Breaking News
Home / Saúde / Medicina Funcional

Medicina Funcional

PUBLICIDADE

Definição

A medicina funcional é uma abordagem baseada em biologia de sistemas que se concentra na identificação e abordagem da causa raiz da doença.

Cada sintoma ou diagnóstico diferencial pode ser um dos muitos que contribuem para a doença de um indivíduo.

Um diagnóstico pode ser o resultado de mais de uma causa. Por exemplo, a depressão pode ser causada por muitos fatores diferentes, incluindo inflamação. Da mesma forma, uma causa como a inflamação pode levar a vários diagnósticos diferentes, incluindo depressão.

A manifestação precisa de cada causa depende dos genes, ambiente e estilo de vida do indivíduo, e apenas tratamentos que tratam da causa certa terão benefícios duradouros além da supressão de sintomas.

A medicina funcional é o futuro da medicina, pura e simplesmente.

O que é

A medicina funcional é um campo que se concentra em abordagens individuais e personalizadas dos cuidados de saúde e coloca uma forte ênfase nos cuidados preventivos.

Enquanto a medicina ocidental tradicional trata os sintomas de doenças e condições, os profissionais de medicina funcional acreditam no tratamento das causas dos problemas de saúde antes de começarem.

Essas causas podem incluir fatores ambientais, deficiências de dieta e exercício, desequilíbrios hormonais e muito mais.

A medicina funcional se concentra no tratamento do corpo como um todo, em vez de responder às necessidades médicas em partes específicas do corpo, e é de natureza semelhante à medicina holística.

Equilibrar processos biológicos básicos é um valor essencial da medicina funcional.

Acredita-se que equilibrar adequadamente as várias funções do corpo – como sistema imunológico, digestão e ingestão de nutrientes – é essencial para prevenir condições crônicas, como doenças cardíacas e artrite.

Os profissionais de medicina funcional acreditam que as doenças são causadas quando esses delicados equilíbrios são interrompidos.

A intervenção para restaurar esses equilíbrios, a fim de prevenir doenças, é um objetivo primário da medicina funcional.

Ao tratar pacientes, os profissionais desse tipo de medicamento avaliam todo o corpo e tomam decisões de saúde com base em uma variedade maior de fatores do que um médico tradicional.

Fatores funcionais da medicina na história da saúde, genética e ambiente de vida do paciente para tomar decisões de tratamento.

Após a avaliação completa do paciente, os tratamentos podem incluir mudanças no estilo de vida, terapias tradicionais com medicamentos, suplementos nutricionais ou várias formas de desintoxicação.

A saúde mental também é um forte componente da medicina funcional. Os elementos psicológicos e espirituais recebem forte significado no papel da saúde geral. A boa saúde não é julgada meramente pela ausência de doença.

Em vez disso, os profissionais de medicina funcional acreditam que a verdadeira saúde decorre da positividade e vitalidade gerais.

O conceito de medicina funcional foi desenvolvido pela primeira vez em 1990 como uma maneira de abordar um número crescente de pacientes que sofrem de doenças crônicas.

O primeiro centro de pesquisa em medicina funcional foi estabelecido em 1992. Profissionais deste tipo de medicina agora podem ser encontrados em todo o mundo.

Muitos profissionais de medicina funcional possuem um diploma de doutor em medicina ou são nutricionistas ou enfermeiros. Não existe um grau específico disponível em medicina funcional; em vez disso, aqueles com outras qualificações em saúde integram facetas da medicina funcional em suas práticas.

Muitos profissionais de saúde que desejam incorporar técnicas de medicina funcional em suas práticas participam de cursos de aprendizagem antes de fazê-lo.

Medicina funcional: a medicina do porquê

A medicina funcional aborda as causas subjacentes da doença, usando uma abordagem orientada a sistemas e envolvendo pacientes e profissionais em uma parceria terapêutica.

É uma evolução na prática da medicina que atende melhor às necessidades de saúde do século XXI.

Ao mudar o foco tradicional da prática médica centrada na doença para uma abordagem mais centrada no paciente, a medicina funcional dirige-se a toda a pessoa, não apenas a um conjunto isolado de sintomas.

Os profissionais de medicina funcional passam tempo com seus pacientes, ouvindo suas histórias e observando as interações entre fatores genéticos, ambientais e de estilo de vida que podem influenciar a saúde a longo prazo e doenças crônicas complexas.

Dessa forma, a medicina funcional apóia a expressão única de saúde e vitalidade de cada indivíduo.

Resumo

A medicina funcional envolve a compreensão das origens, prevenção e tratamento de doenças crônicas complexas.

Assistência centrada no paciente. O foco da medicina funcional está no atendimento centrado no paciente, promovendo a saúde como uma vitalidade positiva, além da ausência de doença. Ao ouvir o paciente e aprender sua história, o profissional leva o paciente ao processo de descoberta e adapta os tratamentos que atendem às necessidades exclusivas do indivíduo.

Uma abordagem de saúde integrada e baseada na ciência. Os profissionais de medicina funcional parecem “a montante” para considerar a complexa rede de interações na história, fisiologia e estilo de vida do paciente que pode levar à doença. A composição genética exclusiva de cada paciente é considerada, juntamente com os fatores internos (mente, corpo e espírito) e externos (ambiente físico e social) que afetam o funcionamento total.

Integrando as melhores práticas médicas. A medicina funcional integra as práticas médicas ocidentais tradicionais com o que às vezes é considerado medicina “alternativa” ou “integrativa”, criando um foco na prevenção por meio de nutrição, dieta e exercício; uso dos mais recentes testes de laboratório e outras técnicas de diagnóstico; e combinações prescritas de medicamentos e/ou medicamentos botânicos, suplementos, dietas terapêuticas, programas de desintoxicação ou técnicas de controle do estresse.

A medicina funcional aborda as causas subjacentes da doença, usando uma abordagem orientada a sistemas e envolvendo pacientes e profissionais em uma parceria terapêutica.

É uma evolução na prática da medicina que atende melhor às necessidades de saúde do século XXI. Ao mudar o foco tradicional da prática médica centrada na doença para uma abordagem mais centrada no paciente, a medicina funcional dirige-se a toda a pessoa, não apenas a um conjunto isolado de sintomas.

Os profissionais de medicina funcional passam tempo com seus pacientes, ouvindo suas histórias e observando as interações entre fatores genéticos, ambientais e de estilo de vida que podem influenciar a saúde a longo prazo e doenças crônicas complexas.

Dessa forma, a medicina funcional apóia a expressão única de saúde e vitalidade de cada indivíduo.

Nossa sociedade está experimentando um aumento dramático na quantidade de pessoas que sofrem de doenças crônicas complexas, como câncer, doenças cardíacas, diabetes, distúrbios auto-imunes e doenças mentais.

O sistema de medicina que a maioria dos médicos pratica é voltado para cuidados agudos, diagnóstico e tratamento de trauma ou doença que visa tratar o problema ou sintoma imediato, utilizando medicamentos prescritos que são mais comumente prejudiciais aos pacientes do que estudando o problema. causa raiz.

Infelizmente, essa abordagem de prática carece da metodologia e ferramentas adequadas para prevenir e tratar doenças crônicas complexas.

Na maioria dos casos, não considera a composição genética única de cada indivíduo, como a exposição ambiental a toxinas e os aspectos do estilo de vida atual que influenciam diretamente o aumento de doenças crônicas na sociedade ocidental moderna.

Medicina Funcional

Fonte: www.ifm.org/thedo.osteopathic.org/chriskresser.com/www.wisegeek.org/drhyman.com/sciencebasedmedicine.org/www.ucihealth.org/originsfunctionalwellness.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Gripe Espanhola

Gripe Espanhola

PUBLICIDADE Definição A pandemia de gripe espanhola é a catástrofe contra a qual todas as pandemias modernas …

Viroides

PUBLICIDADE Definição Os viroides são os menores patógenos infecciosos conhecidos, constituídos apenas por um RNA circular …

Animais Invertebrados

PUBLICIDADE Definição de Invertebrado Invertebrados são animais que não têm espinha dorsal. A coluna vertebral …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.