Breaking News
Home / Saúde / Linfogranuloma Venéreo

Linfogranuloma Venéreo

PUBLICIDADE

Linfogranuloma venéreo é uma DST (Doença Sexualmente Transmissível), de origem bacteriana, causada pela bactéria Chlamydia tracomatis dos sorotipos L1, L2 e L3.

Esta doença também recebe os nomes de mula, bubão e doença de Nicolas-Favre-Durand, sendo  caracterizada por envolver o sistema linfático (rede complexa de vasos e nódulos linfáticos que transportam o fluido linfático dos tecidos de volta para o sistema circulatório).

Seu modo de transmissão se dá por meio do contato sexual com uma pessoa infectada pela bactéria. Desta forma, a bactéria consegue penetrar através da pele ou mucosa. Após a exposição, o período de incubação é de 1 a 3 semanas. Vale ressaltar que esta doença tem distribuição universal, com prevalência nos trópicos. Tanto homens, quanto mulheres, podem ser acometidos.

Sintomas

Sete a 30 dias após a exposição surge uma ferida ou caroço pequeno na pele dos locais que foram expostos à bactéria. Essas feridas ou caroços podem ser no órgão reprodutor feminino, masculino a, boca, colo do útero, órgão excretor e tem duração de três a cinco dias.

De duas a seis semanas, surgem um inchaço doloroso nos gânglios localizados na virilha. Caso não seja feito o tratamento, o inchaço pode piorar e dar origem a feridas, expelindo secreções purulentas. Vale ressaltar que também é comum o aparecimento de dor nas articulações, mal estar, febre, dor nas costas, vômitos, perda de apetite e dor de cabeça.

Prevenção

É importante destacar que a principal forma de se prevenir esta DST é o uso de preservativo em todas as relações. Além disso, no caso de qualquer sintoma, é importante e necessário procurar um médico, além de evitar automedicação.

Tratamento

Para o tratamento de linfogranuloma venéreo, as feridas são tratadas com medicamentos à base de antibióticos. Em alguns casos, principalmente nos graves, é retirado o bubão (gânglio linfático em estado de tumefação).

Juliano Schiavo
Biólogo e mestre em Agricultura e Ambiente

Referências

MEDICINA NET. Linfogranuloma venéreo. Disponível em: <www.medicinanet.com.br/conteudos/revisoes/1806/linfogranuloma_venereo.htm>.Acesso em 31/08/17.

SECRETARIA DA SAÚDE. Linfogranuloma venéreo – sinais e sintomas. Disponível em: <http://www.saude.sp.gov.br/ses/perfil/cidadao/temas-de-saude/dst/linfogranuloma-venereo-sinais-e-sintomas>. Acesso em 31/08/17.

SAUDE MEDICINA. Linfogranuloma venéreo. Disponível em: https://www.saudemedicina.com/linfogranuloma-venereo-dst/. Acesso em 31/08/17.

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Síndrome de Williams

Síndrome de Williams

PUBLICIDADE A síndrome de Williams é um distúrbio do desenvolvimento que afeta muitas partes do …

Líquen Escleroso

Líquen Escleroso

PUBLICIDADE O líquen escleroso é uma condição dermatológica que afeta principalmente mulheres após a menopausa …

Irite

Irite

PUBLICIDADE O que é A irite é inflamação da íris (a parte colorida do olho). …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.