Breaking News
Home / Biologia / Espongiários

Espongiários

PUBLICIDADE

O que são espongiários?

Poríferos, porífera, esponjas ou espongiários. São animais invertebrados, aquáticos, encontrados tanto em água salgada quanto doce.

Classificados como o primeiro filo dos invertebrados, acredita-se que foram os primeiros animais a surgirem no planeta. Por seu aspecto vegetal, foram considerados plantas por muito tempo, até ganharem um filo no Reino Animalia.

Reino: Animalia

Filo: Porífera

Os espongiários são diploblásticos, acelomados e, não possuem cavidade digestiva. Possuem simetria radial, ou seja, são assimétricos e, não conseguem ser divididos em partes iguais. A maioria é marinha e, são poucos os de água doce. Fixos na fase adulta encontram-se presos a substratos e muitos formam colônias.

As células das esponjas apresentam independência, sem coordenação por células nervosas e, tem a capacidade de regeneração, formando outro individuo igual.

Bentônicos sésseis: bentônicos são animais que vivem no fundo das águas. São sésseis, ou seja, imóveis, mas capazes de movimentar a água ao seu redor.

Filtradores: a água entra pelo poro e sai pelo ósculo, que é uma abertura maior, oposta a base, acima do corpo do animal.

Alimentam-se através de partículas imersas, que penetram no corpo da esponja pelos poros microscópicos.

A parede do corpo delimita uma cavidade central, denominada espongiocele, espongiocélio ou o átrio.

A excreção e respiração são realizadas através de difusão no meio aquático.

Espongiários

Os espongiários não apresentam órgãos, mas sim células especializadas, entre elas:

 Pinacócitos: células de revestimento externo.

Coanócitos: células flageladas que filtram a água e revestem o espongiocélio (átrio) e outras estruturasinternas. O movimento dos flagelos move a água e trazem nutrientes e gases. Os nutrientes são filtrados pela célula e endocitados, ocorrendo uma digestão intracelular, em vacúolos digestivos. Posteriormente os nutrientes são difundidos célula a célula.

Porócitos: células que compõem os poros.Encontram-se na parede do corpo da esponja e, são reguladas pelo próprio animal.

Espículas: células que armazenam algumas proteínas e servem para dar rigidez à estrutura.

Amebócitos: células livres de vários tipos responsáveis pelo crescimento e regeneração. Podem originar todos os outros tipos de célula (exceto os coanócitos). Na reprodução assexuada ocorre brotamento, formado por divisões celulares que originam um novo individuo. Na reprodução sexuada, o amebócito forma os gametas flagelados masculinos e femininos (não flagelados). Os gametas flagelados masculinos nadam até encontrar uma esponja com gameta feminino, que ficam imóveis nas esponjas, onde ocorre a fecundação dentro das mesmas. Forma-se uma larva chamada anfiblástula, que saí da esponja, se fixa em outro lugar e forma uma novo individuo.

Camila Correia

Veja também

Algas Dinophytas

Algas Dinophytas

PUBLICIDADE O que são algas dinophytas? As algas dinófitas, pertencem ao Filo Dinophyta e a …

Endoderma

PUBLICIDADE Definição de endoderma Endoderma ou Endoderme é a mais interna das três camadas germinativas, …

Alelos Múltiplos

PUBLICIDADE O que são alelos múltiplos? Os alelos múltiplos ou polialelia são casos em que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.