Breaking News
Home / Biologia / Vitamina F

Vitamina F

PUBLICIDADE

Vitamina F – O que é

vitamina F é composta por ácidos graxos insaturados obtidos através dos alimentos. É um nutriente que possui grande importância para a saúde do organismo.

Não é muito conhecida, porém tem bons benefícios para o corpo. Esta vitamina é tão importante quanto às outras.

A vitamina F pode ser dividida em dois grupos: ácido linoleico e ácido alfa linoleato.

Alimentos ricos em vitamina F: Abacate, girassol, amendoim, amêndoa, óleo de oliva, óleo de peixe, peixes, açafrão, entre outros.

Vitamina FVitamina F

Vitamina F – Benefícios

Acelerar a perda de peso: A vitamina F é uma boa fonte de fibra dietética e, pode ser um complemento para a dieta;
Melhorar a saúde da pele:
 Traz benefícios para a estética, ajuda na limpeza da pele eno combate de cravos e acnes;
Diminui os níveis de colesterol no sangue:
 Possui ação anticolesterol e anti- aterosclerose, ajudando a reduzir a absorção do colesterol no intestino;
Prevenir anemia:
 A anemia é causa devido a concentrações reduzidas de glóbulos vermelhos ou hemoglobina e, a vitamina F pode ajudar no combate do problema;
Evita queda de cabelo:
 Devido seus efeitos antioxidantes, a vitamina F protege as membranas das células do couro cabeludo e evita a formação de uma camada hidrofóbica na superfície do mesmo, evitando assim a queda de cabelo;
Crescimento:
 Ajuda no crescimento e no bom desenvolvimento do feto nas primeiras semanas da gravidez;
Proteger contra parasitas intestinais:
 É útil em destruir parasitas intestinais;
Tratar problemas menstruais:
 Por se tratar de um composto antiespasmódico e sedativo, atua como um relaxante natural para os músculos e reprime os espasmos musculares;
Regular a pressão sanguínea:
 Reduz a pressão arterial elevada, equilibrando os efeitos do sódio no organismo;
Reduzir os riscos de acidente vascular cerebral:
 Ajuda a reduzir a formação de coágulos sanguíneos.

Vitamina F – Função

Vitamina F

A vitamina F é um termo desatualizado para dois ácidos graxos essenciais: ômega-3 e ômega-6.

A função primária dessas gorduras é reparar e criar tecidos no corpo.

Eles também ajudam no metabolismo geral, na cura e no crescimento do cabelo e da pele.

Pessoas que se machucam com facilidade costumam ter uma escassez de ácidos graxos essenciais. Outros sinais de deficiência incluem arranhões que demoram a cicatrizar, cabelo opaco e olhos secos.

Pessoas com baixos níveis dessas substâncias podem sofrer de eczema ou pele seca. Eles também auxiliam a digestão, ajudando os intestinos a produzirem bactérias para o processo de digestão.

As cápsulas de suplemento fornecem as vitamina F. As cápsulas geralmente precisam ser mantidas em um local seco, fresco e escuro – muita luz e calor podem fazer com que os ácidos graxos se quebrem, tornando as cápsulas inúteis para o corpo. Uma geladeira pode ser um excelente local para armazenar este suplemento.

Os consumidores normalmente devem verificar as cápsulas do suplemento para ter certeza de que ele oferece os dois tipos de ácidos graxos.

Para reduzir o número de diferentes suplementos nutricionais tomados diariamente, uma pessoa pode procurar um suplemento vitamínico que tenha vitamina F como um de seus ingredientes.

Uma maneira de aumentar a quantidade de ácidos graxos é comer uma ou duas porções de peixes de água fria todos os dias. Salmão assado ou truta grelhada são excelentes fontes de ácidos graxos.

Outros peixes que uma pessoa pode considerar comer incluem cavala e atum.

As nozes são outra fonte potente de ácidos graxos. Um lanche de sementes de girassol sem sal pode ser uma excelente escolha; as nozes podem ser comidas cruas ou usadas em receitas. Por exemplo, uma pessoa pode polvilhar nozes e sementes de girassol em uma salada em vez de croutons para obter sua ingestão diária de ômega-3 e ômega-6.

Existem vários suplementos de óleo que também podem ser adicionados à dieta. Muitos desses suplementos, como óleo de semente de uva, estão disponíveis na forma de cápsulas. O óleo de prímula não só aumenta os ácidos graxos, mas também é usado para outros benefícios.

Óleos de cozinha, como óleo de linhaça, óleo de canola e óleo de noz, adicionam sabor aos alimentos enquanto fornecem uma adição de ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 à dieta. Ao cozinhar com esses óleos, muitas pessoas são capazes de reduzir o colesterol indesejado em suas dietas. A vitamina F nesses óleos ajuda o corpo a metabolizar adequadamente e usar ácidos graxos para diminuir os problemas de colesterol.

vitamina F é geralmente considerada segura para consumo diário. Não interage com a maioria dos medicamentos. Uma pessoa sempre deve consultar seu médico ao adicionar um suplemento nutricional à dieta.

Fonte: Camila Correia

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.