Breaking News
Home / Biologia / Microfauna

Microfauna

PUBLICIDADE

A Microfauna é a menor das divisões de tamanho da fauna, incluindo principalmente microrganismos, mas também às vezes aplicada às menores espécies de grupos de animais, como carrapatos, insetos, etc.

Microfauna – Biologia

Microfauna, animais pequenos, geralmente microscópicos, especialmente aqueles que habitam o solo, um órgão ou outro habitat localizado.

Protozoários unicelulares, pequenos nematoides, pequenos vermes não segmentados e tardigrades (artrópodes de oito pernas) são os componentes mais comuns da microfauna.

Muitos habitam filmes de água ou espaços porosos na serapilheira e no solo, alimentando-se de microorganismos menores que decompõem o material orgânico.

O que é

Microfauna são pequenos animais e organismos unicelulares visíveis apenas ao microscópio.

Geralmente, eles são definidos como criaturas com tamanho menor que 0,1 mm (100 mícrons), com mesofauna como organismos entre 0,1 e 2 mm, embora as definições possam variar.

No solo, a microfauna pode ser encontrada em grandes números – geralmente vários milhares por grama.

Qualquer um pode pegar um pouco de solo úmido, colocá-lo sob um microscópio e encontrar esses organismos.

Alguns dos exemplos mais comuns e importantes são protozoários (eucariotos unicelulares), ácaros (entre os mais diversos e bem-sucedidos de todos os animais), coquetéis de primavera (relacionados a insetos), nemátodos (criaturas transparentes semelhantes a vermes), rotíferos (chamados de rodas) bocais ciliados) e tardigrades, também conhecidos como “ursos aquáticos”, um dos organismos mais difíceis da natureza.

A microfauna pode ser encontrada em todo o mundo, onde quer que haja solo úmido, e em alguns outros lugares também. Os coquetéis de primavera foram encontrados nos vales secos McMurdo da Antártica, um dos lugares mais frios e secos da Terra.

A microfauna é acompanhada de microflora, que inclui algas, bactérias, fungos e leveduras, capazes de digerir praticamente qualquer substância orgânica e algumas substâncias inorgânicas, como TNT e borracha sintética.

Animais maiores também encontrados no solo são chamados de mesofauna, como minhocas, artrópodes e nematóides grandes, e a macrofauna, que inclui mamíferos escavadores como toupeiras e coelhos.

As microfaunas são as menos conhecidas da vida no solo, devido ao seu pequeno tamanho e grande diversidade.

Muitos são membros dos chamados “criptozoários”, animais que não são descritos pela ciência.

Das 10-20 milhões de espécies animais estimadas no mundo, apenas 1,8 milhão receberam nomes científicos e muitos dos milhões restantes provavelmente pertencem a esse grupo, muitos deles nos trópicos.

A microfauna vive em poros minúsculos entre os grãos do solo, e muitos são aquáticos. Alguns são sésseis, o que significa que se ligam a um substrato a vida inteira e nunca se movem.

Esses animais fertilizam seus parceiros liberando espermatozoides ciliados, enquanto eles mesmos permanecem no lugar.

Eles também podem ser encontrados no corpo humano, e o lar humano médio possui milhares de ácaros que ganham a vida digerindo células mortas da pele.

Animais encontrados no solo, como minhocas, são chamados mesofauna

Fonte: Equipe Portal São Francisco

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Ecologia dos Insetos

PUBLICIDADE A ecologia de insetos é o estudo científico de como os insetos, individualmente ou …

Esfingomielina

PUBLICIDADE Definição Esfingomielina é qualquer grupo de fosfolipídios que ocorre principalmente no cérebro e medula …

Exoesqueleto

PUBLICIDADE Um exoesqueleto é a estrutura de suporte de um organismo que é a parte …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *