Breaking News
Home / Biologia / Ciclo de Krebs

Ciclo de Krebs

PUBLICIDADE

O que é o ciclo de krebs?

O Ciclo de Krebs é uma daquelas coisas que você olha pra imagem que representa a reação e desiste de entender o que é. Parece complexo … e realmente é. É um processo complexo para ser explicado de maneira simples, mas entenderemos o sentido da reação para entender o processo.

A célula precisa de energia para realizar suas funções, e produz essa energia a partir da glicose e na presença de oxigênio (aeróbia), através da respiração celular.

Essa respiração é constituída por 3 fases:

a glicólise, onde acontece a quebra da glicose em partes menores, com formação de piruvato que originará o Acetil-CoA;

o ciclo de Krebs onde o Acetil-CoA é oxidado em CO2;

a cadeia respiratória onde a produção de energia se dá com a transferência de elétrons dos hidrogênios que foram retirados das substâncias nas etapas anteriores.

O ciclo de Krebs acontece no interior da mitocôndria e ele corresponde a uma sequência de oito reações oxidativas, ou seja, que necessitam de oxigênio.

De forma mais aprofundada, as moléculas de ácido pirúvico (C3H4O3) formadas na etapa anterior (glicólise) entram na mitocôndria em direção a matriz mitoncondrial, onde sofrerão uma descarboxilação oxidativa pela ação de enzimas. Essa entrada do ácido, permite que a coenzima A (CoA), reaja com uma das moléculas e produza acetil-CoA e gás carbônico (CO2).

Ciclo de Krebs

Posteriormente, o acetil-CoA reage com o oxaloacetato ou ácido oxalacético e libera a coA, formando o ácido cítrico. Depois, haverá uma sequência de 8 reações em cadeia, onde ocorrerá a liberação de 2 CO2 e elétrons de H+.

Ao final das reações, o ácido oxalacético é restaurado e devolvido a matriz mitocondrial para recomeçar o ciclo. Já os elétrons e íons de H+ são capturados por moléculas de NAD, que se convertem em NADH, e também por moléculas de FAD, também aceptor de elétrons.

Ou seja, tudo isso quer dizer que, os produtos da glicólise combinam-se com oxigênio para produzir dióxido de carbono, água e trifosfato de adenosina (ATP).

Sugestão de vídeo para acompanhar:

Por Ana Rosa Calheiro Luz

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Evolução Convergente

Evolução Convergente

PUBLICIDADE Definição de Evolução Convergente Evolução convergente é o processo no qual organismos que não estão …

Hominídeos

PUBLICIDADE As definições recentes mais usadas são: Hominídeo – o grupo que consiste em todos …

Polipeptídeo

PUBLICIDADE Definição Os polipeptídeos ajudam a formar proteínas ligando vários aminoácidos. As proteínas são criadas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.