Breaking News
Home / Biologia / Esporos

Esporos

PUBLICIDADE

Definição

Os esporos são a unidade reprodutiva unicelular de plantas não-florescentes, bactérias, fungos e algas. Basicamente, os esporos são os bebês, exceto que eles não precisam de uma mãe e um pai.

Nem todas as formas de vida se reproduzem sexualmente.

Muitos, como fungos e bactérias, se reproduzem sem acasalar.

Em vez disso, eles produzem estruturas resistentes, conhecidas como esporos, que são frequentemente adaptadas para dispersão da planta ou fungo principal.

Os esporos podem durar muito tempo em algumas condições desagradáveis.

O que é

Um esporo é uma unidade de reprodução assexuada adaptada para passar um longo período de tempo em condições desfavoráveis antes de se tornar uma prole da planta, algas, fungos ou protozoário que o criou.

São um pouco como sementes, mas contêm menos nutrientes e são usados por grupos além das plantas.

Os esporos são usados com mais frequência por espécies r-selecionadas – ou seja, espécies cuja estratégia evolutiva é a reprodução rápida e a alta taxa reprodutiva, em vez da qualidade de cada indivíduo.

Tais espécies se saem melhor quando os ambientes são instáveis e mudam rapidamente, embora também existam em ambientes estáveis.

Os esporos surgiram pela primeira vez há pelo menos 1.600 milhões de anos, pois são usados por algumas algas vermelhas. Eles podem ser contrastados com gametas; enquanto os gametas (como óvulos e esperma humanos) precisam se combinar com outro gameta para criar um indivíduo, os esporos precisam se combinar com nada e podem crescer independentemente em um organismo adulto, desde que as condições sejam adequadas.

Os esporos são geralmente unicelulares, medindo entre 4 e 20 micrômetros (microns) de tamanho.

No processo de divisão celular entre o estágio de esporos e o estágio adulto, a massa e o volume do organismo podem aumentar em um fator de bilhões ou trilhões. Uma samambaia grande pode ter dezenas de trilhões de células.

Na experiência cotidiana, os esporos estão mais associados aos fungos, especialmente cogumelos e fungos.

Um único cogumelo pode liberar milhões ou bilhões de esporos, assim como uma única gota de ejaculação humana contém milhões de espermatozoides. Quando se trata de reprodução na natureza, a redundância é uma coisa boa.

Organismos menores que os liberam, como fungos unicelulares, algas e protozoários, liberam menos, apenas um de cada vez.

Muitos organismos que liberam esporos e se reproduzem assexuadamente também têm a capacidade de se reproduzir sexualmente, o que fazem liberando gametas.

Os gametas são semelhantes, mas possuem apenas meio genoma – eles exigem que outro produza um genoma completo. Nos fungos, os gametas também são chamados coloquialmente de esporos.

As primeiras plantas terrestres se reproduziam exclusivamente por esporos, assim como seus descendentes hoje.

Eles são chamados de plantas sem sementes e incluem hornworts, hepáticas, musgos, samambaias, aliados de samambaias, musgos de clube e vários grupos extintos. Além da presença ou ausência de tecido vascular, outra característica principal usada para classificar as plantas é se elas se reproduzem usando esse método ou não. As primeiras plantas que usavam esporos evoluíram cerca de 470 milhões de anos atrás, no Ordoviciano.

Seus esporos fossilizados são o primeiro exemplo concreto de vida multicelular em terra.

O que são esporos de fungos?

Os esporos de fungos são partículas biológicas microscópicas que permitem a reprodução de fungos, servindo a um propósito semelhante ao das sementes no mundo das plantas.

Os fungos decompõem resíduos orgânicos e são essenciais para a reciclagem de carbono e minerais em nosso ecossistema. Estima-se que os fungos reciclem milhões de toneladas de resíduos orgânicos anualmente.

Existem milhares de fungos diferentes no mundo que são essenciais para a sobrevivência de outros organismos.

Além disso, cogumelos e outros fungos carnudos são uma fonte de alimento para muitos animais, incluindo seres humanos.

Efeitos na saúde de esporos de fungos

Muitos esporos de fungos contêm alérgenos que podem desencadear uma série de sintomas respiratórios naqueles suscetíveis.

Esses sintomas incluem espirros, coriza, produção de mucosas, tosse, congestão, sinusite, dor de ouvido, dor de cabeça, chiado no peito, asma e uma variedade de sintomas e doenças brônquicas.

Estima-se que cerca de 3-4% da população em geral sofra sintomas de alergia de esporos de fungos, incluindo a maioria dos que sofrem de asma.

Muitos tipos de esporos de fungos têm alérgenos semelhantes, que são liberados em diferentes épocas do ano.

Isso significa que os portadores de alergias a esporos de fungos provavelmente serão sensíveis a muitos tipos durante grande parte do ano.

Esporos – Biologia

Em biologia, um esporo é uma estrutura reprodutiva que está adaptado para dispersão e sobreviver durante períodos de tempo prolongados em condições desfavoráveis.

Os esporos fazem parte do ciclo de vida de muitas plantas, algas, fungos e alguns protozoários.

Os esporos são geralmente haplóides e unicelulares e são produzidos por meiose no esporófito.

Quando as condições são favoráveis, o esporo pode se transformar em um novo organismo usando a divisão mitótica, produzindo um gametófito multicelular, que acabará produzindo gametas.

Dois gametas se fundem para criar um novo esporófito.

Esse ciclo é conhecido como alternância de gerações.

Os esporos haploides produzidos pela mitose (conhecidos como mitosporos) são usados por muitos fungos na reprodução assexuada.

Esporos

Fonte: socratic.org/medlineplus.gov/www.sciencedaily.com/www.wisegeek.org/www.worcester.ac.uk/dictionary.cambridge.org/www.definitions.net/palynology.org

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Classificação das Bactérias

Classificação das Bactérias

PUBLICIDADE Você conhece a classificação das bactérias? As bactérias são seres vivos microscópicos que apresentam, …

Citocininias

Citocininas

PUBLICIDADE Você já ouviu falar em citocininas? As citocininas, substâncias são conhecidas como hormônios vegetais, …

Zigomicetos

Zigomicetos

PUBLICIDADE Definição de Zigomicetos Zigomicetos é qualquer uma de uma ampla variedade de fungos comuns que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.