Breaking News
Home / Biologia / Ciências Naturais

Ciências Naturais

PUBLICIDADE

Definição de Ciências Naturais

Ciências Naturais, qualquer uma das ciências (como física, química ou biologia) que lidam com matéria, energia e suas inter-relações e transformações ou com fenômenos mensuráveis objetivamente

As ciências naturais são os ramos da ciência que buscam elucidar as regras que governam o mundo natural por meio de métodos científicos.

Uma ciência, como biologia, química ou física, que lida com os objetos, fenômenos ou leis da natureza e do mundo físico.

O termo “ciências naturais” é usado para distinguir o assunto das ciências sociais, que aplicam o método científico para estudar o comportamento humano e os padrões sociais; as humanidades, que utilizam uma abordagem crítica ou analítica para estudar a condição humana; e as ciências formais, como matemática e lógica, que usam um a priori, em oposição à metodologia factual para estudar sistemas formais.

A ciência natural foi fundamentada na filosofia crítica de Kant – os princípios a priori da experiência possível são, ao mesmo tempo, as leis universais da natureza – e, portanto, é vista como algo que evita o compromisso metafísico.

Em síntese: a Ciência Natural é um ramo da ciência que explora o mundo físico. Ele se junta às Ciências Sociais, Ciência da Computação, Ciências Filosóficas e outros aspectos para nos dar uma compreensão mais clara de nossa existência.

As ciências naturais são divididas em ciências físicas e ciências da vida, abrangendo uma gama de conhecimentos da biologia à física.

Esta disciplina científica espera nos ensinar tudo o que precisamos saber sobre a existência física e o mundo ao nosso redor.

O que são ciências naturais?

As ciências naturais são uma das três principais divisões da ciência, sendo as outras duas as ciências sociais e as ciências formais.

Química, biologia, ciências da terra, astronomia e física fazem parte das ciências naturais.

Existem também disciplinas interdisciplinares, como a biofísica, que integram diferentes aspectos de várias disciplinas.

Antes do século 17, essas disciplinas eram frequentemente chamadas de “filosofia natural” e não tinham os tipos de experimentos e procedimentos usados hoje.

Química

 Ciências Naturais

Muito do que define a civilização moderna vem dos avanços no conhecimento e na tecnologia causados por investigações nas ciências naturais e na química.

Por exemplo, a produção moderna de alimentos pode ser rastreada até o processo Haber-Bosch, que foi desenvolvido durante a Primeira Guerra Mundial.

Este processo químico permite a criação de nitratos de fertilizantes a partir do nitrogênio atmosférico, em vez de depender de fontes biologicamente fixas de nitrogênio, como esterco de vaca, aumentando significativamente a quantidade de alimentos que vários países produzem.

Biologia e Medicina

Graças ao desenvolvimento da biologia, especialmente no século 20, os médicos podem usar medicamentos avançados para curar ou tratar muitas doenças que antes eram fatais.

Por meio de pesquisas em biologia e medicina, os flagelos do século 19 e anteriores, como a peste e a varíola, ficaram sob controle. Talvez mais importante, as taxas de mortalidade de bebês e mães em países industrializados diminuíram drasticamente.

O subcampo biológico da genética tem permitido até mesmo aos cientistas entender o próprio código da vida e reconhecer a maneira como ele se expressa dentro de cada pessoa.

Ciências da Terra

Ciências Naturais

Os avanços nas ciências da terra permitiram que a humanidade extraísse grandes quantidades de minerais e petróleo da crosta terrestre, acionando os motores da civilização e da indústria modernas.

A paleontologia, um subcampo das ciências da terra, fornece uma janela para o passado distante da Terra, muito antes de os humanos sequer existirem.

Por meio de descobertas em geologia e campos semelhantes dentro das ciências naturais, os cientistas são capazes de compreender melhor a história do planeta e prever as mudanças pelas quais ele pode passar no futuro.

Astronomia e Física

A física é, em muitos aspectos, a ciência que fundamenta todas as outras ciências naturais e ofereceu algumas das revelações mais inesperadas do século XX.

Entre as mais notáveis delas estava a descoberta de que matéria e energia são constantes e apenas se transferem de um estado para o outro.

Por meio da astronomia, os cientistas descobriram uma enorme quantidade de informações sobre o universo.

Nos séculos anteriores, pensava-se que todo o universo era apenas a galáxia da Via Láctea, até que uma série de debates e observações no século 20 revelou que o universo é literalmente milhões de vezes maior do que se imaginava.

Diferentes tipos de ciência

O estabelecimento do método científico nos anos 1600 e a revolução científica que se seguiu ajudaram a criar a ciência moderna.

As ciências naturais são frequentemente chamadas de “ciências duras” devido ao uso intenso de dados objetivos e métodos quantitativos que dependem de números e matemática.

Em contraste, as ciências sociais, como a psicologia, a sociologia e a antropologia, confiam mais em avaliações qualitativas ou não numéricas e tendem a ter conclusões menos certas.

As ciências formais, incluindo matemática e estatística, são fortemente quantitativas por natureza, mas não envolvem tipicamente o estudo de fenômenos naturais ou experimentação.

Fonte: www.edx.org/www.bath.ac.uk/www.snc.edu/www.sciencedirect.com/www.dur.ac.uk/plexuss.com/www.wisegeek.org/www.ucalgary.ca/www.minerva.kgi.edu/www.definitions.net/www.bath.ac.uk

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Estrogênio

PUBLICIDADE Estrogênio – Definição O estrogênio é um dos dois principais hormônios sexuais das mulheres. O outro …

Axônio

PUBLICIDADE Definição de Axônio Um axônio é uma fibra longa de uma célula nervosa (um neurônio) que …