Breaking News
Home / Biologia / Condrócitos

Condrócitos

Condrócitos – Definição

PUBLICIDADE

Os condrócitos são as células responsáveis pela formação da cartilagem e são fundamentais para o processo de ossificação endocondral, útil para o desenvolvimento ósseo.

Os condrócitos são células encontradas no tecido conjuntivo da cartilagem.

O número de condrócitos encontrados na cartilagem determina o quão ‘flexível’ é a cartilagem.

Ao olhar através de um microscópio, eles se parecem com globos oculares flutuando em gosma. Produzem todos os componentes estruturais da cartilagem, incluindo colágeno, proteoglicanos e glicosaminoglicanos.

Os condrócitos podem ser encontrados individualmente ou em agrupamentos chamados grupos isogênicos.

Grupos isogênicos representam células recentemente divididas.

São células que ajudam a reparar e regenerar a cartilagem em uma articulação (particularmente na cartilagem articular) à medida que ela se desgasta.

O que são?

Os condrócitos são células maduras encontradas na cartilagem. Eles constituem a matriz celular da cartilagem, desempenhando uma série de funções dentro do tecido, incluindo facilitar a troca de fluidos através das camadas gelatinosas.

Como a cartilagem carece de vascularização, ela depende dessa troca para receber nutrientes e expressar resíduos.

Os condrócitos totalmente maduros tendem a ser redondos e podem se agrupar em pequenos grupos dentro da rede da cartilagem.

CondrócitosOs condrócitos constituem a matriz celular da cartilagem, que se encontra no corpo

Os progenitores dessas células surgem na medula óssea, em uma forma de célula-tronco. As células-tronco são capazes de se diferenciar em vários tipos diferentes de células, dependendo da necessidade.

Quando se diferenciam em células de cartilagem, começam como condroblastos, produzindo ativamente secreções de condrina, a substância primária da cartilagem, para construir e reparar o tecido.

Uma vez que um condroblasto fica totalmente rodeado, ele se torna um condrócito maduro. Essas células podem ser encontradas em pequenas lacunas dentro da cartilagem conhecidas como lacunas.

Os condrócitos não são capazes de divisão celular.

Eles podem produzir secreções para apoiar e reparar a matriz da cartilagem e, como discutido acima, facilitam a troca de materiais entre a cartilagem e o material circundante.

Dependendo do tipo de cartilagem em que a célula se encontra, ela pode ter uma composição ligeiramente diferente; elástica, hialina e fibrocartilagem são todas exclusivas, projetadas para atender às várias necessidades do corpo.

Mais flexível do que os ossos e mais resistente do que os músculos, a cartilagem pode ser encontrada em várias áreas do corpo.

Geralmente está presente ao redor das articulações e também pode ser encontrado nas orelhas. Em circunstâncias normais, a cartilagem se desgasta com o tempo e os condrócitos a substituem e reparam conforme necessário.

Existem situações em que a cartilagem pode ficar tão danificada que as células não conseguem repará-la, no entanto, como visto no caso de cirurgias em que a cartilagem deve ser raspada para corrigir um problema ou acessar um sítio cirúrgico. Em outros casos, o corpo não cicatriza adequadamente, embora devesse, e a cartilagem não se repara como resultado.

Os transplantes estão disponíveis para tratar de problemas com a cartilagem. Às vezes, o transplante pode ser feito com células do próprio paciente e, em outros casos, o preparo pode usar células de outra pessoa.

A substituição da cartilagem após uma lesão grave ou cirurgia de grande porte pode ser importante para uma cicatrização mais completa, o que pode tornar o transplante uma das etapas do paciente e da equipe de atendimento no caminho da recuperação.

Condrócitos – Cartilagem

Condrócitos

Condrócitos

A cartilagem é composta exclusivamente por células conhecidas como condrócitos. Eles mantêm a matriz extracelular e produzem a matriz da cartilagem.

Rodeados por fibras colágenas, os condrócitos liberam substâncias para tornar a cartilagem forte, mas flexível.

Os condrócitos são encontrados nos discos intervertebrais e em qualquer forma de cartilagem articular, em geral.

Os condrócitos desempenham um papel crucial na manutenção da homeostase nas articulações da cartilagem articular que fornecem amortecimento nos movimentos articulares.

Como as células em outros tecidos especializados, os condrócitos se distanciam uns dos outros pela matriz da cartilagem.

Os condrócitos também são responsáveis pelo reparo condral; devido à natureza reconstrutiva, respondem a traumas externos em caso de dano ao tecido.

Devido à sua capacidade de cura contra doenças degenerativas, os condrócitos estão sob pesquisa ativa para implantação e outros procedimentos reconstrutivos.

Fonte: www.ncbi.nlm.nih.gov/medcell.med.yale.edu/www.sciencedirect.com/www.atlantic-bone-screen.com/www.wisegeek.org/www.dartmouth.edu

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Estrogênio

PUBLICIDADE Estrogênio – Definição O estrogênio é um dos dois principais hormônios sexuais das mulheres. O outro …

Axônio

PUBLICIDADE Definição de Axônio Um axônio é uma fibra longa de uma célula nervosa (um neurônio) que …