Breaking News
Home / Saúde / Hipocalcemia

Hipocalcemia

PUBLICIDADE

O que é Hipocalcemia?

A hipocalcemia é uma condição médica caracterizada pela diminuição dos níveis de cálcio no sangue.

Grande parte do cálcio do nosso sangue está ligado a proteínas, mas cerca de metade está presente na solução, como o cálcio ionizado.

Esse segundo tipo é o que é regulado pelo organismo, e a hipocalcemia se instala quando esse tipo de cálcio fica muito baixo.

O cálcio é uma parte essencial de muitas funções químicas no corpo, incluindo a transmissão de sinais ao longo dos nervos, bem como vários processos celulares.

Por essa razão, a hipocalcemia grave pode ser fatal se não for tratada.

É de conhecimento comum que nossos ossos dependem do cálcio para sua própria manutenção e reparo.

Quase todos – 99% – do cálcio em nossos corpos estão localizados nos ossos e dentes. O 1% restante está localizado em fluidos como o sangue. Seu equilíbrio delicado é mantido pelos hormônios da paratireóide e da calcitonina, além da vitamina D. Os níveis de cálcio também são indiretamente influenciados pelos níveis de magnésio e fósforo.

Os sintomas da hipocalcemia são muitos, mas um dos primeiros a procurar é o contrair dos nervos ou dos músculos, chamado irritabilidade neuromuscular.

O cálcio atua como um neurotransmissor e causa esse sintoma se não estiver presente em quantidades suficientemente altas.

Cãibras musculares, bem como dormência e formigamento nas extremidades, não são incomuns.

Alguns dos sintomas mais graves são confusão mental e batimentos cardíacos irregulares. Estes dois, especialmente os últimos, indicam a necessidade de atendimento médico de emergência. Mesmo assim, é muito raro alguém morrer como resultado direto da hipocalcemia, mas ocorreu.

Muitos fatores podem contribuir para a presença de hipocalcemia.

Pode apresentar-se como um sintoma de numerosos distúrbios diferentes, incluindo insuficiência renal, deficiência de vitamina D ou alcoolismo.

A hipocalcemia também pode ser uma das complicações da quimioterapia.

A ingestão excessiva de cafeína e outros produtos químicos encontrados em refrigerantes podem liberar cálcio dos ossos, e certos antibióticos podem inibir a capacidade do corpo de absorver cálcio.

A hipocalcemia é um distúrbio totalmente evitável. Uma dieta adequada, que inclui produtos lácteos, grãos e verduras como espinafre, deve ser suficiente para impedi-lo efetivamente. Suplementos de cálcio também podem ajudar, mas é importante lembrar que o cálcio deve ser acompanhado pela vitamina D para que o corpo possa absorvê-lo. Muitos suplementos de cálcio são feitos com uma certa quantidade de vitamina D incluída, especificamente para este fim.

Definição

A hipocalcemia é o nível de cálcio abaixo do normal no sangue, o que torna o sistema nervoso altamente irritável, como evidenciado pela tetania (espasmos das mãos e pés, cãibras musculares, cólicas abdominais e reflexos excessivamente ativos).

A hipocalcemia crônica contribui para uma mineralização deficiente dos ossos, ossos moles (osteomalácia) e osteoporose. Em crianças, a hipocalcemia causa raquitismo e prejudica o crescimento.

O tratamento envolve aumento da ingestão alimentar de suplementação de cálcio ou cálcio.

Hipocalcemia – Causas

As causas mais comuns de hipocalcemia, ou baixos níveis de cálcio no sangue, são coisas que interferem com a absorção de cálcio e liberação na corrente sanguínea, como comer uma dieta pobre ou tomar certos medicamentos. As coisas que fazem com que o cálcio saia da corrente sanguínea muito rapidamente, como quelação ou câncer, também são as principais causas.

Pacientes com risco de hipocalcemia podem ser monitorados de perto quanto aos sinais de alerta precoces, para que medidas preventivas possam ser tomadas no caso de níveis baixos de cálcio no sangue começarem a se desenvolver.

O hipoparatireoidismo é uma das principais causas de hipocalcemia.

As pessoas que tiveram suas glândulas tireóides removidas correm risco de hipocalcemia, assim como pessoas com outros problemas de tireóide.

Outras causas de hipocalcemia relacionadas à falha em obter cálcio suficiente na corrente sangüínea incluem desequilíbrios em outros eletrólitos como o magnésio , juntamente com deficiências de vitamina D.

Pessoas que não estão recebendo cálcio suficiente em sua dieta ou que estão consumindo alimentos que interferem na absorção de cálcio também correm o risco de ter baixos níveis de cálcio.

Certas coisas podem causar baixos níveis de cálcio, esgotando a corrente sanguínea de seus suprimentos de cálcio. As causas de hipocalcemia nessa categoria incluem pancreatite , quelação, câncer e insuficiência renal.

Outras causas de hipocalcemia podem incluir cirurgia, certos medicamentos, como medicamentos quimioterápicos, e sepse.

As pessoas com cálcio no sangue baixo podem desenvolver contrações musculares, alterações de humor, convulsões, pressão alta, dor de estômago e pele seca.

A hipocalcemia prolongada pode levar à insuficiência cardíaca congênita e a outros problemas médicos. Um simples exame de sangue pode ser usado para verificar os níveis de cálcio juntamente com os níveis de outros eletrólitos.

Se nenhuma causa conhecida de hipocalcemia for registrada na história do paciente, testes adicionais para verificar problemas como condições hereditárias ou danos a certas glândulas podem ser recomendados.

O tratamento imediato para hipocalcemia grave é uma infusão de cálcio para restaurar os níveis de um paciente. A longo prazo, a suplementação de cálcio, mudanças nos hábitos alimentares e tratamento da condição subjacente que levou à queda nos níveis de cálcio são geralmente recomendados.

Se nenhuma causa aparente de hipocalcemia puder ser identificada, o teste de acompanhamento pode ser recomendado após o paciente passar algum tempo com suplementos para verificar se o problema foi resolvido.

Pessoas que sabem que estão em risco de hipocalcemia devido a causas comuns de hipocalcemia, condições crônicas ou história genética podem querer conversar com seus médicos sobre as opções para manter seus níveis de cálcio em uma faixa segura.

Hipocalcemia – Tratamento

O tratamento da hipocalcemia depende muito da gravidade da doença e da causa subjacente.

Pacientes com hipocalcemia leve a moderada podem ser tratados com suplementos e adição de alimentos ricos em cálcio à dieta.

Pacientes com casos graves desse transtorno podem necessitar de atenção médica para se recuperar. Se a hipocalcemia for causada por uma doença, como o alcoolismo ou a doença renal, a recuperação de um paciente dessa condição envolverá o tratamento e o tratamento da doença.

Em casos leves, o tratamento para hipocalcemia pode ser tão simples quanto uma mudança na dieta.

Os pacientes que não apresentam sintomas do transtorno podem ter tempo para corrigir a falta de cálcio comendo mais alimentos ricos nesse mineral.

Suplementos de cálcio leves e vendidos sem receita também podem ser adicionados à dieta do paciente para hipocalcemia leve. A condição também pode passar despercebida e ser corrigida sem qualquer mudança na dieta.

Pacientes que têm um caso mais grave, mas não fatal de hipocalcemia, também podem ser colocados em uma dieta rica em cálcio e receber suplementos de cálcio.

Suplementos de cálcio prontamente disponíveis e bem tolerados podem ser utilizados rápida e facilmente como tratamento para a hipocalcemia. O paciente também pode receber suplementos dietéticos que incluam vitamina D , magnésio ou albumina, que ajudam o corpo a se decompor e usar o cálcio.

Em casos graves, o tratamento para hipocalcemia pode incluir a administração intravenosa de cálcio. Isso é feito em um ambiente hospitalar e, geralmente, somente depois que um paciente chega em um estado de sofrimento severo, como inconsciência ou convulsão. Em um hospital, a quantidade de cálcio no corpo de um paciente pode ser facilmente determinada através de um exame de sangue. Esta informação ajuda os profissionais médicos a determinar um curso adequado de tratamento.

Embora a maioria dos casos de hipocalcemia seja causada por uma dieta pobre em cálcio, há várias condições médicas que podem causar esse distúrbio.

O alcoolismo é uma causa comum de hipocalcemia, que, neste caso, deve ser tratada fornecendo cálcio extra ao paciente e removendo o álcool de sua dieta.

Doenças dos rins, do pâncreas ou da tireoide também podem causar hipocalcemia e devem ser tratadas para que o paciente faça uma recuperação completa.

Hipocalcemia – Fotos

Fonte: Colégio São Francisco

 

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Viroides

PUBLICIDADE Definição Os viroides são os menores patógenos infecciosos conhecidos, constituídos apenas por um RNA circular …

Supernova

PUBLICIDADE Uma supernova é a explosão de uma estrela na qual a estrela pode atingir …

Animais Invertebrados

PUBLICIDADE Definição de Invertebrado Invertebrados são animais que não têm espinha dorsal. A coluna vertebral …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.