Breaking News
Home / Biologia / Pulverização com Precisão

Pulverização com Precisão

Tecnologia de Aplicação em Doses Variáveis – (VRT – Variable Rate Technology)

PUBLICIDADE

Algum tempo atrás, a idéia de realizar uma boa aplicação de defensivos no controle fitossanitário era pulverizar um altíssimo volume de calda com o objetivo de molhar bem a planta a ponto de escorrer o produto até o solo. Na cabeça da maioria dos produtores isso sim era uma boa aplicação! Nessa época os produtores gostavam de ver o produto lavando as folhas das plantas e escorrendo para o solo. Essa era a aplicação eficiente, ver as folhas totalmente molhadas pelo produto químico.

Os produtores não tinham culpa, pois tinham a pouca informação como álibi. Poucas empresas fabricantes de defensivos agrícolas tinham interesse em ensinar a maneira correta de aplicar os produtos, pois quanto mais era aplicado, mais vendiam. Era uma época em que o engenheiro agrônomo era valorizado pelo quanto era rápido na calculadora e pela sua “lábia” no fechamento dos pedidos durante a “venda do veneno” com os produtores.

Essa época ficou para trás, mas ainda restam alguns poucos “agrônomos de rapina”, “tiradores de pedidos” com essa idéia obscura de controle fitossanitário, mas é apenas uma questão de tempo para serem “atropelados” pelas novas tecnologias de aplicação aérea e terrestre com a agricultura de precisão.

Aplicação com Máxima Precisão

Novas tecnologias estão sendo desenvolvidas na área de aplicação de agroquímicos para proporcionar aos produtores maiores e melhores resultados na produtividade agrícola em suas lavouras. Dentre essas novas tecnologias podemos citar os computadores de bordo que controlam todo o sistema de pulverização, sensores de alvos biológicos, GPS e os mapas digitais de aplicação, piloto automático, robótica e outros.

Muitas dessas tecnologias ainda estão sendo testadas e desenvolvidas e somente deverão entrar em operação nos próximos dez anos.

Atualmente, os pulverizadores autopropelidos e os novos aviões agrícolas já estão sendo equipados com algumas dessas avançadas tecnologias. Os resultados extremamente satisfatórios de maior precisão na aplicação com menores custos estão mostrando o caminho para as empresas fabricantes sobre esse grande potencial de mercado agrícola.

Pulverização com Precisão

Pulverização com Precisão

Aplicação terrestre com agricultura de precisão

Pulverizadores autopropelidos

Equipamentos de pulverização terrestre automotrizes que desenvolvem altíssimo rendimento operacional nas aplicações de defensivos agrícolas.

São verdadeiras plataformas para as mais avançadas tecnologias de aplicação existentes e operam sempre com a máxima precisão procurando minimizar os riscos de contaminação ambiental por agroquímicos.

São equipados com as mais avançadas tecnologias:

Tecnologia de Aplicação em Doses Variáveis com Mapas Digitais:

Nesse tipo de aplicação de agroquímicos em doses variáveis, é necessário um levantamento prévio da localização do alvo biológico na área de aplicação, pois essa tecnologia não utiliza sensores de identificação de alvo em tempo real. Inicialmente, as informações sobre a localização dos alvos na cultura são marcadas com um GPS (georreferenciamento dos dados) e arquivadas para posteriormente serem analisadas por softwares de GIS. Os softwares de GIS (Sistemas de Informações Geográficas) serão responsáveis pela elaboração dos mapas digitais de aplicação.

É nesses mapas digitais que será planejada a aplicação de agroquímicos com doses diferenciadas em função dos diferentes níveis de desenvolvimento do alvo biológico em diversos lugares na cultura. O computador de bordo do pulverizador é programado com as informações sobre as doses a serem aplicadas e quando o equipamento entra na área da cultura, automaticamente o sistema de pulverização começa a operar com base nas informações da localização dos alvos orientado pelo GPS.

Pulverização com Precisão
1)
Receptor GPS
2) Antena do GPS
3) Computador de Bordo
4) Sistema de integração da eletrônica de bordo
5) Reservatório de água limpa
6) Sistema de injeção direta de agroquímicos
7) Sensor de velocidade (Radar)

Tecnologia de Aplicação em Doses Variáveis com Sensores:

Nesse tipo de aplicação de agroquímicos em doses variáveis, o pulverizador é equipado com sensores de identificação de alvos biológicos em tempo real. Não existe a necessidade de um mapeamento prévio dos alvos biológicos na área de aplicação, pois a partir do momento da identificação do alvo biológico, o sistema determina o princípio ativo a ser utilizado e a dose necessária para o controle químico. O computador recebe uma programação de todos os possíveis alvos biológicos para determinada cultura e controla um sistema de injeção direta de agroquímicos possibilitando a aplicação de até 12 tipos de princípios ativos diferentes. Informações sobre o estágio fisiológico de plantas daninhas ou sobre diferentes níveis de infestação de doenças causadas por fungos ou bactérias serão armazenadas com as respectivas doses dos agroquímicos a serem utilizados no controle químico desses específicos alvos biológicos.

Pulverização com Precisão
1)
Sensor de Alvos Biológicos (ex. Plantas Daninhas).
2) Computador de Bordo (Controle do Sistema de Pulverização).
3) Receptor GPS (conectado ao radar de velocidade).
4) Reservatório de Água e Agroquímicos.
5) Sistema de Pulverização (injeção direta de agroquímicos).

Aplicação aérea com agricultura de precisão

Se levarmos em consideração as perdas de produção em torno de 40% pelo ataque de insetos, doenças e plantas daninhas, concluímos que a aviação agrícola nos dias atuais ocupa um importante papel na produção de alimentos e que em um futuro bem próximo, será a ferramenta imprescindível para minimizar os efeitos da fome no planeta. Novas tecnologias estão transformando o avião agrícola na mais avançada plataforma de sistemas de pulverização para aplicação com precisão. Dentre essas tecnologias o GPS e os sistemas de controle automático de pulverização garantem a precisão da aplicação e a segurança do piloto agrícola. Os sistemas GPS na aplicação aérea possibilitam controles precisos das faixas de aplicação, evitando falhas e sobreposições dos agroquímicos e os mapas digitais registram todas as informações sobre a operação realizada.

Pulverização com Precisão

1) Antena do GPS: captando os sinais de satélites localizados na atmosfera fornece ao sistema de navegação satelital a precisão sub métrica necessária para as aplicações com máxima precisão.

2) Barra de Luzes: orienta o piloto a seguir uma linha imaginária possibilitando aplicar o agroquímico em faixas paralelas com perfeição, sem falhas e sobreposição.

3) Computador de Bordo: O controle eletrônico de pulverização conectado ao GPS possibilita a aplicação automática com fluxo variável em função das mudanças de velocidade e em doses variáveis, em função dos diferentes níveis de infestação dos alvos biológicos na área de aplicação.

4) Receptor GPS: computador integrado aos sistemas de navegação e pulverização.

5) Sistema de Controle de Fluxo: Determina o volume de aplicação em função das modificações da velocidade operacional. Conectado ao GPS e seguindo um mapa de aplicação, o fluxômetro controla o funcionamento da abertura e fechamento das barras de pulverização.

6) Sistema de Pulverização: Novos sistemas estão sendo desenvolvidos para equipar a aviação agrícola possibilitando melhor controle na deposição das gotas sobre os alvos biológicos.

Injeção direta de agroquímicos;
Controle do tamanho das gotas por impulso eletrônico;
Sistema de energização de gotas (pulverização eletrostática).

O GPS além de possibilitar a máxima precisão na pulverização, elimina os riscos da contaminação do pessoal operacional nas aplicações aéreas.

Na foto abaixo podemos observar o alto risco de contaminação do bandeirinha (marcador das faixas de aplicação) nos trabalhos de aplicação.

Pulverização com Precisão

Fonte: www.pulverizador.com.br

Veja também

Algas Dinophytas

Algas Dinophytas

PUBLICIDADE O que são algas dinophytas? As algas dinófitas, pertencem ao Filo Dinophyta e a …

Endoderma

PUBLICIDADE Definição de endoderma Endoderma ou Endoderme é a mais interna das três camadas germinativas, …

Alelos Múltiplos

PUBLICIDADE O que são alelos múltiplos? Os alelos múltiplos ou polialelia são casos em que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.