Breaking News
Home / Biologia / Prostaglandina

Prostaglandina

PUBLICIDADE

Definição

As prostaglandinas são um grupo de lipídios produzidos em locais de dano ou infecção tecidual que estão envolvidos no tratamento de lesões e doenças. Controlam processos como inflamação, fluxo sanguíneo, formação de coágulos sanguíneos e indução do parto.

Hormônios

A prostaglandina é uma das várias substâncias semelhantes a hormônios que participam de uma ampla gama de funções corporais, como contração e relaxamento do músculo liso, dilatação e constrição dos vasos sanguíneos, controle da pressão sanguínea e modulação da inflamação.

As prostaglandinas são derivadas de uma substância química chamada ácido araquidônico.

O que é

O termo prostaglandina refere-se a qualquer membro da classe de compostos bioquímicos sintetizados por ácidos graxos essenciais que contêm uma cadeia de 20 átomos de carbono, bem como um anel de 5 carbonos.

As vias primárias da prostaglandina são o ácido linoléico ômega-6 duplamente insaturado e o ácido alfa-linolênico ômega-3 triplo-insaturado.

O primeiro ocorre com a introdução do ácido dihomo-linolênico (DGLA), obtido a partir de carnes orgânicas.

O outro é iniciado pelo ácido araquidônico, que é encontrado exclusivamente em gorduras animais e algas marinhas.

É a estrutura do ácido araquidônico que contribui para formar o anel de 5 membros.

Uma definição completa de prostaglandina deve incluir o fato de que esses agentes são realmente hormônios, embora eles não sejam oficialmente classificados como tal.

De fato, as prostaglandinas formam vários subconjuntos de várias famílias maiores de subprodutos de ácidos graxos, incluindo leucotrienos, tromboxanos, lipoxinas e prostaciclinas.

Emparelhados com tromboxanos e prostaciclinas, as prostaglandinas formam uma classe de hormônios específicos do tecido conhecidos como eicosanóides.

Entretanto, mesmo que esses agentes se comportem como mensageiros químicos e sejam considerados os principais componentes reguladores de virtualmente todas as células, eles não circulam pela corrente sangüínea como os hormônios. Em vez disso, eles permanecem em residência na célula onde foram produzidos.

A função das prostaglandinas não é completamente compreendida, mas sabe-se que elas são fundamentais para um número surpreendente de processos metabólicos.

Por exemplo, eles estão envolvidos no transporte de cálcio, regulam a resposta inflamatória e são essenciais para a divisão e replicação celular. As prostaglandinas também influenciam as plaquetas, o que significa que elas ajudam a regular a coagulação.

Eles também estimulam a dilatação e contração das células musculares lisas.

Além disso, as prostaglandinas desempenham um papel na fertilidade.

A razão para tanta atividade variada e complexa é devido ao fato de que nove receptores de prostaglandinas foram identificados, cada um dos quais ocupando diferentes tipos de células.

Isto sugere que o potencial para o tratamento com prostaglandinas no futuro é bastante promissor e o seu impacto é facilmente reconhecido.

A capacidade de estimular seletivamente ou inibir a atividade da prostaglandina pode possivelmente ser usada para prevenir e / ou tratar uma grande variedade de doenças.

Na verdade, os pesquisadores descobriram que prostaglandinas específicas parecem oferecer proteção contra doenças vasculares e derrames.

Este tipo de terapia também pode beneficiar aqueles que sofrem de distúrbios inflamatórios, como asma, lúpus e artrite.

As prostaglandinas não são específicas do corpo humano por qualquer meio. Na verdade, eles são ativos em quase todas as formas de tecidos vivos. Isso se estende a animais, insetos, moluscos e até mesmo corais.

O que são prostaglandinas?

Ao contrário da maioria dos hormônios, as prostaglandinas não são secretadas por uma glândula a ser transportada na corrente sanguínea e trabalham em áreas específicas ao redor do corpo. Em vez disso, eles são feitos por uma reação química no local onde são necessários e podem ser feitos em quase todos os órgãos do corpo. As prostaglandinas fazem parte do modo como o corpo lida com lesões e doenças.

As prostaglandinas atuam como sinais para controlar vários processos diferentes, dependendo da parte do corpo em que são feitos.

As prostaglandinas são produzidas em locais de dano ou infecção tecidual, onde causam inflamação, dor e febre como parte do processo de cura.

Quando um vaso sanguíneo é lesado, uma prostaglandina chamada tromboxano estimula a formação de um coágulo sanguíneo para tentar curar o dano; isso também faz com que o músculo na parede do vaso sanguíneo se contraia (fazendo com que o vaso sanguíneo se estreite) para tentar evitar a perda de sangue.

Outra prostaglandina chamada prostaciclina tem o efeito oposto ao tromboxano, reduzindo a coagulação do sangue e removendo quaisquer coágulos que não são mais necessários; também faz com que o músculo na parede do vaso sanguíneo relaxe, de modo que o vaso se dilata.

Os efeitos opostos que o tromboxano e a prostaciclina exercem sobre a largura dos vasos sanguíneos podem controlar a quantidade de fluxo sanguíneo e regular a resposta a lesões e inflamação.

As prostaglandinas também estão envolvidas na regulação da contração e relaxamento dos músculos do intestino e das vias aéreas.

Sabe-se que as prostaglandinas regulam o sistema reprodutor feminino e estão envolvidas no controle da ovulação, no ciclo menstrual e na indução do parto.

Descoberta

As prostaglandinas foram descobertas em sêmen humano em 1935 pelo fisiologista sueco Ulf von Euler, que as nomeou, pensando que elas eram secretadas pela próstata.

Fonte: www.hormone.org/www.binasss.sa.cr/onlinelibrary.wiley.com/www.wisegeek.org/www.ncbi.nlm.nih.gov/chemistry.elmhurst.edu/www.ahajournals.org

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Eritropoetina

PUBLICIDADE O que é A eritropoetina é um hormônio produzido nos rins. A existência desse …

Teste de Schilling

PUBLICIDADE Definição O teste de Schilling é uma investigação médica usada para pacientes com deficiência …

Células dendríticas

PUBLICIDADE Definição As células dendríticas, nomeadas por suas formas de sondagem, “tipo árvore” ou dendríticas, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.