Breaking News
Home / Saúde / Cistocele

Cistocele

PUBLICIDADE

Definição

Cistocele é um deslocamento da bexiga fora de sua localização natural (pélvis).

É, portanto, uma hérnia da bexiga.

Na maioria dos casos, a bexiga migra para o órgão genital feminino: isso é chamado de prolapso órgão genital feminino anterior.

cistocele geralmente segue gestações e partos múltiplos ou difíceis; isso também pode ser causado por uma alteração nos tecidos de suporte com a idade ou alteração dos músculos do períneo.

cistocele pode ser a causa da dificuldade em urinar ou, inversamente, da incontinência urinária. Em um estágio avançado, causa um prolapso com descida significativa da bexiga para a fenda do órgão genital feminino. A cirurgia pode reposicionar com sucesso a bexiga.

Cistocele – Prolapso da Bexiga

cistocele, também conhecida como prolapso da bexiga, é uma condição médica na qual a bexiga de uma mulher incha no órgão genital feminino.

Alguns podem não ter sintomas. Outros podem ter dificuldade em iniciar a micção, incontinência urinária ou micção freqüente.

As complicações podem incluir infecções recorrentes do trato urinário e retenção urinária.

cistocele e uma uretra prolapsada geralmente ocorrem juntas e são chamadas de cistouretrocelo.

cistocele pode afetar negativamente a qualidade de vida.

O que é uma Cistocele?

Uma cistocele é uma condição comumente descrita como uma bexiga caída em mulheres.

O último termo é um pouco impróprio, já que a bexiga não entra em colapso e deixa de funcionar.

No entanto, a bexiga pode se projetar e penetrar na parede do órgão genital feminino, que é posicionada logo abaixo da bexiga. Por esta razão, uma cistocele é muitas vezes referido como uma bexiga, hérnia ou prolapso.

cistocele ocorre como resultado de músculos e ligamentos rompidos ou estressados, levando ao comprometimento do suporte dos órgãos da região pélvica.

Geralmente, a gravidez e o parto são as principais razões para esse desenvolvimento. No entanto, nem todas as mulheres que deram à luz experimentam essa condição.

Por exemplo, as cistoceles raramente são vistas em mulheres que tiveram filhos por cesariana.

Outros fatores também podem contribuir para o desenvolvimento da cistocele, incluindo histerectomia, obesidade, elevação extenuante, esforço excessivo para evacuar e até tosse.

O risco aumenta com a idade, especialmente após a menopausa. Isso ocorre porque os níveis de estrogênio, que antes ajudavam a preservar a integridade dos músculos do assoalho pélvico, começaram a cair. Traumas ou lesões na região pélvica também podem causar essa condição.

Cistocele
O trato urinário humano, incluindo a bexiga em rosa na parte inferior

Para muitas mulheres, um cistocele pode passar despercebido por algum tempo.

De fato, algumas mulheres podem considerar os sintomas como uma recompensa por envelhecer e simplesmente ignorá-los, como o desejo freqüente de urinar.

O sinal mais comum de que uma cistocele está pendente é a perda do controle da bexiga ao espirrar, tossir ou rir.

No entanto, em casos avançados, é possível que a bexiga protuberante penetre no órgão genital feminino, ou até mesmo se reúna com outros órgãos em um prolapso anterior no órgão genital feminino.

É importante procurar tratamento médico se houver suspeita de um cistocele. Se não for tratada, esta condição pode produzir infecções frequentes da bexiga e até mesmo perda completa do controle da bexiga.

Em alguns casos, a protusão pode causar dor e desconforto consideráveis, particularmente durante a atividade sexual. Geralmente, um exame físico é tudo o que é necessário para obter um diagnóstico.

O tratamento varia de acordo com o progresso da cistocele. Exercícios de Kegel, que são projetados para fortalecer os músculos pélvicos, são quase sempre recomendados. Terapia de estrogênio também pode ser uma opção a considerar. Em alguns casos, um anel conhecido como pessário pode ser implantado no órgão genital feminino para fornecer suporte para a bexiga acima.

A cirurgia pode ser o melhor curso de ação para remediar uma cistocele grave. Neste procedimento, o cirurgião reposiciona a bexiga em seu devido lugar enquanto repara a parede do órgão genital feminino e os músculos subjacentes, se necessário.

No entanto, a cirurgia não é uma garantia de que outro cistocelo não ocorra no futuro. De fato, é importante seguir com medidas preventivas após o tratamento de qualquer tipo para impedir uma recorrência.

As Cistoceles são agrupados em graus:

Grau 1: Suave. A bexiga cai apenas um pouco no órgão genital feminino.

Grau 2: Mais severo. A bexiga afundou no órgão genital feminino o suficiente para alcançar a abertura do mesmo.

Grau 3: Mais avançado. A bexiga se projeta através da abertura do órgão genital feminino.

Fonte: www.niddk.nih.gov/health.ccm.net/www.wisegeek.org/my.clevelandclinic.org/www.hopkinsmedicine.org/medical-dictionary.thefreedictionary.com

Veja também

Sicose

Sicose

PUBLICIDADE O que é Sicose? A sicose é uma inflamação dos folículos pilosos. A condição freqüentemente afeta …

Osteólise

Osteólise

PUBLICIDADE Osteólise – Definição Osteólise é o desgaste de seus ossos. Seus ossos se tornam finos …

Onicodistrofia

Onicodistrofia

PUBLICIDADE Definição A onicodistrofia representa vários processos patológicos das unhas, tais como doenças infecciosas e não infecciosas, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.