Breaking News
Home / Biologia / Mapas Mentais

Mapas Mentais

PUBLICIDADE

Mapa mental – O que é

Durante um debate, alguns usam um mapa mental para fazer anotações porque ele fornece uma representação ilustrativa dos conceitos.

A forma de um mapa mental é algo como uma teia.

Em vez do método linear de documentar informações, é um método visual para rastrear e conectar ideias. Os mapas mentais ajudam os usuários a analisar e compreender melhor as informações, bem como recuperá-las no futuro.

O objetivo por trás da criação de um mapa mental é estruturar as informações de uma forma mais próxima de como o cérebro funciona.

Os vínculos ou ligações e caminhos entre as ideias se assemelham aos formados dentro do cérebro. Como o mapeamento mental é um processo analítico e criativo, a pessoa que está desenhando usa mais áreas do cérebro na atividade. Isso os torna uma ferramenta forte para ajudar as pessoas a aprender e lembrar informações.

Quando uma pessoa cria um mapa mental, a ideia ou conceito principal é centrado em um pedaço de papel ou na tela, no caso de uma versão eletrônica. Na maioria dos casos, uma imagem colorida é usada com as palavras do conceito ou no lugar delas. A partir desse ponto de partida inicial, ideias e conceitos relacionados se ramificam a partir da ideia central. Recomenda-se o uso de palavras ou imagens isoladas, cada palavra ou imagem com sua própria linha.

As linhas entre as diferentes palavras e imagens dentro do mapa mental mostram como cada um dos conceitos está relacionado aos outros. A cor é usada como um método de agrupar palavras semelhantes.

O realce pode ser usado para dar ênfase extra a áreas particularmente importantes dos mapas mentais, enquanto as setas podem mostrar a direção da causalidade se uma ideia causar outra.

Conforme o mapa mental se desenvolve, as linhas devem irradiar do conceito central e fornecer mais e mais detalhes para a ideia inicial.

O pensamento aleatório é usado no mapeamento mental. A ideia é começar com um tema central e então permitir que o cérebro crie links para ele por meio da associação de palavras e imagens.

Os mapas mentais podem ser criados concentricamente, trabalhando em níveis separados do centro para fora. Eles também podem ser criados seguindo uma ramificação até o fim antes de iniciar uma nova área.

Mapas mentais são usados por pessoas diferentes para tarefas diferentes. Ao estudar, eles podem ser criados para delinear as informações pertinentes que devem ser lembradas. Além disso, ao criar um mapa mental a partir das informações disponíveis, a pessoa desenvolverá uma melhor compreensão das diferentes partes de uma ideia ou conceito complexo. Durante uma sessão de debate, um mapa mental pode ser uma boa ferramenta para estimular o pensamento e a discussão de um conceito específico. Ver a representação visual pode induzir outras idéias a serem consideradas.

Mapa mental – Uso

Mapa mental

Por mapa mental se compreende um diagrama com a função de representar ideias, tarefas e conceitos. Essa representação está relacionada a uma palavra-chave, ou mesmo, uma ideia que norteia todo o mapa mental.

A partir dela, as informações deste mapa são relacionadas e, desta forma, se irradiam, por meio de conexões.

Os mapas mentais foram sistematizados pelo escritor inglês Tony Buzan, considerado o pai dos mapas mentais. Buzan (1942-2019) é considerado uma autoridade sobre aprendizagem, memória e uso do cérebro.

Vale ressaltar que os mapas mentais se tornaram uma ferramenta de grande importância para auxiliar no entendimento de conceitos, sendo utilizada por mais de 250 milhões de pessoas no mundo.

Por meio desta ferramenta é possível classificar as ideias, além de organizá-las de forma a conseguir compreender de forma mais fácil as informações e tomar decisões.

A proposta trazida por Buzan foi viabilizar uma forma de fortalecer vínculos sinápticos, pois ao se usar um mapa mental, segundo Buzan, cria-se uma ligação eletroquímica entre os hemisférios cerebrais. Desta forma, busca-se maior concentração sobre determinado objetivo, fazendo com que os hemisférios trabalhem em harmonia.

Mapa mental

Os mapas mentais também são muito utilizados como ferramentas de aprendizado. Por facilitarem o entendimento sobre determinado assunto, essa ferramenta faz com que assuntos complexos sejam divididos e esquematizados de forma mais facilmente compreensível, favorecendo o entendimento.

Para a elaboração de um mapa mental, a orientação é que se utilize um número mínimo de palavras, as quais devem tratar a ideia central do assunto. Estas ficam no centro e, a partir da ideia central, vão sendo desmembradas as demais conexões, criando relações. Vale lembrar que os elementos devem ser incluídos de forma intuitiva, sendo relacionados aos conceitos utilizados.

De acordo com especialistas no assunto, o uso de mapas mentais acaba por ser muito interessante para auxiliar na memorização de conceitos.

Fonte: Juliano Schiavo (jornalista, biólogo e mestre em Agricultura e Ambiente)

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.