Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Saúde / Ascite

Ascite

PUBLICIDADE

Definição

Os órgãos do abdome estão contidos em um saco ou membrana chamado peritônio.

Normalmente, a cavidade peritoneal contém apenas uma pequena quantidade de líquido, embora nas mulheres isso possa variar (em 20ml ou menos), dependendo do ciclo menstrual.

Ascite é o termo usado para denotar aumento de líquido na cavidade peritoneal, uma situação que não é normal.

Há uma variedade de doenças que podem fazer com que o fluido se acumule e as razões pelas quais a ascite ocorre podem ser diferentes para cada doença.

O câncer que se espalha para o peritônio pode causar vazamento direto de fluido, enquanto outras doenças causam um acúmulo excessivo de água e sódio no corpo. Este fluido pode eventualmente vazar para a cavidade peritoneal.

Mais comumente, a ascite se deve à doença hepática e à incapacidade desse órgão produzir proteína suficiente para reter o líquido na corrente sangüínea, assim como obstruir o fluxo através do fígado cirrótico com cicatrizes. Normalmente, a água é mantida na corrente sanguínea por pressão oncótica. A atração de proteínas evita que as moléculas de água vazem dos vasos sanguíneos capilares para os tecidos circundantes. À medida que a doença do fígado avança, a capacidade do fígado de fabricar proteínas diminui, de modo que a pressão oncótica diminui devido à falta de proteína total no corpo e a água vaza para os tecidos circundantes.

Além da ascite, o fluido extra pode ser apreciado em muitas outras áreas do corpo como edema (inchaço). O edema pode ocorrer nos pés, pernas, cavidade torácica, uma variedade de outros órgãos, e o fluido pode acumular-se nos pulmões. Os sintomas causados por esse excesso de líquido dependerão de sua localização.

O que é Ascite?

Ascite é o acúmulo de fluido adicional no abdômen, também chamado de cavidade peritoneal. Em casos leves, esse fluido extra pode não ser facilmente observado, mas em casos mais sérios, o abdome se projeta muito, proporcionando um diagnóstico fácil.

Esta condição é mais frequentemente causada por cirrose do fígado, geralmente relacionada ao alcoolismo. A “barriga de cerveja” ou “barriga d´água” referida por muitos pode na verdade ser ascite. A insuficiência cardíaca pode levar ao acúmulo de líquido no abdome, bem como nos tornozelos, punhos, pés e mãos.

Tuberculose, pancreatite e câncer do abdome também podem produzi-lo.

Quanto maior o acúmulo de fluido, maior a pressão sobre o diafragma, o que pode causar falta de ar. A maioria dos outros sintomas associados à ascite relaciona-se diretamente com suas causas subjacentes.

Por exemplo, uma pessoa com esse acúmulo e que também tem tosse persistente e febre pode ser avaliada para tuberculose. A descoloração amarela da pele e das membranas mucosas, ou icterícia, indica a disfunção do fígado como causa.

O diagnóstico inclui determinar a presença e a causa da ascite.

Os médicos geralmente solicitam vários exames de sangue, entre eles um hemograma completo, que pode medir com precisão fatores como a função hepática e a capacidade de coagulação do sangue. Mais comumente, os médicos realizam uma paracentese, na qual uma pequena quantidade de líquido ascítico é removida via agulha do abdome. A avaliação desse fluido pode apontar para causas específicas.

O fluido da ascite é analisado para avaliar o gradiente de albumina sérica-ascítica. Esse gradiente pode ser baixo ou alto e ajuda a determinar a causa subjacente da condição.

Quando os pacientes apresentam ascite grave, os médicos usam a paracentese para extrair lentamente o excesso de líquido da cavidade abdominal. Para casos leves, os pacientes são frequentemente submetidos a uma dieta com baixo teor de sódio e prescritos diuréticos como furosemida, nome comercial Lasix.

Enquanto o paciente é submetido a tratamento para reduzir ou retardar o acúmulo de líquido, encontrar e tratar a causa, quando possível, é a melhor maneira de reduzir a ascite.

O tratamento médico ou cirúrgico da insuficiência cardíaca subjacente reduzirá lentamente o fluido do edifício quando a insuficiência cardíaca for a causa.

Antibióticos são administrados para tratar a tuberculose.

Medicamentos antivirais podem ajudar a resolver algumas formas de hepatite.

Para ascite causada por cirrose grave do fígado, o único tratamento apropriado pode ser o transplante de fígado.

A obtenção de um transplante de fígado pode ser difícil para pacientes com cirrose devido ao alcoolismo em curso. A menos que um paciente pode parar com sucesso potável, unidades de transplante são relutantes para listar ele ou ela, porque a cirrose se repitam se o comportamento alcoólico continua.

Em geral, quando a causa subjacente da ascite pode ser determinada e tratada, a perspectiva é boa e um monitoramento cuidadoso pode prevenir a recorrência.

Para aqueles cujo estado de saúde não podem ser abordados, o tratamento centra-se na redução de qualquer desconforto que ela causa. Infelizmente, essa condição geralmente significa condições subjacentes graves que reduzem a expectativa de vida.

O que causa a ascite?

Ascite
Ascite

A causa mais comum de ascite é doença hepática avançada ou cirrose. Embora o mecanismo exato do desenvolvimento da ascite não seja completamente compreendido, a maioria das teorias sugere hipertensão portal (aumento da pressão no fluxo sanguíneo hepático para o fígado) como principal contribuinte.

O princípio básico é semelhante à formação de edema em outras partes do corpo devido a um desequilíbrio de pressão entre o interior da circulação (sistema de alta pressão) e o exterior, neste caso, a cavidade abdominal (espaço de baixa pressão). O aumento da pressão arterial portal e diminuição da albumina (uma proteína que é transportada no sangue) pode ser responsável na formação do gradiente de pressão e resultando em ascites abdominais.

Outros fatores que podem contribuir para a ascite são a retenção de sal e água. O volume de sangue circulante pode ser percebido como baixo pelos sensores nos rins, pois a formação de ascite pode esgotar algum volume do sangue. Isso sinaliza aos rins para reabsorver mais sal e água para compensar a perda de volume.

Algumas outras causas de ascite relacionadas ao aumento do gradiente de pressão são insuficiência cardíaca congestiva e insuficiência renal avançada devido à retenção generalizada de líquido no corpo.

Ascite também pode se manifestar como resultado de cânceres, chamados ascites malignos. Este tipo de ascite é tipicamente uma manifestação de cancros avançados dos órgãos da cavidade abdominal, tais como, cancro do cólon, cancro pancreático, cancro do estômago, cancro da mama, linfoma, cancro do pulmão ou cancro do ovário.

A ascite pancreática pode ser observada em pessoas com pancreatite crônica (longa duração) ou inflamação do pâncreas. A causa mais comum de pancreatite crônica é o abuso prolongado de álcool. A ascite pancreática também pode ser causada por pancreatite aguda, bem como por trauma no pâncreas.

Quais são os tipos de ascite?

Ascite
Ascite

Tradicionalmente, a ascite é dividida em dois tipos: transudativa ou exsudativa.

Esta classificação é baseada na quantidade de proteína encontrada no fluido.

Um sistema mais útil foi desenvolvido com base na quantidade de albumina no líquido ascítico em comparação com a albumina sérica (albumina medida no sangue). Isso é chamado de Gradiente de Albumina de Ascite de Soro ou SAAG.

Ascite relacionada à hipertensão portal (cirrose, insuficiência cardíaca congestiva, Budd-Chiari) é geralmente maior que 1,1.

Ascite causada por outras razões (maligna, pancreatite) é menor que 1,1.

Fonte: www.emedicinehealth.com/www.wisegeek.org/www.medicinenet.com/www.merriam-webster.com

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Síndrome de Williams

Síndrome de Williams

PUBLICIDADE A síndrome de Williams é um distúrbio do desenvolvimento que afeta muitas partes do …

Líquen Escleroso

Líquen Escleroso

PUBLICIDADE O líquen escleroso é uma condição dermatológica que afeta principalmente mulheres após a menopausa …

Irite

Irite

PUBLICIDADE O que é A irite é inflamação da íris (a parte colorida do olho). …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+