Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Biologia / Tropismo

Tropismo

PUBLICIDADE

 

Tropismo
Tropismo

O que é

Tropismo: tropismos são movimentos por crescimento apresentado por caules, raízes e folhas, em resposta a estímulos ambientais, e orientado por eles.

O tropismo pode ser negativo ou positivo, negativo quando se afasta da fonte do estimulo, positivo quando se aproxima.

Tipo de tropismo Estimulo
Fototropismo Luz
Geotropismo Aceleração da gravidade
Quimiotropismo Substancia química
Tigmotropismo Mecânico

O tropismo pode ser compreendido através das fundamentações abaixo:

O agente externo deverá se inclinar para somente um lado do órgão.
As auxinas devem ser redistribuídas irregularmente sobre os dois lados do órgão que está sendo estimulado unilateralmente.

Essa distribuição irregular pode ser entendida como:

Transporte lateral de auxinas
Produção desigual das auxinas no ápice
Destruição desigual das auxinas.
Cada vez mais se acredita na idéia do transporte lateral de auxinas, quando o órgão dos vegetais é estimulado unilateralmente.

Significado

Fenômeno de movimento e orientação de um organismo vivo em resposta a um estímulo.

Orientação do crescimento dos órgãos vegetais em resposta a estímulos físicos (luz, gravidade) ou químicos (umidade, presença de certos íons).

Orientação do corpo animal determinada por estímulos físicos ou químicos.

Reação de aproximação ou de afastamento do organismo em relação à fonte de um estímulo.

Movimento de orientação realizado pela planta ou parte dela sob a ação de um estímulo exterior que opera unilateralmente.

O girassol é uma planta cuja flor acompanha o nascer e o pôr do sol.

Tropismo
Girassol

Desenvolvimento de um vegetal numa direção dada, sob a influência de uma excitação exterior (luz, gravidade etc.).

Entre os animais, o mesmo que tatismo e taxia.

Conceito de Tropismo

É o nome que se dá ao crescimento de uma planta em resposta a algum estímulo externo. Assim, fototropismo é o tropismo cujo estímulo é a luz e geotropismo é o tropismo cujo estímulo é a gravidade.

Fonte: www.geocities.com

Tropismo

Tropismo é um crescimento da planta em resposta a um estímulo.

As plantas crescem em direção a fontes de água e luz, o que elas precisam para sobreviver e crescer.

Auxina é um hormônio vegetal produzido nas pontas tronco e raízes, que controla a direção do crescimento. Os hormônios vegetais são usados em herbicidas, enraizamento em pó e para controlar o amadurecimento de frutos.

Definição

Em Biologia Tropismo é a resposta de um organismo, especialmente de uma planta, a um estímulo externo, o crescimento numa direção determinada pelo estímulo

A tropismo é um movimento de crescimento cuja direção é determinada pela direção de onde o estímulo atinge a planta.Se a parte da planta é curvado em direção ao estímulo é dito tropismo positivo se curva para a esquerda é tropismo negativo.

Tropismo é uma resposta de crescimento envolvendo a curvatura de uma parte de uma planta na mesma direção (positiva) ou em direção oposta (negativa) a um estimulo externo.

Tropismos – A direção do crescimento das plantas

As plantas precisam de luz e água para a fotossíntese. Eles desenvolveram respostas chamados tropismos para ajudar a certificar-se de que elas crescem para fontes de luz e água.

Existem diferentes tipos de tropismos:

Tropismo – crescimento em resposta a um estímulo

Tropismo positivopara o estímulo

Tropismo negativolonge do estímulo

Fototropismo – crescimento em resposta à direção da luz

Geotropismo – crescimento em resposta ao sentido da gravidade

Tropismo
Fototropismo positiva em caules de plantas

As respostas de diferentes partes da planta

Resposta Parte da
planta
Direção de
crescimento
Vantagem
Fototropismo
Positivo
Haste
ponta
Crescimento para
a luz
Para obter o máximo de luz
para a fotossíntese
Fototropismo
negativo
Ponta da raiz Crescimento longe
da luz
Menos chance de secar
Geotropismo positivo Ponta da raiz Rumo a gravidade Mais chance de encontrar
a umidade
Geotropismo negativo Haste ponta Longe da gravidade Mais chance de encontrar
a luz

Movimentos de Crescimento e Curvatura

Estes movimentos podem ser do tipo tropismos e nastismos.

Os tropismos são movimentos orientados em relação à fonte de estímulo. Estão relacionados com a ação das auxinas.

Geotropismo: Movimento orientado pela força da gravidade. O caule responde com geotropismo negativo e a raiz com geotropismo positivo, dependendo da concentração de auxina nestes órgãos.
Quimiotropismo:
Movimento orientado em relação a substâncias químicas do meio.
Tigmotropismo:
Movimento orientado por um choqe mecânico ou suporte mecânico, como acontece com as gavinhas de chuchu e maracujá que se enrolam quando entram em contato com algum suporte mecânico.

Controlar a direção do crescimento

Auxina é um hormônio vegetal responsável por controlar a direção do crescimento das pontas das raízes e pontas-tronco em resposta a diferentes estímulos, incluindo a luz e da gravidade.

Auxina é feita nas pontas dos caules e raízes. Moveu-se em solução para partes mais antigas do caule e da raiz onde se muda a elasticidade das células.

Células mais elástica absorver mais água e crescer mais, fazendo com que dobra no caule ou raiz.

Pensa-se que a luz ea gravidade pode interferir com o transporte de auxina fazendo-a ser distribuídos de forma desigual.

Fonte: www.bbc.co.uk

Tropismo

Será que as plantas se movem?

Presos ao solo, os vegetais parecem seres vivos imóveis, não é mesmo?

Não é bem assim, embora fixos ao solo, os vegetais executam movimentos desencadeados por estímulos externos e até internos: são os chamados movimentos vegetais.

Tropismo
Dormideira (Mimosa pudica)

Será que as plantas se movem?

Essa questão também despertou a atenção de Charles Darwin, nos idos de 1880.

Após ter estudado os efeitos que a exposição à luz provoca sobre o crescimento de plantas, Darwin escreveu no seu livro “The Power of Movement in Plants”:

“Quando os brotos são expostos livremente à luz lateral, há alguma transmissão de influência da parte superior à inferior, o que faz com que a última se curve”. Ao observar os efeitos da gravidade sobre raízes das plantas, ele anotou: “É somente o topo que recebe a ação, e esta parte exerce alguma influência sobre as partes adjacentes, fazendo com que se curvem para baixo”.

Sim, as plantas se movem e os movimentos vegetais podem ser classificados como tactismos, tropismos e nastismos.

O tactismo acontece quando ocorre movimento de todo o organismo, por exemplo, quando as algas buscam a luminosidade, aproximando-se ou afastando-se da superfície da água de acordo com o horário do dia.

Já os tropismos e nastismos se referem aos movimentos de órgãos das plantas. Diferenciam-se porque o tropismo depende da direção do estímulo (ex: o caule se curva para a luz que vem de uma janela), enquanto que o nastismo depende da intensidade do estímulo (ex: a flor da planta onze-horas abre suas pétalas no período em que a luz do dia é mais intensa e temperatura mais elevada). Pode-se dizer que os nastismos são movimentos reversíveis que se relacionam à curvatura da planta. Um bom exemplo de natismo é o caso da planta dormideira (Mimosa pudica), que fecha seus folíolos por meio de uma ação mecânica.

No tropismo, quando o movimento é realizado em direção ao estímulo, ocorre tropismo positivo; quando o movimento acontece em direção contrária ao estímulo natural, ocorre o tropismo negativo. Além disso, no tropismo acontece uma distribuição desigual de auxina entre os lados da planta, fazendo com que um dos lados cresça mais lentamente que outro.

E o que é a auxina?

As auxinas são os compostos que provocam o alongamento nas células dos brotos de plantas. As auxinas são sintetizadas e apresentam-se em maior concentração nas áreas nas quais as células se dividem rapidamente para renovar o seu crescimento. É a partir dessas áreas que as auxinas são deslocadas por toda a planta.

Assim, temos que:

* Existem movimentos de órgãos de plantas fixas que dividem-se em:

Induzidos por estímulos externos:

Tropismos – quando a direção do estímulo determina a direção do movimento Nastismos – quando o estímulo externo provoca abertura ou fechamento do órgão, independentemente da direção do estímulo, sendo a intensidade do estímulo mais relevante.

Não induzidos por estímulos externos:

Nutações – movimento autônomo, típico de plantas trepadeiras volúveis, que faz com que elas alternem seu crescimento em busca de um ponto de apoio.

Balísticos – movimentos de esporos ou sementes que são lançados à distância pela abertura explosiva do esporângio ou do fruto.

Higroscópicos – movimentos causados por variação de umidade que se segue ao amadurecimento, fazendo com que os esporângios e os frutos deiscentes se abram para liberar as sementes.

Movimentos locomotores: Tactismos ou taxias – causados por estímulos externos e encontrados em seres geralmente unicelulares – hoje classificados nos Reinos Monera ou Protista – que fazem com que o corpo inteiro do indivíduo mude de lugar.

Ainda sobre tropismos e nastismos, podemos dizer que existem movimentos classificados de acordo com a fonte de estímulo que os produz:

Tropismos Fototropismo ou heliotropismo – quando o crescimento do vegetal se dá em direção a uma fonte de luz ou afastando-se dela. Podendo, então, ser positivo ou negativo.

Geotropismo – quando a direção do crescimento do vegetal é afetada pelo efeito da gravidade. Geralmente é positivo nas raízes e negativo nos caules.

Quimiotropismo – é a tendência que as raízes dos vegetais têm de crescer em direção a uma fonte de estímulo químico, que poder ser a água ou minerais.

Haptotropismo ou tigmotropismo – um bom exemplo é a tendência que as plantas trepadeiras volúveis e as gavinhas têm de, ao encostar em um objeto sólido, crescer em sua direção. É o que faz com que uma trepadeira cresça encostada a um muro, ou que as gavinhas se enrolem ao redor de um suporte.

Nastismos Nictinastia – causada por fatores que variam conforme seja dia ou noite. Assim, é possível ocorrer: fotonastia (abertura e fechamento dos estômatos, ex: rainha-da-noite), termonastia (ex: onze-horas) e higronastia (ex: as folhas de algumas leguminosas ficam murchas durante o dia e mais viçosas à noite) Haptonastia ou tigmonastia – ocorre nas plantas carnívoras que se fecham quando tocadas por algo sólido ou quando um inseto pousa sobre elas.

Quimionastia – as mesmas plantas carnívoras têm o seu movimento de fechamento acelerado pelo estímulo químico depois da captura do inseto Seismo ou sismonastia – um bom exemplo é o movimento da dormideira ou sensitiva (Mimosa pudica) que se fecha quando é tocada.

Fonte: www.jardimdeflores.com.br

Tropismo

Tropismo é o crescimento vegetal, positivo ou negativo, dependendo se a planta cresce na direção (positivo) ou contra (negativo) o estímulo.

O fototropismo é o crescimento da planta devido à luz. A maioria dos caules exibem fototropismo positivo e vão em direção à luz. Um crescimento em resposta à gravidade é chamado geotropismo.

Caules, geralmente, exibem geotropismo negativo, enquanto raízes exibem geotropismo positivo.

Alguns órgãos, como os pecíolos, caules e especialmente as gavinhas, respondem ao contato com um objeto sólido por crescimento diferencial.

Esse tipo de crescimento é conhecido como tigmotropismo ou haptotropismo. No caso das gavinhas, a resposta é geralmente muito rápida. Uma gavinha pode se enrolar em torno de um suporte em poucos minutos em certas espécies. As células que tocam o suporte têm seu crescimento diminuído, enquanto que aquelas células do lado oposto alongam-se rapidamente. Essas mudanças são permanentes e a gavinha é reforçada pelo crescimento secundário. Os mecanismos dessas respostas ainda não são claros, embora se acredite que ocorra um transporte transversal de substâncias hormonais da parte em contato com o suporte e a parte oposta.

Os tropismos podem ser também causados por outros estímulos do ambiente, como água, temperatura, compostos químicos e oxigênio.

Tropismo: É o crescimento direcionado da planta em resposta a um estímulo externo.
Tropismo positivo: É o que se dá em direção à fonte de estímulo.
Tropismo negativo: É o que se dá no sentido oposto à fonte de estímulo.

Fonte: www.joinville.udesc.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Terra Primitiva

Terra Primitiva

PUBLICIDADE O que é terra primitiva? A história da Terra diz respeito ao desenvolvimento do …

Respiração Branquial

Respiração Branquial

PUBLICIDADE O que é respiração branquial? As brânquias ou guelras são órgãos da respiração, são …

Mecanismos de Feedback

Mecanismos de Feedback

PUBLICIDADE O que são mecanismos de feedback? Um mecanismo de feedback é um processo que usa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+