Breaking News
Home / Biologia / Roedores

Roedores

PUBLICIDADE

Roedores – Definição

A definição de roedores são qualquer um de uma ordem (Rodentia) de mamíferos roedores relativamente pequenos (como um rato, esquilo ou castor) que têm em ambas as mandíbulas um único par de incisivos com uma borda em forma de cinzel, com dentes frontais grandes e afiados, em constante crescimento, usados para roer, como camundongos e ratos

O que são roedores?

Os roedores são uma ordem de pequenos mamíferos placentários caracterizados por seus crânios, dentes em crescimento contínuo e incisivos afiados que usam para roer madeira, quebrar nozes duras e morder predadores.

Seu nome significa “dentes roendo” em latim.

Alguns roedores incluem esquilos, hamsters, gerbils, gophers, porcos-espinhos, camundongos, ratos, esquilos, castores e porquinhos-da-índia.

Eles são encontrados em todos os continentes, exceto na Antártica, em grande número, e constituem 40% da biodiversidade dos mamíferos, com cerca de 2.277 espécies.

Os roedores variam em tamanho, desde o minúsculo rato pigmeu africano, que tem entre 3 e 8 cm.

De comprimento e uma cauda de 2 a 4 cm.

E pesa de 3 a 12 gramas, até a capivara, o maior roedor vivo, que pode crescer até 130 centímetros e pesar até 65 kg.

Vários milhões de anos atrás, havia roedores muito maiores, incluindo Phoberomys pattersoni, que tinha 3 m de comprimento, uma cauda de 1,5 m e provavelmente pesava cerca de 700 kg, aproximadamente o tamanho de uma vaca, e a ainda maior, descobriu recentemente a Josephoartigasia monesi, que pesava cerca de uma tonelada métrica, embora os indivíduos maiores pudessem pesar 2,5 toneladas. Esse é um grande roedor.

Os roedores mais comuns são camundongos, ratos, esquilos, em parte resultado de sua capacidade de se adaptar a ambientes fortemente povoados por seres humanos, embora sejam encontrados na natureza em grande número. Como outros roedores, eles são bem-sucedidos devido ao seu tamanho pequeno, altas taxas reprodutivas, altas velocidades, a capacidade de roer barreiras e consumir uma ampla variedade de alimentos. Todos os roedores são herbívoros. Seus predadores primários são raposas, gatos e cães.

Devido à sua natureza frequentemente suja e ao tamanho pequeno, os roedores são um grupo de mamíferos não consumidos com frequência como alimento pelos humanos, embora algumas culturas, como no meio-oeste dos Estados Unidos, consumam esquilos com pouca frequência.

O registro fóssil de animais semelhantes a roedores começou há cerca de 65 milhões de anos, no Paleoceno, logo após a extinção dos dinossauros não-aviários.

Há cerca de 35 milhões de anos, os roedores se diversificaram nos ancestrais dos castores, arganazes, esquilos e outros grupos modernos. Seus parentes mais próximos são os lagomorfos, que incluem coelhos, lebres e pikas.

Roedores – Espécies

Roedores

Os roedores pertencem à classe Mamalia e a ordem Rodentia. Apresentam como característica uma dentição altamente especializada para roer.

Representando cerca de 40% de todas as espécies de mamíferos, os roedores formam uma ordem bem sucedida e extremamente adaptável.

São encontrados em todo o mundo (exceto na Antártida) e, em praticamente todos os habitats. São terrestres embora existam espécies arborícolas (esquilos-voadores), escavadoras (toupeiras) ou semiaquáticas (castores). Alguns são solitários (marmota), mas a grande maioria forma comunidades enormes e complexas.

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Classe:Mammalia
Ordem: Rodentia

Anatomia

Apesar da variedade dos seus estilos de vida, a anatomia dos roedores é mais uniforme do que a maioria dos outros mamíferos.

Os membros desta ordem apresentam muitas características comuns: como o corpo compacto, grandes bigodes, patas munidas de garras, dentes grandes (em especial os incisivos) e maxilares especializados para roer, permitindo-lhes grande capacidade de adaptação nos mais diferentes habitats.

Possuem um grande músculo no maxilar (masseter) que permite projetá-lo para diante ou para trás.

Os quatro enormes incisivos distinguem os roedores das outras ordens dos mamíferos. Estes dentes são compridos, encurvados e crescem continuamente.

RoedoresRoedores

Alimentação

A maioria dos roedores tem dieta à base de plantas que pode incluir folhas, frutos, sementes e raízes. No entanto, algumas espécies possuem dietas alternativas, alimentando-se de outros animais e de restos de alimentos.

Para auxiliar na digestão, apresentam um longo ceco, uma estrutura onde termina o intestino grosso, no qual existem bactérias que decompõem a celulose, o principal componente das paredes das células vegetais, em hidratos de carbono digeríveis.

Reprodução

A elevada taxa de nascimentos permite-lhes manter níveis de população estáveis em condições adversas. Isso significa que a predação e o controle pelos seres humanos, pouco tem efeito na sobrevivência de uma espécie e, em condições favoráveis, as populações aumentam rapidamente. Os roedores de menor tamanho produzem mais crias do que as espécies grandes (como a capivara), em consequência, os pequenos roedores são base da alimentação de muitos animais.

Roedores e o homem

Alguns roedores são considerados pragas, devido ao fato de ocuparem os mesmos habitats, comerem os mesmos alimentos e transmitirem doenças. Consomem milhões de toneladas de comida humana por ano, contaminam produtos e são responsáveis pela transmissão de mais de 20 organismos causadores de doenças. No entanto, algumas espécies trazem benefícios, pois consomem insetos, ervas daninhas e mantêm as florestas saudáveis disseminando sementes.

Características gerais

Todos os roedores possuem incisivos sem raízes em crescimento constante, com uma camada dura de esmalte na frente de cada dente e uma dentina mais macia atrás.

O desgaste diferencial de roer cria bordas de cinzel perpetuamente afiadas. A ausência de outros incisivos e caninos pelos roedores resulta em uma lacuna, ou diastema, entre os incisivos e os dentes da bochecha, cujo número de 22 (5 em cada lado da mandíbula superior e inferior) a 4, pode ser enraizado ou sem raízes e sempre crescendo, e pode ser de coroa baixa ou alta.

A natureza da articulação da mandíbula garante que os incisivos não se encontrem quando o alimento é mastigado e que os dentes superiores e inferiores da bochecha (pré-molares e molares) não façam contato enquanto o animal mastiga. Músculos masseteres poderosos e intrincadamente divididos, presos à mandíbula e ao crânio em diferentes arranjos, fornecem a maior parte da força para mastigar e roer.

A variação no tamanho do corpo entre o rato 18 gramas, corpo com 12 cm de comprimento e a marmota (3.000 gramas, corpo com 50 cm de comprimento) abrange a maioria dos roedores vivos, mas os extremos são notáveis.

Um dos menores é o rato do pântano de Delany (Delanymys brooksi), associado ao bambu nos pântanos e nas florestas montanhosas da África. Pesa de 5 a 7 gramas e o corpo tem de 5 a 6 cm de comprimento.

A maior é a capivara (Hydrochoerus hydrochaeris) da América Central e do Sul, que pesa de 35 a 66 kg e mede de 50 a 60 cm no ombro, com corpo de 100 a 135 cm de comprimento.

Algumas espécies extintas eram ainda maiores, atingindo o tamanho de um urso-negro ou de um pequeno rinoceronte.

O maior roedor já registrado, Josephoartigasia monesi, viveu cerca de dois a quatro milhões de anos atrás, durante as épocas do Pleistoceno e do Plioceno; segundo algumas estimativas, cresceu até cerca de 3 metros e pesava quase 1.000 kg.

Fonte: Camila Correia/npic.orst.edu/www.wisegeek.org/www.britannica.com/www.dictionary.com/images.theconversation.com/www.canr.msu.edu

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.