Breaking News
Home / Biologia / Níveis Tróficos

Níveis Tróficos

PUBLICIDADE

Níveis Tróficos – O que são

Quando se fala em nível trófico, ou cadeia alimentar, estamos falando de um conceito criado na década de 1920 pelo biólogo alemão, August Thienemann.

Este biólogo introduziu a ideia de que a alimentação, pela qual a energia é transferida, passa por uma série de organismos, como num fluxo.

Ou seja: é por meio da cadeia alimentar que ocorre a transferência de energia entre os organismos, começando pelos produtores, passando pelos consumidores, até chegar aos decompositores, num ciclo.

nível trófico descreve o nível que um organismo específico ocupa na cadeia alimentar.

Segundo estimativas, cada nível trófico é responsável pela transferência de aproximadamente 10% da capacidade energética para o nível acima. Desta forma, quando observada em uma pirâmide, é muito difícil se passar de cinco níveis tróficos. Assim, os consumidores primários, como os herbívoros, por exemplo, que se alimentam diretamente das plantas (produtores) são os que mais estão bem servidos energeticamente falando.

Para entender o conceito de nível trófico é interessante se conhecer outros termos:

Produtores

Sãoão seres vivos responsáveis por fazer fotossíntese ou quimiossíntese. Eles são considerados a base da cadeia alimentar, por produzirem e acumularem energia, utilizando, desta forma, processos bioquímicos.

Estes processos têm como matéria-prima o gás carbônico, luz e água. Os organismos produtores são as algas e plantas, que fazem fotossíntese.

Também há alguma bactérias que fazem quimiossíntese, porém sem utilizar a energia da luz: as reações químicas se dão pela oxidação de compostos, como o enxofre.

Consumidores primários

São os organismos que se alimentam diretamente dos seres produtores, conhecidos como espécies herbívoras.

Eles podem ser microscópicos (como larvas planctônicas) ou até mesmo serem grandes mamíferos, como os elefantes, rinocerontes, bois, antas, cavalos, entre outros.

Consumidores secundários

São os organismos que se alimentam dos consumidores primários (herbívoros).

Esta categoria é formada por carnívoros.

Consumidores terciários

São os predadores de topo, ou seja, aqueles que estão no topo alimentar, capturando grandes presas.

Comparados aos outros níveis tróficos, a densidade populacional (quantidade de indivíduos por área) dos consumidores terciárias é bem menor.

Decompositores

São os seres vivos que fazem a decomposição da matéria orgânica, transformando-a novamente em nutrientes, que são utilizados pelos produtores.

Níveis Tróficos

Nível Trófico

Em síntese:

Existem vários níveis tróficos em uma cadeia alimentar, que incluem produtores primários, consumidores primários, consumidores secundários e consumidores terciários.

nível trófico primário contém produtores primários, incluindo plantas e microrganismos ou qualquer organismo que produza seu próprio alimento a partir da luz solar ou de outras fontes de energia primária e não coma outros organismos.

segundo nível trófico inclui os organismos que os consomem, como animais herbívoros ou consumidores primários.

Os outros níveis incluem os organismos que consomem os consumidores primários (consumidores secundários) e os organismos que consomem os consumidores secundários (consumidores terciários).

Níveis Tróficos – Ecologia

Em ecologia, um nível trófico refere-se a uma posição na cadeia alimentar ou pirâmide ecológica ocupada por um grupo de organismos com modo de alimentação semelhante.

Uma cadeia alimentar se refere à hierarquia na qual os organismos em um ecossistema são agrupados em níveis tróficos (nutricionais).

Os níveis tróficos são mostrados em uma série ou sucessão para representar o fluxo de energia alimentar e as relações de alimentação entre eles. Uma pirâmide ecológica, por sua vez, representa a biomassa ou o fluxo de energia em um ecossistema. Tanto a cadeia alimentar quanto a pirâmide ecológica começam no nível trófico 1, que é composto pelos produtores primários.

O próximo grupo trófico é composto de organismos que se alimentam dos produtores primários para obter nutrição. Então, os grupos sucessivos são compostos, cada um, por grupos de organismos que se alimentam do grupo anterior. A sucessão de níveis tróficos pode ocorrer em uma cadeia unilateral ou em caminhos tróficos mais intrincados chamados de teia alimentar.

Uma teia alimentar é composta de muitas cadeias alimentares interligadas. A maioria dos ecossistemas tem uma estrutura de web complexa, em vez de uma cadeia direta do que come o quê.

Um nível trófico se refere a um nível ou posição em uma cadeia alimentar, uma teia alimentar ou uma pirâmide ecológica. É ocupado por um grupo de organismos que possuem um modo de alimentação semelhante.

Fonte: Juliano Schiavo (Biólogo e mestre em Agricultura e Ambiente)

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Estrogênio

PUBLICIDADE Estrogênio – Definição O estrogênio é um dos dois principais hormônios sexuais das mulheres. O outro …

Axônio

PUBLICIDADE Definição de Axônio Um axônio é uma fibra longa de uma célula nervosa (um neurônio) que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.