Breaking News
Home / Biologia / Superbactéria

Superbactéria

PUBLICIDADE

Superbactéria – Definição

Através de vários estudos os cientistas comprovaram que as superbactérias vem se tornando uma ameaça cada vez maior para a sociedade.  Além de representar grande perigo ao ser humano,  está se reproduzindo rapidamente se manifestando com frequência e ficando cada vez mais resistentes.

Seu surgimento ocorreu devido o uso contínuo das substância encontradas nos antibióticos, as bactérias começaram a ganhar resistência ficando cada vez mais fortes.

Tratamento feito de forma incorreta não os elimina do corpo fazendo com que fiquem mais fortes.A automedicação  sem o acompanhamento médico, pode ser muito perigoso.

A bactérias possuem reprodução assexuada, cerca de 20 minutos o micro-organismo divide-se em dois.

Os principais meios de transmissão são a falta de higiene e contato com secreções de um individuo com as bactérias.

Se o indivíduo estiver com baixa imunidade também possui riscos de contágio.

Superbactéria – O que é

Superbactéria

Superbactérias são bactérias que se tornaram resistentes à maioria dos antibióticos.

Quando os médicos prescrevem os antibióticos típicos para combater uma infecção causada por superbactérias, os antibióticos geralmente não conseguem erradicar a bactéria. Em vez disso, as bactérias podem realmente prosperar apesar da medicação, às vezes até matando o paciente.

Para combater bactérias resistentes, os médicos muitas vezes recorrem a antibióticos ainda mais fortes, mas parece que algumas bactérias estão desenvolvendo a capacidade de prosperar, mesmo com os tratamentos com antibióticos mais difíceis.

No passado, o médico prescrevia antibióticos para tratar uma infecção bacteriana e, com o tempo, a pessoa melhorava. Hoje, isso ainda pode acontecer na maioria dos casos, mas os cientistas estão preocupados com o uso indevido de antibióticos, uma situação implicada no desenvolvimento de superbactérias.

Por exemplo, esse tipo de uso indevido pode ocorrer quando uma pessoa tem uma infecção que parece ser bacteriana, mas seu médico não realiza testes de diagnóstico para ter certeza de que a infecção é bacteriana.

Ele pode então prescrever um antibiótico de que o paciente realmente não precisa.

Em alguns casos, os pais podem solicitar antibióticos de que seus filhos realmente não precisam, e seus médicos podem se sentir pressionados a fornecê-los.

Por exemplo, uma criança pode ter uma infecção respiratória superior que parece semelhante a um resfriado, mas durou tanto tempo que seus pais acham que deve ser algo sério. Eles podem ligar para o médico, cansados de esperar a resolução da infecção por conta própria, e insistir em um antibiótico. Se o médico prescreve um sem ter certeza de que a condição é causada por bactérias, ele pode estar criando uma situação ideal para o desenvolvimento de superbactérias.

Às vezes, as pessoas começam a tomar os antibióticos de que precisam, mas param de tomá-los assim que se sentem melhor, mesmo que não tenham completado o tratamento prescrito pelos médicos.

Isso é um problema porque pode permitir que as bactérias sobrevivam à parte do tratamento que o paciente completou. Então, a bactéria pode se reproduzir, adoecendo a pessoa novamente e possivelmente criando bactérias resistentes àquele antibiótico.

As bactérias são organismos vivos e têm a capacidade de sofrer mutações e mudar para sobreviver. Por estarem sujeitos a esse processo evolutivo, como todos os outros seres vivos, quando os antibióticos os atacam, eles podem desenvolver maneiras de combatê-los ao longo do tempo.

As bactérias que sobrevivem a um tratamento com antibióticos produzem novas bactérias que podem possuir estrutura genética para sobreviver a tratamentos adicionais com antibióticos. Assim, uma nova cepa da bactéria pode nascer e ser transmitida a outros organismos vivos.

Superbactéria

Muitos tipos diferentes de bactérias não são facilmente destruídos por um antibiótico específico.

Isso geralmente não é problemático porque existem muitos outros tratamentos com antibióticos que podem ser empregados para matar uma cepa bacteriana.

A maioria dos tipos de super bug são resistentes a vários antibióticos e podem desenvolver resistências adicionais no futuro. Isso representa problemas tremendos para a saúde humana e animal, e alguns especialistas em doenças descrevem a pesquisa atual de antibióticos e o desenvolvimento de medicamentos como uma corrida entre a criação de novos medicamentos que tratarão super-bugs em evolução.

Sabe-se que muitos das superbactéria existentes foram causados principalmente pelo uso excessivo de antibióticos.

A prescrição de antibióticos para tratar vírus, em vez de realmente determinar se uma pessoa tem uma infecção, dá às bactérias comuns a oportunidade de sofrer mutação e se tornarem mais fortes.

Isso levou a uma mudança significativa na comunidade médica sobre o assunto, e a maioria dos médicos agora hesita em usar antibióticos, a menos que haja evidências claras de infecção.

Algumas pessoas acreditam que os sabonetes antibacterianos e os líquidos de limpeza também são responsáveis pelo desenvolvimento de bactérias resistentes aos medicamentos.

Muitas pessoas compram esses produtos porque acham que podem ajudar a prevenir infecções bacterianas. Em vez disso, alguns especialistas acreditam que podem realmente aumentar as taxas de infecção bacteriana.

Na verdade, alguns recomendam evitar produtos rotulados como capazes de matar 99% dos germes e bactérias.

Superbactéria

Fonte: www.colegiosaofrancisco.com.br/www.wisegeek.com/health.mo.gov/www.biologia-ar.hpg.ig.com.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.