Breaking News
Home / Biologia / Zoologia

Zoologia

PUBLICIDADE

Definição de Zoologia

Por Zoologia se compreende um ramo da biologia, cujo principal papel é o estudo dos animais, tanto os vivos, quanto os extintos. É um ramo que está dividido em vários outros ramos. Dentro da Zoologia, pode-se estudar os mamíferos (mastozoologia), os peixes (ictiologia), os pássaros (ornitologia), os répteis e anfíbios (herpetologia), os insetos (entomologia), entre outros ramos, incluindo a etologia, cujo objetivo é estudar o comportamento dos animais.

A palavra Zoologia advém do grego. Zoo vem de “zoon”, que significa animal, enquanto que logia, vem de “logos” e significa estudo. Portanto, a Zoologia é o ramo da ciência que se propõe a estudar os animais, como também as relações entre eles e o ambiente no qual eles coexistem.

Zoologia também pode ter seus estudos focados nas estruturas dos animais, estudando seus tecidos e funções celulares, como também focar nas constituições anatômicas, fisiológicas e genéticas, como também estudar a evolução dos animais, hábitos de reprodução, de alimentação, distribuição das populações pelas áreas do planeta. Além disso, a Zoologia também tem seus estudos podendo abranger animais extintos. Trata-se, portanto, de um ramo da ciência bem diversificado e amplo.

Estimativas apontam que há, no mundo, cerca de 2,4 milhões de espécies, subdivididas em grupos, como mamíferos, aves, répteis, anfíbios, insetos, aracnídeos, peixes, entre outros.

Vale ressaltar que os primeiros estudos científicos voltados na área de zoologia tiveram início no século XVIII e, a partir de então, os animais passaram a ser estudados de uma forma mais científica.

O maior avanço nesta ciência se deu nos séculos XVII e XIX, graças aos trabalhos do naturalista alemão Alexander Von Humboldt e aos estudos de Charles Darwin, responsável pela criação da teoria da evolução.

O que é zoologia?

Zoologia é o estudo científico das características e classificação dos animais. É um dos ramos da biologia e, portanto, também é conhecido como biologia animal. Existem vários sub-ramos dentro deste campo, incluindo etologia, zoografia e antrozoologia. Além disso, os zoólogos costumam se especializar no estudo de tipos específicos de animais. Por exemplo, um ornitólogo estuda pássaros, enquanto um mamólogo estuda mamíferos. Como a zoologia é um assunto muito interdisciplinar, há vários campos relacionados, incluindo taxonomia, paleontologia e biologia evolutiva.

Sub-Ramos

Sub-ramos comuns da zoologia incluem: zoografia, etologia, paleozoologia e antrozoologia.

Zoografia é a descrição dos animais e dos ambientes em que vivem.

Essas descrições costumam ser extremamente detalhadas e também podem incluir informações sobre o comportamento ou hábitos alimentares do animal. Um subcampo relacionado é a etologia, que é o estudo do comportamento animal.

Os etólogos tendem a se concentrar mais nas características de comportamento do que em tipos específicos de animais, e podem estudar muitas espécies diferentes.

Os comportamentos comuns estudados incluem imprinting, agressão, emoção e comunicação.

Outro sub-ramo é a paleozoologia, que é o estudo de animais que foram declarados extintos. Isso inclui animais como dinossauros, mas também coisas como certos peixes e insetos que têm homólogos mais próximos nos tempos modernos.

As descobertas desse tipo de pesquisa são usadas para entender a fisiologia e o comportamento de animais extintos, mas também para obter informações sobre animais modernos que descendem de animais extintos.

A criptozoologia, outro subcampo, tenta revelar a existência de animais que existem apenas rumores, como o monstro de Loch Ness e o yeti. Os criptozoologistas, no entanto, também podem fazer estudos de campo se um animal declarado extinto anteriormente foi redescoberto.

Alguns zoólogos optam por se concentrar no estudo de como humanos e animais interagem. Isso é chamado de antrozoologia e pode incluir o estudo de como os animais foram domesticados, como os humanos pensam sobre os animais e os laços formados entre humanos e animais. Muitas vezes está relacionado com estudos de direitos dos animais, etologia e psicologia.

Outros pesquisadores em antrozoologia se concentram na medicina veterinária, ou em como os animais podem ser usados na terapia para humanos.

Zoologia

Campos relacionados

Um dos campos mais estreitamente relacionados à zoologia é a taxonomia, que é a prática de classificar diferentes tipos de organismos de acordo com características compartilhadas.

Existem estruturas organizacionais específicas nas quais os animais são colocados, geralmente começando com superfamílias e terminando com subespécies. Este campo também está relacionado à sistemática, na qual os zoólogos classificam os animais de acordo com seu gênero ou espécie.

Outro campo relacionado é a biologia evolutiva. Quando feito no contexto da zoologia, este campo envolve estudar como os animais evoluíram originalmente e como eles mudaram ao longo do tempo. Freqüentemente, isso está intimamente ligado à paleozoologia.

Ecologia e estudos ambientais também são assuntos relacionados, principalmente zoografia e etologia.

Trabalho como zoólogo

Algumas universidades oferecem um programa de bacharelado em zoologia, mas as pessoas também podem se tornar zoólogos por meio do trabalho de pós-graduação.

De modo geral, uma pessoa precisa ter um diploma de bacharel em uma área como biologia ou química antes de se candidatar a estudos de pós-graduação nessa área.

A área em que um zoólogo se especializa geralmente determina seu ambiente de trabalho.

Os zoólogos podem trabalhar em zoológicos, mas também podem realizar pesquisas de campo e de laboratório.

Eles também podem fazer planos para o controle de pragas ou criação de gado, ou fornecer informações sobre a melhor maneira de lidar com uma espécie invasora ou limpar um ecossistema.

Alguns zoólogos também trabalham como professores ou guias, educando pessoas em zoológicos ou outros lugares sobre os animais e seus ambientes de vida.

História

As antigas civilizações egípcias e babilônicas tinham conhecimento médico sobre animais, mas a maioria dos primeiros estudos zoológicos eram místicos, em vez de práticos.

O médico grego Hipócrates e o filósofo Aristóteles estiveram ambos envolvidos com a zoologia inicial.

Hipócrates concentrava-se principalmente na fisiologia dos animais, enquanto Aristóteles moldava os quatro pilares da zoologia: anatomia, taxonomia, genética e fisiologia.

Outras figuras proeminentes incluem o biólogo de campo britânico Charles Darwin, cujos trabalhos levaram a uma maior compreensão da inter-relação entre humanos e animais, e Thomas Henry Huxley, um anatomista que é mais conhecido como um defensor da teoria da evolução de Darwin, bem como sua pesquisa em etologia do macaco e humana.

Charles Darwin, um zoólogo famoso

O trabalho do zoólogo

Cabe ao zoólogo, dependendo do ramo que ele escolheu se especializar na zoologia, o contato com os animais.Ele pode participar e organizar expedições a áreas naturais para observação e coleta de espécimes.

Em laboratório, a pesquisa foca o estudo e classificação destes organismos coletados, como também outras análises, como genética, morfologia, entre outros, buscando ampliar os conhecimentos sobre os animais.

O que é um zoólogo?

Um zoólogo é uma pessoa que geralmente possui, no mínimo, um diploma de graduação em biologia ou zoologia, e pode ter pós-graduação em zoologia.

Alguns têm apenas treinamento de campo e não possuem diplomas de qualquer tipo. Zoologia é um ramo da biologia, uma ciência da vida que se concentra no estudo dos animais, em uma variedade de maneiras diferentes. O que uma pessoa nessa profissão faz depende muito de como ela planeja se especializar. Existem muitos empregos diversos neste campo.

Alguns zoólogos trabalham em zoológicos, participando do cuidado direto dos animais, observando-os ou trabalhando como educadores da vida selvagem que desenvolvem materiais e programas educacionais para a equipe do zoológico ou para as pessoas que os visitam.

Outros trabalham supervisionando reservas de vida selvagem. Eles podem estudar lá e trabalhar na contagem de populações de animais ou estudar o comportamento dos animais, e outros podem estudar animais em áreas menos protegidas.

Indivíduos nesta profissão não necessariamente trabalham na área. Muitos trabalham em ambientes baseados em laboratório, estudando aspectos biológicos específicos de animais, ou podem trabalhar como professores ensinando o assunto. A zoologia pode ser muito específica, e alguns desses cientistas podem devotar suas vidas ao estudo de uma única espécie, ou o trabalho pode ser mais generalizado.

Existem algumas coisas principais que um zoólogo provavelmente fará, e muitas vezes elas se encaixam em outras disciplinas científicas. Observe que nem todas as pessoas nesta área são especializadas nessas áreas.

Eles podem fazer o seguinte:

Especialize-se no estudo de um determinado tipo ou grupo de animais como répteis, mamíferos, mamíferos marinhos, peixes ou pássaros. Respectivamente, eles podem ser chamados de herpetologia, mamiferogia, mamiferogia marinha (ou biologia marinha), ictiologia e ornitologia.
Estudo do comportamento animal, denominado etologia.
Estude e compare a anatomia animal.
Avalie geneticamente animais isolados ou, mais comumente, populações de animais.
Classifique os animais.
Avaliar como os animais mudaram ao longo do tempo (biologia evolutiva).
Estudar animais extintos (paleozoologia).
Estude animais que foram considerados extintos, mas que ainda estão vivos (criptozoologia).
Avaliar o impacto ambiental nos animais (ecologia ambiental).

Há muitas pessoas que estiveram pelo menos minimamente envolvidas em estudos da vida selvagem, cujos nomes sem dúvida são familiares. Entre eles estão Jeff Corwin, um herpetologista que tem um programa de sucesso no Animal Planet Network; Jane Goodall, que dedicou sua vida ao estudo dos chimpanzés; e o caçador de crocodilos, Steve Irwin.

Os nomes de pessoas que fizeram contribuições do passado incluem Aristóteles, Sir Charles Darwin, Carolus Linnaeus e Georges Cuvier, o fundador da anatomia comparada.

Um zoólogo tem diversas opções de carreira e frequentemente deve estar familiarizado com várias disciplinas científicas. Pessoas que desejam seguir uma carreira nesta área devem considerar fazer aulas de biologia, bem como aulas nas áreas que mais lhes interessam. Os alunos que têm certeza de que querem trabalhar com animais devem procurar aulas de comportamento animal e, mesmo antes de chegarem à faculdade, devem tentar o voluntariado em locais que ofereçam oportunidades de observar ou cuidar de animais, como zoológicos, parques marinhos ou abrigos de animais e instalações de resgate.

Fonte: Juliano Schiavo/nationalcareers.service.gov.uk/science.unimelb.edu.au/www.environmentalscience.org/www.wisegeek.org/www.aboutbioscience.org/www.gooduniversitiesguide.com.au/www.weber.edu

 

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Estrogênio

PUBLICIDADE Estrogênio – Definição O estrogênio é um dos dois principais hormônios sexuais das mulheres. O outro …

Axônio

PUBLICIDADE Definição de Axônio Um axônio é uma fibra longa de uma célula nervosa (um neurônio) que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.