Breaking News
Home / Biologia / Eutérios

Eutérios

PUBLICIDADE

Eutérios – O que são

Os Eutérios são animais placentários que pertencem a infraclasse Eutheria, que os classificam como tal.

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Infraclasse: Eutheria

As fêmeas possuem glândulas mamárias utilizadas para a amamentação.

São animais vivíparos, ou seja, os embriões se desenvolvem completamente dentro do corpo materno, recebendo os nutrientes e oxigênio necessários para seu desenvolvimento de fontes fisiológicas, provenientes da placenta e do cordão umbilical.

A placenta é um órgão materno fetal, formado por uma parte materna, que é denominada decídua basal e, outra parte fetal chamada cório viloso.

A placenta juntamente com o cordão umbilical é responsável por mediar trocas fisiológicas entre o feto e a mãe.

As funções da placenta são:

Nutrição do embrião, uma vez que os nutrientes provenientes da dieta materna são conduzidos para o mesmo;
Excreção e respiração, que ocorre através da membrana placentária, onde compostos e gasestais como gás carbônico (CO2) e oxigênio (O2), chegam e saem do embrião;
Proteção;
Produção de hormônios tais como: a  progesterona e o BHCG.

O cordão umbilical está inserido através do umbigo do embrião aos vasos da placenta, esta última está ligada aos vasos da mãe.

As funções do cordão umbilical são:

Agir como pulmão, levando oxigênio para o feto;
Receber excretas, levando a placenta, onde é renovado;
Realizar processos endócrinos, transportando hormônios;
Transportar nutrientes;

Além de armazenarem células troncos em abundância, as mesmas podem se tornar qualquer outra do corpo, estas podem ser congeladas e, estimuladas para tornarem-se células e tecidos necessários para serem utilizados em tratamentos.

Exemplos de animais eutérios: cavalo, boi, golfinho, cachorro, gato, baleia, girafa, macaco, homem, entre outros.

Eutérios
Eutérios

O cérebro destes animais possui muitas dobras, ou seja, encéfalos com grandes hemisférios cerebrais, que aumentam o número de células nervosas, por este motivo, desenvolveram um comportamento complexo, percebido nas estratégias de cuidados com os filhotes.

Eutérios – Mamíferos placentários

Os mamíferos placentários são um grupo bastante diverso, com cerca de 4000 espécies descritas, principalmente roedores e morcegos.

Os mamíferos placentários incluem formas diversas como: baleias, elefantes, musaranhos e tatus.

Eles também são alguns dos organismos mais familiares para nós, incluindo animais de estimação como cães e gatos, bem como muitos animais de fazenda e de trabalho, como ovelhas, gado e cavalos. E os humanos, é claro, também são mamíferos placentários.

Todos os mamíferos placentários geram filhotes vivos, que são nutridos antes do nascimento no útero da mãe por meio de um órgão embrionário especializado ligado à parede do útero, a placenta.

A placenta é derivada das mesmas membranas que circundam os embriões nos ovos amnióticos de répteis, pássaros e monotremados. mamíferos.

O termo “mamíferos placentários” é um nome impróprio porque os marsupiais também têm placentas.

A diferença é que a placenta dos marsupiais tem vida muito curta e não contribui tanto para a nutrição fetal como nos euterianos, já que os “mamíferos placentários” são conhecidos cientificamente.

Fonte: Camila Correia

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Estrogênio

PUBLICIDADE Estrogênio – Definição O estrogênio é um dos dois principais hormônios sexuais das mulheres. O outro …

Axônio

PUBLICIDADE Definição de Axônio Um axônio é uma fibra longa de uma célula nervosa (um neurônio) que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.