Breaking News
Home / Biologia / Malacologia

Malacologia

PUBLICIDADE

Malacologia – O que é

malacologia é o ramo da zoologia de invertebrados que trata do estudo do Moluscos (caracóis, amêijoas, polvos, etc.), o segundo maior filo de animais em termos de espécies descritas após os artrópodes.

Os Moluscos são um grupo grande e espetacularmente diversos de animais invertebrados de corpo mole.

Os campos dentro da pesquisa malacológica incluem taxonomia, ecologia e evolução. A malacologia aplicada estuda aplicações médicas, veterinárias e agrícolas, por exemplo, moluscos como vetores da doença, como na esquistossomose.

Arqueologia emprega malacologia para entender a evolução do clima, a biota da área.

Em 1681, Filippo Bonanni escreveu o primeiro livro já publicado que era apenas sobre conchas marinhas, as conchas de moluscos marinhos.

O livro foi intitulado: Ricreatione dell ‘occhio e dela mente nell oservation’ delle Chiociolle (Recriação do olho e da mente na observação de caracóis), proposta de ‘curiosi delle opere della natura (curioso sobre as obras da natureza).

Em 1868, a Sociedade Malacológica Alemã foi fundada.

Métodos zoológicos são utilizados na pesquisa malacológica. Métodos de campo malacológico e métodos de laboratório (como colecionar, documentar e arquivar e técnicas moleculares) foram resumidos por Sturm et al. (2006).

 MalacologiaMalacologia – Moluscos

O que são moluscos?

O filo Mollusca inclui tais invertebrados de corpo macio, como caracóis, amêijoas, ostras e lulas. A maioria das conchas eram uma vez moluscos vivos.

De acordo com o registro fóssil, o grupo se originou há mais de 500 milhões de anos.

Hoje, os moluscos são representados por sete classes distintas, incluindo os familiares bivalves (mexilhões, ostras e amêijoas), gastrópodes (caracóis e lesmas), polplacóforos (quitônios), escafópodes (conchas de presa) e cefalópodes (nautilóides, polvos e lulas ).

A maioria dos moluscos (mas não todos) constrói uma concha para proteção; e os pesquisadores costumam usar essa concha para ajudar a identificar as espécies.

Com cerca de 200.000 espécies vivendo hoje, os moluscos estão em segundo lugar em riqueza de espécies apenas para os artrópodes (ou seja, insetos, crustáceos e aliados).

Eles ocorrem em todo o mundo em todas as profundezas dos oceanos, em lagos e rios de água doce e na terra. Muitas espécies são ecológica, comercial e culturalmente importantes.

Malacologia – Moluscos

Por que estudar Malacologia?

O campo de Malacologia não é um ramo muito bem conhecido da ciência, ainda que desempenha um papel importante nos ecossistemas biológicos  sobre o mundo.

Estudar os moluscos ajuda os cientistas a entender alguns dos problemas mais complicados deste século, como o câncer celular e o controle da poluição.

Quais são seus benefícios?

Os moluscos fornecem uma vasta gama de usos e benefícios. Eles são uma enorme fonte de alimento para humanos e animais; suas conchas podem ser usadas para fazer ferramentas e implementar, e também são usadas como um suplemento de cálcio. Bivalves filtram resíduos tóxicos da água e o veneno da casca da concha é usado como soro médico.

Existe mesmo um caracol cuja grande estrutura celular é usada para testar curas para câncer.

Aqui está uma lista dos usos para moluscos:

Alimentos – escargot, lula, marisco, etc.
Ferramentas/armas –
 conchas duras fazem implementos rudimentares
Estrada – 
escudo esmagado usado para pavimentar ruas
Decoração –
 casca de abaloneira (madrepérola), conchas marinhas, pérolas
Vestuário –
 botões de casca de mexilhão, corante roxo ( Murex sp.)
Medicamentos –
 Suplementos de cálcio, doenças e pesquisa de câncer
Controle de pragas –
 caracóis carnívoros presa em espécies de pragas prejudiciais
Poluição –
 Bivalves filtram toxinas da água
Horticultura –
 muitos caracóis e lesmas reciclam plantas mortas para criar um fertilizante natural Comércio de
Aquário –
 caracóis aquáticos são bonitos e comem algas do vidro
Moeda –
 algumas conchas usadas como dinheiro em certos países.

Fonte: www.molluskman.com/molluskman.com/en.wikipedia.org/www.burkemuseum.org

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.