Breaking News
Home / Biologia / Hormônios Vegetais

Hormônios Vegetais

O que são Hormônios Vegetais?

PUBLICIDADE

Os hormônios vegetais, que também são denominados de fitormônios, são compostos orgânicos produzidos em certas regiões da planta e que exercem várias funções nos vegetais. Esses hormônios são essenciais para a sobrevivência, reprodução e adaptação das plantas ao ambiente. O transporte dos hormônios é feito pelo xilema e floema, os vasos condutores.

Os principais hormônios vegetais são: ácido abscísico, auxinas, citocininas, etileno e giberelinas, que desempenham diversas funções.

O crescimento da planta é estimulado principalmente pelos hormônios auxina, citocinina e giberelina. A auxina age no crescimento pelo alongamento celular, a giberelina e citocinina estimula o crescimento do vegetal por mitose. As concentrações de auxina agem de maneira de diferente em cada parte do vegetal, por exemplo, o crescimento das raízes ocorre quando tem menores concentrações de auxina, quando aumenta a quantidade, inibe o crescimento.

Para a formação das flores, nas angiospermas, a giberelina é o hormônio que estimula o desenvolvimento dessas estruturas reprodutivas. Depois da fecundação das flores vem os frutos e para a formação deles a planta é estimulada pela auxina e giberelina.

Hormônios Vegetais
A giberelina é principal hormônio que estimula a formação das flores e frutos da laranja.

O amadurecimento dos frutos é estimulado pelo etileno, que é o único hormônio gasoso, por isso,temperaturas baixas inibem sua liberação. Por exemplo, se colocarmos um mamão maduro na geladeira ele vai durar muito mais tempo do que se estivesse na fruteira, mas se o mamão estiver verde e quisermos que ele amadureça mais rápido, podemos embrulhar em um jornal, pois assim, estaremos concentrando o hormônio ao redor do fruto e estimulando o processo de amadurecimento.

Hormônios Vegetais
Fase de maturação da banana, quando mais madura, mais etileno tem no fruto.

Em período de seca, as plantas precisam se adaptar a falta de água, os hormônios ácido abscísico e etileno agem para garantir a sobrevivência da planta nessa fase.  O ácido abscísico é o principal, ele estimula o fechamento dos estômatos das folhas, diminuindo a transpiração.

Quando a planta fica muitos meses sem água, o ácido abscísico estimula a produção de outro hormônio, o etileno. O etileno, faz com que a planta perca as suas folhas,consequentemente diminuindo também a perda de água, por exemplo, os ipês quando florescem perdem todas as folhas e usam a água para ajudar na produção das suas flores.

Milena Ventrichi Martins

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Palinologia

PUBLICIDADE Palinologia é o estudo do pólen da planta, esporos e certos organismos microscópicos do plâncton (chamados coletivamente de palinomorfos) …

Bioindicador

Bioindicador

PUBLICIDADE Definição Um bioindicador são espécies cujo desaparecimento ou perturbação dá um aviso prévio da degradação de …

Diatomáceas

PUBLICIDADE As diatomáceas são fitoplâncton onipresente que representam a fonte primária de fotossíntese (e produção de oxigênio) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.