Breaking News
Home / Biologia / Níveis Tróficos

Níveis Tróficos

O que são Níveis Tróficos

PUBLICIDADE

Quando se fala em nível trófico, ou cadeia alimentar, estamos falando de um conceito criado na década de 1920 pelo biólogo alemão, August Thienemann. Este biólogo introduziu a ideia de que a alimentação, pela qual a energia é transferida, passa por uma série de organismos, como num fluxo.  Ou seja: é por meio da cadeia alimentar que ocorre a transferência de energia entre os organismos, começando pelos produtores, passando pelos consumidores, até chegar aos decompositores, num ciclo.

Segundo estimativas, cada nível trófico é responsável pela transferência de aproximadamente 10% da capacidade energética para o nível acima. Desta forma, quando observada em uma pirâmide, é muito difícil se passar de cinco níveis tróficos. Assim, os consumidores primários, como os herbívoros, por exemplo, que se alimentam diretamente das plantas (produtores) são os que mais estão bem servidos energeticamente falando. Para entender o conceito de nível trófico é interessante se conhecer outros termos:

Produtores: são seres vivos responsáveis por fazer fotossíntese ou quimiossíntese. Eles são considerados a base da cadeia alimentar, por produzirem e acumularem energia, utilizando, desta forma, processos bioquímicos. Estes processos têm como matéria-prima o gás carbônico, luz e água. Os organismos produtores são as algas e plantas, que fazem fotossíntese. Também há alguma bactérias que fazem quimiossíntese, porém sem utilizar a energia da luz: as reações químicas se dão pela oxidação de compostos, como o enxofre.

Consumidores primários: são os organismos que se alimentam diretamente dos seres produtores, conhecidos como espécies herbívoras. Eles podem ser microscópicos (como larvas planctônicas) ou até mesmo serem grandes mamíferos, como os elefantes, rinocerontes, bois, antas, cavalos, entre outros.

Consumidores secundários: são os organismos que se alimentam dos consumidores primários (herbívoros). Esta categoria é formada por carnívoros.

Consumidores terciários: são os predadores de topo, ou seja, aqueles que estão no topo alimentar, capturando grandes presas. Comparados aos outros níveis tróficos, a densidade populacional (quantidade de indivíduos por área) dos consumidores terciárias é bem menor.

Decompositores: são os seres vivos que fazem a decomposição da matéria orgânica, transformando-a novamente em nutrientes, que são utilizados pelos produtores.

Níveis Tróficos

Juliano Schiavo
Biólogo e mestre em Agricultura e Ambiente

Referências

CASSINI, S.T. Ecologia: conceitos básicos. Universidade Federal do Espírito Santo. Disponível em:<https://www.inf.ufes.br/~neyval/Gestao_ambiental/Tecnologias_Ambientais2005/Ecologia/CONC_BASICOS_ECOLOGIA_V1.pdf>. Acesso em 13/06/17Acesso em 13/06/17

Veja também

Algas Dinophytas

Algas Dinophytas

PUBLICIDADE O que são algas dinophytas? As algas dinófitas, pertencem ao Filo Dinophyta e a …

Endoderma

PUBLICIDADE Definição de endoderma Endoderma ou Endoderme é a mais interna das três camadas germinativas, …

Alelos Múltiplos

PUBLICIDADE O que são alelos múltiplos? Os alelos múltiplos ou polialelia são casos em que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.