. The Marketing department publishes many news articles, press releases, and corporate communications to the intranet home page. You need to ensure that the Marketing department pages do not impact intranet performance. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. In Central Administration, set up a User Policy for the Super User and Super Reader accounts. B. Configure IIS to use the Super User and Super Reader accounts for caching. C. Use the Farm Configuration Wizard to configure the Super User and Super Reader accounts. D. Use Windows PowerShell to add the Super User and Super Reader accounts. Correct Answer: AD Explanation Explanation/Reference: A: The way to correct this problem is to first create two normal user accounts in AD. These are not service accounts. You could call them domain\superuser and domain\superreader, but of course that's up to you. The domain\superuser account needs to have a User Policy set for that gives it Full Control to the entire web application. D: If you are using any type of claims based authentication you will need to use Windows PowerShell. And Windows PowerShell is the hipper more modern and sustainable option anyway. If you are using classic mode authentication run the following cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "domain\superreader" $w.Update() If you are using claims based authentication run these cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "i:0#.w|domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "i:0#.w|domain\superreader" $w.Update() Note: * If you have a SharePoint Publishing site and you check the event viewer every once in a while you might see the https://www.pass4itsure.com/70-331.html following warning in there: Object Cache: The super user account utilized by the cache is not configured. This can increase the number of cache misses, which causes the page requests to consume unneccesary system resources. To configure the account use the following command 'stsadm -o setproperty -propertynameportalsuperuseraccount -propertyvalue account -urlwebappurl'. The account should be any account that has Full Control access to the SharePoint databases but is not an application pool account. Additional Data: Current default super user account: SHAREPOINT\system This means that the cache accounts for your web application aren't properly set and that there will be a lot of cache misses. If a cache miss occurs the page the user requested will have to be build up from scratch again. Files and information will be retrieved from the database and the file system and the page will be rendered. This means an extra hit on your SharePoint and database servers and a slower page load for your end user. Reference: Resolving "The super user account utilized by the cache is not configured." QUESTION 4 You are managing a SharePoint farm. Diagnostic logs are rapidly consuming disk space. You need to minimize the amount of log data written to the disk. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. Set the log event level to Information. B. Set the log event level to Verbose. C. Set the log trace level to Medium. D. Set the log trace level to Verbose. E. Set the log event level to Warning. F. Set the log trace level to Monitorable. Correct Answer: EF Explanation Explanation/Reference: E: Event Levels Warning, Level ID 50 Information, Level ID: 80 Verbose, Level ID: 100 F: Trace levels: Monitorable: 15 Medium: 50 Verbose: 100 Note: When using the Unified Logging System (ULS) APIs to define events or trace logs, one of the values you must supply is the ULS level. Levels are settings that indicate the severity of an event or trace and are also used for throttling, to prevent repetitive information from flooding the log files. Reference: Trace and Event Log Severity Levels QUESTION 5 A company's SharePoint environment contains three web applications. The root site collections of the web applications host the company intranet site, My Sites, and a Document Center. SharePoint is configured to restrict the default file types, which prevents users from uploading Microsoft Outlook Personal Folder (.pst) files. The company plans to require employees to maintain copies of their .pst files in their My Site libraries. You need to ensure that employees can upload .pst files to My Site libraries. In which location should you remove .pst files https://www.pass4itsure.com/70-342.html from the blocked file types? A. The File Types area of the Search service application section of Central Administration B. The General Security page in the site settings for the site collection C. The Blocked File Types page in the site settings for the site collection D. The General Security section of the Security page of Central Administration Correct Answer: D Explanation