Breaking News
Home / Biologia / Antieméticos

Antieméticos

PUBLICIDADE

O que é

Um antiemético é medicamento ou substância com propriedades antieméticas pode reduzir a náusea ou o vômito.

Esses medicamentos podem ser sugeridos para tratar doenças como enjoo e evitar vômitos extremos, como pode ocorrer com gripe, intoxicação alimentar ou vertigem.

Além disso, eles podem ser empregados como tratamento adjuvante durante a quimioterapia, uso prolongado de opioides ou administração de anestesia.

Um antiemético pode vir de várias classes diferentes de drogas, e também existem certas substâncias naturais que produzem esse efeito em menor ou maior grau.

Alguns dos mais poderosos antieméticos inibem o funcionamento da dopamina no cérebro e muitos deles também são classificados como antipsicóticos. Dois dos mais usados desta classe são prometazina e proclorperazina.

Eles tendem a ser prescritos apenas por curtos períodos, dado o risco de produzir sérios efeitos colaterais. Drogas deste tipo podem ser eficazes, parando os sintomas como vômito excessivo muito rapidamente.

Outra classe de antieméticos bloqueia a maneira como o corpo pode acessar a serotonina. O medicamento ondansetron pertence a esse grupo e é freqüentemente usado para o excesso de náusea, como a doença súbita, o uso contínuo de opioides ou a anestesia ou a quimioterapia. Não é tão eficaz em tratar o vômito causado pela vertigem e não vai parar as sensações de tontura.

Outras classes de medicamentos que contêm antieméticos incluem anti-histamínicos e alguns benzodiazepínicos.

Estes podem ser prescritos isoladamente ou com outros medicamentos para tratar condições que causam náuseas ou vômitos.

Um anti-histamínico como a meclizina pode ser usado para várias formas de enjoo e labirintite.

Em contraste, os benzodiazepínicos, como o midazolam, podem reduzir a náusea ou o vômito causados pela anestesia.

Diversas substâncias naturais também possuem propriedades antieméticas.

Entre eles está a substância muito controversa, a maconha, ou os produtos feitos a partir dela. Embora a maconha, ou cannabis, tenha se mostrado muito eficaz no controle da náusea durante a quimioterapia ou com o uso de certos opiáceos, nem sempre está legalmente disponível. Em outras regiões, os pacientes podem obter a droga ou seus subprodutos através da prescrição médica.

O gengibre é outro produto antiemético natural, sem a controvérsia associada à cannabis. Pesquisadores já descobriram que os preparativos usando a raiz são bastante eficazes na redução dos sintomas da doença da manhã.

Curiosamente, tem uma composição química e função semelhantes ao ondansetron. Isso pode torná-la uma boa alternativa para algumas pessoas, mas não é provável que seja um antiemético forte o suficiente para funcionar em todas as situações.

Existem muitos outros medicamentos antieméticos ou substâncias que os médicos podem recomendar. O objetivo final em sugerir estes é fornecer o maior alívio com efeitos colaterais mínimos.

Como os indivíduos podem responder de maneira diferente aos vários tipos de medicamentos, as sugestões dos médicos para o antiemético mais apropriado provavelmente serão variadas.

Qual é a diferença entre eméticos e antieméticos?

Eméticos e antieméticos são substâncias que causam efeitos opostos no corpo.

Os eméticos são usados para induzir o vômito, enquanto os antieméticos são usados para tratar náuseas e vômitos.

Drogas antieméticas

Drogas antieméticas são tipos de substâncias químicas que ajudam a aliviar os sintomas de náusea ou vômito.

Os medicamentos antieméticos também podem ser usados para tratar náuseas e vômitos causados por outros medicamentos, enjoos frequentes, infecções ou gripe estomacal.

Drogas antieméticas ajudam a bloquear neurotransmissores específicos no corpo. Esses neurotransmissores desencadeiam impulsos como náuseas e vômitos, portanto, bloquear os impulsos ajudará a desligá-los.

Sentir-se nauseado pode parecer uma reação simples no corpo, mas é um processo complexo.

Por causa disso, existe uma gama de drogas antieméticas, cada uma delas projetada para funcionar em diferentes situações.

Fonte: Colégio São Francisco

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Esporo Bacteriano

Esporo Bacteriano

PUBLICIDADE Os esporos bacterianos são uma forma de “sobrevivência” de certos gêneros bacterianos que mostram …

Neurobiologia

Neurobiologia

PUBLICIDADE Definição Neurobiologia é o estudo de células do sistema nervoso e a organização dessas …

Esporos

PUBLICIDADE Definição Os esporos são a unidade reprodutiva unicelular de plantas não-florescentes, bactérias, fungos e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.