Breaking News
Home / Saúde / Arritmia Sinusal

Arritmia Sinusal

PUBLICIDADE

Definição

Arritmia sinusal é o aumento normal da frequência cardíaca que ocorre durante a inspiração (quando você respira). Esta é uma resposta natural e é mais acentuada em crianças do que em adultos.

O “sinus” refere-se ao marcapasso natural do coração, que é chamado de nó sinoatrial (ou sinus).

Está localizado na parede do átrio direito (a câmara superior direita do coração). Os impulsos cardíacos normais começam aí e são transmitidos para os átrios e para os ventrículos (as câmaras inferiores do coração).

Taquicardia sinusal refere-se a um batimento cardíaco rápido (taquicardia) por causa do disparo rápido do nó sinoatrial (seio). Isso ocorre em resposta a exercício, esforço, excitação, dor, febre, hormônio tireoidiano excessivo, baixa oxigenação do sangue (hipóxia), drogas estimulantes (como a cafeína), etc.

A falta de ritmo sinusal normal é uma arritmia, um ritmo cardíaco anormal.

Arritmia sinusal – Batimento Cardíaco

Um batimento cardíaco irregular geralmente ocorre quando os batimentos cardíacos de uma pessoa começam a acelerar à medida que eles respiram.

Conhecida como arritmia sinusal respiratória, isso é bastante inofensivo. Ocorre mais frequentemente em crianças do que em adultos e é considerado uma resposta psicológica a um evento estressante ou atividade física.

Arritmia sinusal – Tipos

A arritmia sinusal não se relaciona com as cavidades sinusais na face, mas com o nó sinoatrial ou sinusal no coração.

O nó sinoatrial ou sinusal está localizado na câmara superior do lado direito do coração, que é chamado de átrio direito.

O nó sinusal é conhecido como o “marca-passo” natural do coração, o que significa que é responsável pelo ritmo dos batimentos cardíacos de uma pessoa.

O ritmo sinusal normal é um ritmo regular encontrado em pessoas saudáveis.

Arritmia sinusal significa que há uma irregularidade no ritmo cardíaco, originada no nó sinusal.

Em geral, as arritmias sinusais podem ser:

Taquicardia sinusal, que é um batimento cardíaco mais rápido, batendo acima de 100 batimentos por minuto.

Bradicardia sinusal, que é quando a frequência cardíaca bate mais devagar ou menos de 60 batimentos por minuto.

O que é Arritmia sinusal?

A arritmia sinusal é uma ruptura do batimento cardíaco que se origina no nó sinusal do coração, onde está localizado o marcapasso natural do coração.

Vários problemas que envolvem a estimulação natural do coração podem fazer com que os batimentos cardíacos sejam irregulares.

A arritmia sinusal geralmente é benigna, mas pode ser causa de preocupação em certos casos.

Outras arritmias localizadas nesse nó, como bradicardia sinusal, em que o coração bate muito devagar, ou taquicardia sinusal, em que o coração bate muito rápido, podem ser problemas médicos sérios.

Crianças e adultos jovens geralmente têm uma arritmia sinusal natural que se resolve com a idade.

Outra forma comum de arritmia é uma arritmia respiratória, caracterizada por pequenas variações nos batimentos cardíacos associados à respiração.

Em pacientes com esse tipo de arritmia, o batimento cardíaco muda levemente a cada respiração, mas o paciente não está em perigo.

arritmia sinusal também pode ocorrer em resposta a medicamentos, estresse, fatores ambientais e drogas recreativas. Algumas dessas arritmias podem se tornar perigosas se não forem corrigidas. Os pacientes que se expõem repetidamente a causas comuns de arritmias cardíacas a longo prazo podem causar danos ao coração. Isto pode levar ao desenvolvimento de uma arritmia mais grave que pode colocar o paciente em risco de ataque cardíaco ou outras complicações médicas.

Arritmia Sinusal
A arritmia sinusal geralmente é benigna, mas pode levar a condições mais graves

Um médico pode ser capaz de ouvir uma arritmia sinusal durante um exame físico. Se um médico identificar irregularidades no batimento cardíaco de um paciente, um eletrocardiógrafo pode ser recomendado. Neste teste, os eletrodos são acoplados ao peito do paciente e os ritmos elétricos do coração são medidos. Uma impressão mostra os padrões dos batimentos cardíacos do paciente e essa informação pode ser usada para diagnosticar um paciente ou para aprender mais sobre um problema cardíaco. Se um motivo de preocupação for identificado, o paciente pode se reunir com o médico para discutir a situação e conversar sobre as opções de tratamento.

Se um paciente tiver uma história de arritmia sinusal, será anotado no prontuário juntamente com o resultado de qualquer exame médico realizado no coração.

Esta informação pode ser útil para outros prestadores de cuidados, alertando-os para o fato de que a arritmia foi observada e trabalhada. Pacientes que estão trocando de médicos devem solicitar cópias de seus registros médicos para que possam trazê-los em seus primeiros compromissos. Ter registros completos do paciente aumenta a qualidade do atendimento e ajudará o médico a dar continuidade à assistência a longo prazo.

O que é Bradicardia sinusal?

Pessoas que têm um batimento cardíaco muito lento podem achar que eles realmente têm uma condição conhecida como bradicardia sinusal.

Os pacientes com esta condição podem ainda ter batimentos cardíacos normais, regulares, no entanto, eles são muito mais lentos do que a média de batimentos cardíacos, em apenas 60 batimentos por minuto ou menos, enquanto em repouso.

Algumas causas comuns de bradicardia sinusal incluem exercício físico rigoroso, padrões irregulares de sono, hipotermia e uso de alguns medicamentos. Além de um batimento cardíaco bastante lento, alguns pacientes também experimentam sintomas adicionais, como tontura, dor no peito e falta de ar. Os tratamentos variam dependendo da gravidade do caso; alguns pacientes não precisam de tratamento, outros precisam de medicação e outros ainda precisam de marca – passo.

Causas

Nomeado após o nó sinusal no coração que é responsável por manter um batimento cardíaco, bradicardia sinusal pode realmente ser uma condição de saúde positiva, indicativa de boa saúde.

Muitos atletas desenvolvem a condição como resultado do condicionamento rigoroso através do exercício físico, fazendo com que o coração bombeie a uma velocidade constante. Muitas vezes, uma pessoa saudável que não se exercita regularmente ainda pode ter a condição com ou sem sintomas adicionais.

Outras causas menos saudáveis de bradicardia sinusal podem incluir condições relacionadas ao sono, como padrões irregulares de sono e apneia do sono.

Hipotireoidismo, hipotermia, hipoglicemia, convulsões e distúrbios eletrolíticos são algumas condições bem conhecidas que podem levar à bradicardia sinusal. A exposição a certas toxinas, como atenolol, diltiazem e organofosfato, também pode ser uma causa da doença.

O uso de alguns medicamentos também é conhecido por criar um batimento cardíaco lento. Medicamentos comuns que podem causar a doença são normalmente medicamentos para o coração, como betabloqueadores, medicamentos bloqueadores dos canais de cálcio e glicosídeos digitálicos. Estes são frequentemente prescritos para tratar a hipertensão arterial e outras condições relacionadas ao coração.

Algumas outras drogas conhecidas por causar a condição incluem tolueno, fentanil, clonidina, lítio, acetilcolina oftálmica tópica, sufentanil, paclitaxel, alfentanil, dimetilsulfóxido e reserpina.

Casos de bradicardia sinusal severa podem ser mais preocupantes. Estes podem ser causados por uma doença do nodo sinoatrial, como a síndrome do seio doente, que geralmente ocorre em idosos e tem um mau prognóstico. Em casos raros, a condição também pode ser um sintoma de outra infecção, como miocardite viral, difteria e febre reumática.

Sintomas e Diagnóstico

Sintomas de bradicardia sinusal podem variar.

Além de uma frequência cardíaca lenta, os pacientes podem sentir tontura, vertigem, tontura, hipertensão e síncope; dor no peito, falta de ar e incapacidade de se exercitar também podem ser experimentadas. Batimentos irregulares de calor também podem ocorrer, incluindo ritmos ectópicos juncionais, atriais ou ventriculares. O desmaio também pode resultar se o coração demorar para uma batida muito lenta. Também pode ser causada por asfixia, que é conhecida como reflexo vasovagal – uma vez que os pacientes com bradicardia sinusal já apresentam batimento cardíaco lento, quando o coração fica mais lento durante a asfixia, pode ocorrer desmaio.

Os profissionais de saúde podem ser capazes de diagnosticar essa condição após fazer um exame físico, questionar o paciente em relação aos sintomas e completar um eletrocardiograma (ECG). Deve-se notar que um eletrocardiograma mostrará apenas sinais da condição em que o ritmo cardíaco é retardado durante o teste real; isso pode ser um problema para alguns pacientes, pois a condição parece ir e vir. Uma solução possível é que os pacientes usem um aparelho de eletrocardiograma portátil, também conhecido como Holter Moniter, para registrar o ritmo cardíaco.

Tratamento

Arritmia Sinusal
Um marcapasso pode ser usado para tratar bradicardia sinusal

Como na maioria das condições com múltiplas causas, o tratamento varia com cada caso e alguns pacientes não precisam de tratamento. Um paciente pode ser prescrito medicação para corrigir um batimento cardíaco anormal. Para alguns pacientes, um marcapasso também pode ser necessário, particularmente no caso de uma doença do nodo sinoatrial. Algumas medidas podem ser tomadas em casa para ajudar a evitar e tratar a doença, como controlar o colesterol e a pressão sanguínea, comer uma dieta pobre em sódio e gordura, evitar o tabaco e fazer exercícios regularmente.

Embora possa ser preocupante quando você ainda está com sintomas, o tratamento da taquicardia sinusal geralmente não é necessário.

A taquicardia é uma condição durante a qual o coração bombeia mais rápido e mais forte que o normal. Quando isso ocorre durante períodos de estresse, excitação ou durante a atividade física, isso é considerado normal e saudável. Esse batimento cardíaco acelerado, normal e temporário, é chamado de taquicardia sinusal. Somente quando esta condição persistir por razões desconhecidas é necessário tratamento.

A maioria dos pacientes não requer qualquer tipo de tratamento de taquicardia sinusal, porque a condição desaparece por conta própria após o corpo ter se estabelecido. Alguns indivíduos podem continuar a experimentar uma frequência cardíaca rápida mesmo em repouso. Isso é comumente causado por ansiedade ou beber muita cafeína. Se isso continuar, o tratamento para a condição subjacente pode ser necessário.

O coração costuma bater entre 60 e 100 batimentos por minuto em um adulto saudável. Peso e atividade física desempenham um papel nos padrões de batimentos cardíacos, mas em qualquer lugar dentro desse intervalo é considerado normal. Há uma ampla gama de fatores que podem afetar o ritmo cardíaco.

Aqueles que estão gravemente com sobrepeso muitas vezes têm freqüência cardíaca mais rápida do que aqueles que estão ativos e em uma faixa de peso saudável.

Em alguns casos raros, o tratamento da taquicardia sinusal pode ser necessário, como se o coração acelerasse durante períodos de excitação ou exercício, mas excedesse as velocidades normais para uma frequência cardíaca ativa. Durante momentos de ansiedade, o coração deve começar a bater mais rápido, mas se isso se tornar excessivo, pode indicar um problema, mesmo que o coração volte ao normal. O tratamento pode incluir medicamentos e, às vezes, implantes cirúrgicos, mas isso geralmente não é necessário para taquicardia temporária.

Se você achar que precisa de tratamento para taquicardia sinusal, porque sua frequência cardíaca é mais rápida que o normal, você pode fazer um exame de saúde completo. A ansiedade é uma causa comum disso, então você será perguntado sobre sua saúde emocional também. Medicamentos são frequentemente usados no tratamento de ansiedade e estresse, ou você pode ser solicitado a remover a situação estressante de sua vida, se possível. Evitar cafeína e outros estimulantes também pode ser recomendado.

Às vezes, tomar certos medicamentos ou suplementos pode causar taquicardia. Pílulas de dieta são um exemplo comum. Se a sua freqüência cardíaca não retornar ao normal dentro de um período de tempo razoável, você poderá ter uma forma mais grave de taquicardia. O tratamento para aumento do ritmo cardíaco a longo prazo pode variar.

Fonte: www.americansinus.com/www.ncbi.nlm.nih.gov/www.medicalnewstoday.com/www.wisegeek.org/www.nottingham.ac.uk/www.alivecor.com.hk/www.kidsheartshouston.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Nefrite

PUBLICIDADE Definição A nefrite (também chamada glomerulonefrite) é um grupo de doenças que causam inflamação …

Cromofobia

PUBLICIDADE O que é A cromofobia, ou cromatofobia, é um medo irracional de de cores. …

Tumor hepático

PUBLICIDADE Os tumores hepáticos são geralmente identificados por imagens, incidentalmente, durante a avaliação de outro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.