Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Saúde / Coronavírus

Coronavírus

PUBLICIDADE

Definição

Coronavírus é um tipo de vírus comum que causa uma infecção no nariz, nos seios da face ou na parte superior da garganta.

A maioria dos coronavírus não é perigosa.

Mas geralmente um coronavírus causa sintomas de resfriado comuns que você pode facilmente tratar com medicação de repouso e de venda livre.

Os coronavírus foram identificados pela primeira vez na década de 1960, mas não sabemos de onde eles vêm. Eles recebem o nome da forma de coroa. Às vezes, mas não frequentemente, um coronavírus pode infectar animais e humanos.

Coronavírus – Vírus

O Coronavírus é um de um grupo de vírus de RNA, assim chamado porque se parece com uma coroa ou halo quando visto sob o microscópio eletrônico. A coroa ou halo é devido a uma série de projeções de superfície no envelope viral.

O genoma do coronavírus é uma fita única de RNA de 32 kilobases de comprimento e é o maior genoma do vírus de RNA conhecido. Coronavírus também são incomuns, pois têm a maior freqüência conhecida de recombinação de qualquer vírus de RNA de cadeia positiva, combinando promiscuamente informações genéticas de diferentes fontes.

Coronavírus são onipresentes. Eles são a segunda principal causa do resfriado comum (após os rinovírus). Os membros da família dos coronavírus causam doenças graves entre os animais, incluindo hepatite (inflamação do fígado) em ratos e gastroenterite (inflamação do sistema digestivo) em porcos e infecções respiratórias (em aves).

O primeiro coronavírus foi isolado em 1937.

Era o vírus da bronquite infecciosa aviária, que pode causar doenças devastadoras em bandos de galinhas.

Desde então, descobriu-se que coronavírus relacionados infectam bovinos, suínos, cavalos, perus, gatos, cães, ratos e camundongos.

O primeiro coronavírus humano foi cultivado na década de 1960 a partir de cavidades nasais de pessoas com o resfriado comum.

Dois coronavírus humanos, OC43 e 229E, causam cerca de 30% de resfriados comuns. O coronavírus SARS é diferente e distinto deles e de todos os outros coronavírus conhecidos.

Coronavírus
Esquema de um coronavírus

Coronavírus
Imagem microscópica – Coronavírus

Coronavírus são vírus muito incomuns. Eles têm um genoma de mais de 30.000 nucleotídeos e são gigantescos, como os vírus. Eles também são incomuns em como eles se reproduzem.

Os coronavírus têm um mecanismo de replicação em duas etapas. (Muitos genomas de vírus de RNA contêm um único gene grande que é traduzido pela maquinaria celular do hospedeiro para produzir todas as proteínas virais.)

Os coronavírus podem conter até 10 genes separados. A maioria dos ribossomos traduz o maior desses genes, chamado replicase, que por si só é o dobro do tamanho de muitos outros genomas de RNA viral. O gene da replicase produz uma série de enzimas que usam o resto do genoma como molde para produzir um conjunto de moléculas de RNA mensageiro menores e sobrepostas, que são então traduzidas para as chamadas proteínas estruturais – os blocos de construção de novas partículas virais.

O que é um Coronavírus?

Coronavírus
Coronavírus

Coronavírus, da família Coronaviridae, é uma classe de vírus animal associada ao resfriado comum e outras condições mais graves, como pneumonia e síndrome respiratória aguda grave.

Devido à mutação, algumas formas de coronavírus são extremamente contagiosas e potencialmente fatais.

Indivíduos que experimentam sintomas persistentes que aumentam em gravidade precisam procurar atendimento médico para prevenir novas doenças e possíveis complicações.

A estrutura molecular dos coronavírus contribui para a sua capacidade de entrar no seu hospedeiro.

Composta de proteínas, a estrutura do coronavírus é composta por um pico, nucleocapsídeo, envelope e membrana. A presença de glicoproteínas promove a capacidade do vírus de se ligar às células do hospedeiro e sofrer mutações. Tem sido sugerido que a capacidade do vírus de sofrer mutações é o que o torna tão contagioso. A reinfecção é outra característica associada às doenças da família Coronaviridae.

Quando ativo durante o inverno e início da primavera, acredita-se que o coronavírus seja responsável pela maioria dos casos de resfriado comum. A capacidade do vírus de sofrer mutação e se infectar é mais evidente durante a estação fria, quando os indivíduos que sofrem resfriados podem melhorar e, em seguida, descer pela mesma segunda e terceira vez. Consciência sobre a prevenção da propagação de germes é essencial para quebrar a natureza potencialmente cíclica do resfriado comum.

O coronavírus humano é um grupo secundário de vírus da família Coronavirus. Pesquisas sugerem que esse grupo secundário desempenha um papel no desenvolvimento de doenças respiratórias.

O coronavírus humano tem sido documentado como sendo a causa exclusiva de doenças como bronquite, bronquiolite e pneumonia.

Semelhante à bronquite, que é uma inflamação do revestimento dos brônquios, a bronquiolite é uma inflamação dos bronquíolos, ou pequenas passagens nos pulmões.

Esta infecção viral afeta crianças e bebês durante os meses de outono e inverno. Embora o tratamento geralmente não seja necessário, nos casos em que a criança estiver extremamente doente, medicamentos antivirais podem ser administrados. Uma criança com bronquiolite pode sentir febre, chiado ou falta de ar.

Um diagnóstico é geralmente confirmado testando o fluido nasal da criança e realizando uma radiografia de tórax.

Tal como acontece com outros distúrbios respiratórios, a pneumonia resulta de uma inflamação do pulmão.

Sintomas como falta de ar, febre e tosse podem ser indicativos de pneumonia. Um diagnóstico é feito através de uma variedade de testes, incluindo hemograma completo, tomografia computadorizada da região do tórax e teste de cultura do escarro do indivíduo, a substância parecida com um muco descarregada com tosse intensa. Alguns casos de pneumonia requerem hospitalização, enquanto casos menos graves podem exigir apenas a administração de antibióticos.

A síndrome respiratória aguda grave é uma forma grave de pneumonia que resulta em desconforto respiratório agudo.

Potencialmente fatal, a síndrome respiratória aguda grave é uma condição altamente contagiosa que foi descrita pela primeira vez no início de 2003 por um médico da Organização Mundial de Saúde (OMS) que mais tarde sucumbiu à doença. Um indivíduo que tem a síndrome respiratória aguda grave libera contaminantes para o ar quando ele ou ela tosse ou espirra. Essas gotículas contaminadas são o principal veículo de transmissão. Os sintomas se manifestam dentro de dois a dez dias após entrar em contato com um indivíduo doente ou objeto contaminado.

Indivíduos com a síndrome respiratória aguda grave podem apresentar sintomas como vômitos, diarréia, coriza e dor de garganta. Os testes utilizados para diagnosticar a SARS incluem uma tomografia computadorizada do tórax, hemograma completo e radiografia de tórax.

O tratamento para a síndrome respiratória aguda grave inclui hospitalização isolada, administração de medicamentos antibióticos e antivirais e esteroides para reduzir a inflamação pulmonar. Em casos graves, o oxigênio pode ser administrado além da ventilação mecânica ou do suporte respiratório artificial.

As complicações associadas à síndrome respiratória aguda grave incluem insuficiência respiratória, cardíaca e hepática.

Sintomas – Coronavírus humanos comuns

Coronavírus humanos comuns, incluindo os tipos 229E, NL63, OC43 e HKU1, geralmente causam doenças leves a moderadas do trato respiratório superior, como o resfriado comum. A maioria das pessoas se infecta com esses vírus em algum momento de suas vidas. Estas doenças geralmente duram apenas por um curto período de tempo.

Os sintomas podem incluir:

Coriza
Dor de cabeça
Tosse
Dor de garganta
Febre
Uma sensação geral de mal estar

Os coronavírus às vezes podem causar doenças do trato respiratório inferior, como pneumonia ou bronquite. Isso é mais comum em pessoas com doença cardiopulmonar, pessoas com sistema imunológico enfraquecido, bebês e adultos mais velhos.

Fonte:

www.cdc.gov/ruleof6ix.fieldofscience.com/www.wisegeek.org/www.medicalnewstoday.com/medlineplus.gov/www.seeker.com/www.ncbi.nlm.nih.gov/www1.nyc.gov

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Síndrome da Porta

Síndrome da Porta

PUBLICIDADE Definição A síndrome da porta é uma síndrome de anomalias congênitas múltiplas – deficiência intelectual caracterizada …

Tumor Misto

PUBLICIDADE Definição Um tumor misto é um tumor que deriva de vários tipos de tecido. Os tumores …

Síndrome de Asperger

PUBLICIDADE Definição A síndrome de Asperger é um distúrbio do desenvolvimento. É um transtorno do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+