Breaking News
Home / Saúde / Síndrome de Paris

Síndrome de Paris

PUBLICIDADE

A síndrome de Paris é uma condição exibida por alguns indivíduos quando visitam ou saem de férias para Paris, como resultado de um choque extremo ao descobrir que Paris é diferente de suas expectativas.

A síndrome é caracterizada por uma série de sintomas psiquiátricos, tais como estados delirantes agudos, alucinações, sentimentos de perseguição (percepções de ser vítima de preconceito, agressão ou hostilidade dos outros), desrealização, despersonalização, ansiedade e também manifestações psicossomáticas como tontura, taquicardia, sudorese e outros, como vômitos.

Síndromes semelhantes incluem a síndrome de Jerusalém e a síndrome de Stendhal.

A condição é comumente vista como uma forma grave de choque cultural.

É particularmente notável entre os viajantes japoneses.

O que é

A síndrome de Paris é um distúrbio incomum que uma pessoa pode passar ao perceber que nem tudo em Paris, na França, é o que ela espera.

Geralmente afeta turistas que têm grande apreço pela cultura parisiense, apenas para descobrir mais tarde que está longe de ser perfeito.

Aqueles que sofrem da síndrome de Paris geralmente antecipam que a maioria dos cidadãos da cidade famosa é como modelos comumente vistos em propagandas, revistas e desfiles de moda.

Eles também acreditam que a alta moda é para todos em Paris.

Ao chegar em Paris, no entanto, essas pessoas enfrentam o choque cultural e a percepção de que a alta moda em Paris é voltada para o patrocínio estrangeiro.

Enquanto trabalhava na França em 1986, o professor Hiroaki Ota identificou o que em francês é chamado síndrome de Paris, como um dos distúrbios psicológicos transitórios que afetam principalmente os turistas japoneses

. Segundo o professor, as experiências chocantes que os turistas encontram em Paris, especialmente aquelas que vão contra suas normas, podem resultar em muito estresse e distúrbios psicológicos mais tarde.

Os japoneses são vulneráveis à síndrome de Paris porque estão acostumados a uma sociedade gentil e disciplinada.

Esta teoria, no entanto, foi contestada pelo Dr. Yousef Mahmoudia, afirmando que é a excitação excessiva que cria ansiedade e que a ansiedade excessiva cria alucinações.

Seja qual for a causa, existem vários fatores que contribuem para a ocorrência da síndrome de Paris.

O primeiro fator envolve as diferenças de cultura, o que pode causar choque cultural.

As nações diferem em identidades culturais; assim, se um estranho for a Paris, ele ou ela pode não se acostumar com a maneira como as pessoas vivem, como vivem e como tratam os estranhos.

A barreira do idioma é outro fator, porque aqueles que não falam a língua francesa podem achar difícil se comunicar.

Um fator adicional é a admiração excessiva da cidade, o que pode levar a expectativas não razoáveis.

A exaustão causada pela preparação para a viagem e pela própria viagem também pode levar a transtornos mentais temporários, como a síndrome de Paris.

Os principais sintomas da síndrome de Paris incluem ansiedade, distúrbios emocionais e distúrbios nas percepções sensoriais.

O paciente também pode se sentir ameaçado o tempo todo, ou, se o paciente teve uma experiência ruim com alguém de Paris, ele pode temer a todos em Paris. Sintomas menores incluem irritabilidade, tontura e sudorese excessiva.

Com todos esses sintomas combinados, o paciente pode sofrer parada cardíaca, especialmente se o distúrbio continuar a se manifestar ou se a intervenção médica não for solicitada.

A maioria dos psicólogos concorda que a cura para a síndrome de Paris é para o paciente voltar ao seu país de origem. Também é importante que a família e os amigos ajudem o paciente a lidar com o transtorno.

Pacientes com casos graves também podem ser aconselhados a nunca mais voltar a Paris.

No entanto, muitos especialistas concordam que não há nada para curar se a síndrome de Paris for evitada em primeiro lugar através da realização e aceitação imediatas.

Fonte: www.tripsavvy.com/theculturetrip.com/www.sbs.com.au/www.news.com.au/news.bbc.co.uk/www.iflscience.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Viroides

PUBLICIDADE Definição Os viroides são os menores patógenos infecciosos conhecidos, constituídos apenas por um RNA circular …

Supernova

PUBLICIDADE Uma supernova é a explosão de uma estrela na qual a estrela pode atingir …

Animais Invertebrados

PUBLICIDADE Definição de Invertebrado Invertebrados são animais que não têm espinha dorsal. A coluna vertebral …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.