Breaking News
Home / Biologia / Relógio Biológico

Relógio Biológico

PUBLICIDADE

Relógio Biológico – Definição

Qualquer um dos vários mecanismos que regulam os ritmos biológicos.

Relógio Biológico – O que é

Quando falamos em relógio, podemos pensar num objeto, que trabalha de forma sincronizada. Ele marca os segundos, minutos e horas, de forma a perfazer as 24 horas até completar o dia.

No caso do termo Relógio Biológico, podemos pensar num processo periódico, pelo qual um ser vivo, ou grupo de organismos, passa.

O termo Relógio Biológico, portanto, está relacionado a uma série de mecanismos biológicos, que conferem um ritmo aos processos fisiológicos e comportamentais de um indivíduo ou grupo. Na história humana, foram encontradas referências em textos e livros sobre os ritmos biológicos nos seres vivos, como as plantas e animais, incluindo o ser humano.

As referências a estes ritmos biológicos podem ser encontradas na bíblia, bem como relatos de filósofos gregos. Mas os primeiros relatos considerados científicos foram em 1729, por meio de experimentos de um astrônomo francês, chamado Jean Jaques de Mairan. Este astrônomo observou o movimento periódico das folhas da planta Mimosa pudica durante o decorrer do dia.

No experimento com a planta, mesmo quando se persistia a iluminação, havia alternâncias cíclicas diárias dos movimentos das folhas (a movimentação não se alterava).

Ou seja: as alterações não eram reguladas por fatores externos, como o ciclo solar, mas por mecanismos internos da própria planta, que ocorriam independente da luminosidade.

Relógio Biológico
Relógio Biológico

Embora haja uma discussão entre cientistas, dos quais alguns discordam da existência de um relógio biológico, alguns defendem que este mecanismo existe e é de suma importância. Para eles, o tempo é um fator que está relacionado à regulação da temperatura, metabolismo, sistema imunológico, entre outros. Inclusive, é possível, por meio do uso da medicina forense, descobrir o horário quando uma pessoa foi morta, apenas se estudando os órgãos delas, caso a vítima seja encontrada nas primeiras 48 horas após ter falecido.

Enfim, um relógio biológico pertence a qualquer um dos vários mecanismos que regulam os ritmos biológicos, como o ciclo de sono e vigília, temperatura corporal, padrões de secreção de hormônios, pressão sanguíneaníveis de alerta, tempos de reação, etc.

Ritmos biológicos é o padrão cíclico sincronizado demonstrado por um organismo como sua resposta a um estímulo particular. Este relógio biológico parece dar ao organismo uma noção do tempo, evidenciado por um padrão rítmico em seu comportamento.

relógio biológico que se sincroniza com o ritmo biológico pode ser endógeno ou exógeno.

Um tipo endógeno é aquele em que o relógio biológico interno é aquele que o controla. Um exemplo disso é o ciclo de temperatura corporal. Um tipo exógeno é aquele que envolve uma sugestão externa (ou seja, zeitgeber). Um exemplo é o padrão de sono e vigília. Outros conceitos relacionados ao relógio biológico são senescência, relógio circadiano, relógio epigenético e relógio molecular.

A senescência é o envelhecimento ou eventual deterioração de um organismo ao longo do tempo. O relógio biológico também pode referir-se à fertilidade feminina, em que há uma diminuição gradual da fertilidade desde a puberdade até a menopausa. O relógio circadiano se refere aos vários mecanismos que resultam em um ritmo circadiano.

Relógio Biológico – Ritmo circadiano

Os ritmos circadianos são ciclos de 24 horas que fazem parte do relógio interno do corpo, funcionando em segundo plano para realizar funções e processos essenciais.

Um dos ritmos circadianos mais importantes e conhecidos é o ciclo vigília-sono.

Diferentes sistemas do corpo seguem ritmos circadianos que são sincronizados com um relógio mestre no cérebro. Este relógio mestre é diretamente influenciado por sinais ambientais, especialmente a luz, razão pela qual os ritmos circadianos estão ligados ao ciclo do dia e da noite.

Quando devidamente alinhado, um ritmo circadiano pode promover um sono consistente e restaurador. Mas quando esse ritmo circadiano é alterado, pode criar problemas de sono significativos, incluindo insônia.

A pesquisa também está revelando que os ritmos circadianos desempenham um papel integral em diversos aspectos da saúde física e mental.

Como funciona o ritmo circadiano?

Os ritmos circadianos funcionam ajudando a garantir que os processos do corpo sejam otimizados em vários pontos durante um período de 24 horas. O termo circadiano vem da frase latina “circa diem”, que significa “cerca de um dia”.

Ritmos circadianos existem em todos os tipos de organismos. Por exemplo, eles ajudam as flores a abrir e fechar na hora certa e evitar que animais noturnos saiam de seu abrigo durante o dia, quando estariam expostos a mais predadores.

Nas pessoas, os ritmos circadianos coordenam os sistemas mentais e físicos por todo o corpo. O sistema digestivo produz proteínas para coincidir com o horário típico das refeições, e o sistema endócrino regula os hormônios para se adequar ao gasto normal de energia.

Os ritmos circadianos em todo o corpo são conectados a um relógio mestre, 6 às vezes denominado marca-passo circadiano, localizado no cérebro. Especificamente, é encontrado no núcleo supraquiasmático (SCN), que está em uma parte do cérebro chamada hipotálamo. Em diferentes horas do dia, os genes do relógio no SCN enviam sinais para regular a atividade em todo o corpo.

O SCN é altamente sensível à luz, que serve como uma pista externa crítica que influencia os sinais enviados pelo SCN para coordenar os relógios internos do corpo. Por esse motivo, os ritmos circadianos estão intimamente ligados ao dia e à noite. Embora outras dicas, como exercícios, atividades sociais e temperatura possam afetar o relógio principal, a luz é a influência mais poderosa nos ritmos circadianos.

Fonte: Juliano Schiavo (Biólogo e mestre em Agricultura e Ambiente)

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.