Breaking News
Home / Saúde / Acrocianose

Acrocianose

PUBLICIDADE

Acrocianose – Definição

Acrocianose é um distúrbio vascular periférico funcional caracterizado por descoloração azulada da pele e da membrana mucosa devido à diminuição da oxiemoglobina.

Pode ser devido a defeitos de oxigenação tecidual central ou local. É uma desordem episódica dolorosa, onde alterações tróficas e ulcerações são muito raras, exceto na variante necrosante.

Por definição, refere-se a descoloração azul ou cianótica anormalmente profunda persistente da pele nas extremidades (mãos e pés mais comumente) devido à diminuição da oxiemoglobina.

A acrocianose é uma desordem vascular periférica funcional caracterizada por descoloração malhada ou cianose das mãos, pés e, às vezes, da face.

acrocianose é causada por vasoespasmo dos pequenos vasos da pele em resposta ao frio.

Acrocianose – O que é

Acrocianose é uma diminuição na quantidade de oxigênio entregue às extremidades. As mãos e os pés ficam azuis por causa da falta de oxigênio.

A diminuição do suprimento sanguíneo para as áreas afetadas é causada por constrição ou espasmo de pequenos vasos sanguíneos.

Acrocianose, também conhecida como pernio ou frieiras, é uma condição dolorosa dos pequenos vasos sanguíneos que resulta da circulação prejudicada.

Induzida pela exposição a mudanças extremas de temperatura, a acrocianose pode aumentar as chances de desenvolvimento de infecção dérmica e ulceração tecidual.

O tratamento para a acrocianose geralmente envolve medicações tópicas e, em alguns casos, medicamentos prescritos para ajudar a facilitar a apresentação dos sintomas.

Indivíduos que desenvolvem acrocianose geralmente experimentam uma reação fisiológica atípica ao frio.

Quando indivíduos com pernio aquecem sua pele resfriada com muita rapidez, os pequenos vasos sanguíneos na área afetada se expandem rapidamente, levando a uma onda de sangue para os vasos e tecidos circundantes.

Além de seus sintomas característicos, o influxo de excesso de sangue também pode contribuir para o desenvolvimento de bolhas que ulceram e rompem, aumentando as chances de desenvolvimento de infecções e complicações.

Além do frio, há uma variedade de outros fatores que podem contribuir para o aparecimento dos sintomas do pernio.

A exposição regular a condições úmidas também pode desencadear o desenvolvimento de sintomas em certos indivíduos.

Indivíduos com má circulação e baixo peso corporal podem apresentar maior risco de desenvolver essa condição circulatória. Roupas e calçados justos também podem contribuir para a apresentação dos sintomas, devido ao efeito adverso que esses itens podem ter nas extremidades afetadas, como pernas e pés.

Quando os indivíduos desenvolvem sintomas pronunciados de acrocianose grave, uma visita ao médico da família pode ser necessária. Se o tecido empolado for infectado ou adotar uma aparência anormal, deve-se procurar atendimento médico para evitar um agravamento da condição.

Sintomas persistentes que não desaparecem em um período de tempo razoável também devem ser relatados a um médico para evitar a possibilidade de complicações.

Indivíduos com condições existentes que podem afetar adversamente sua circulação, incluindo diabetes, devem procurar atendimento médico para quaisquer anormalidades dérmicas ou lesões de cicatrização lenta.

Indivíduos sintomáticos geralmente desenvolvem sinais indicadores de acrocianose. Mais frequentemente, a circulação excessiva irá induzir comichão e manchas inflamadas na área afetada. Geralmente afetando as mãos, os pés e os respectivos dígitos de cada um, o pernio pode causar inchaço localizado e sensações de queimação ou formigamento. As áreas afetadas também podem mostrar uma descoloração, geralmente uma tonalidade azulada ou roxa.

A maioria dos casos de acrocianose pode ser tratada com medicamentos tópicos sem receita médica para aliviar o desconforto causado pela coceira e inflamação, como loções e cremes corticosteróides.

Indivíduos com casos moderados a graves de acrocianose podem ser prescritos para baixar a pressão arterial, o que pode ajudar na expansão dos vasos sanguíneos. Independentemente da gravidade dos sintomas, as lesões abertas e as feridas devem ser mantidas limpas e cobertas para evitar a infecção.

Acrocianose – Descrição

Acrocianose

acrocianose é um distúrbio indolor causado pela constrição ou estreitamento de pequenos vasos sanguíneos na pele dos pacientes afetados.

O espasmo dos vasos sanguíneos diminui a quantidade de sangue que passa por eles, resultando em menos sangue sendo entregue às mãos e aos pés. As mãos podem ser a principal área afetada. As áreas afetadas ficam azuis e ficam frias e suadas. Inchaço localizado também pode ocorrer. A emoção e as temperaturas frias podem piorar os sintomas, enquanto o calor pode diminuir os sintomas. A doença é vista principalmente em mulheres e o efeito do distúrbio é principalmente cosmético. As pessoas com a doença tendem a ficar desconfortáveis, com mãos e pés suados, frios e com coloração azulada.

Acrocianose – Causas e sintomas

Os nervos simpáticos causam constrição ou espasmos nos vasos sanguíneos periféricos que fornecem sangue para as extremidades. Os espasmos são uma contração dos músculos nas paredes dos vasos sanguíneos.

A contração diminui o diâmetro interno dos vasos sanguíneos, diminuindo assim a quantidade de fluxo sanguíneo através da área afetada. Os espasmos ocorrem de forma persistente, resultando na redução a longo prazo do suprimento de sangue para as mãos e pés. Sangue suficiente ainda passa pelos vasos sanguíneos para que o tecido nas áreas afetadas não fique sem oxigênio ou morra.

Principalmente, os vasos sanguíneos próximos à superfície da pele são afetados.

Acrocianose – Diagnóstico

Acrocianose

Acrocianose

O diagnóstico é feito pela observação dos principais sintomas clínicos, incluindo mãos e/ou pés persistentemente azuis e suados e ausência de dor. O resfriamento das mãos aumenta o azul, enquanto o aquecimento das mãos diminui a cor azul. O pulso do paciente com acrocianose é normal, o que exclui doenças obstrutivas.

A doença de Raynaud difere da acrocianose por causar fases de coloração branca e vermelha da pele, não apenas descoloração azulada.

Acrocianose – Tratamento

acrocianose geralmente não é tratada. Medicamentos que bloqueiam a captação de cálcio (bloqueadores dos canais de cálcio) e antagonistas alfa-um reduzem os sintomas na maioria dos casos.

Drogas que dilatam os vasos sanguíneos são eficazes apenas algumas vezes. A transpiração das áreas afetadas pode ser abundante e requer tratamento. A cirurgia para cortar os nervos simpáticos raramente é realizada.

Acrocianose – Prognóstico

acrocianose é uma doença benigna e persistente. A principal preocupação dos pacientes é estética. Se não for tratada, a doença não piora.

Fonte: www.ncbi.nlm.nih.gov/www.dermnetnz.org/www.pcds.org.uk/www.canevafootclinic.com/www.cvillefootankle.com/www.nearnorthpodiatry.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Saúde

PUBLICIDADE A palavra saúde refere-se a um estado de completo bem-estar emocional e físico. A saúde existe …

Pé de atleta

PUBLICIDADE Pé de atleta – Definição O pé de atleta é uma infecção fúngica comum na qual …

Mucormicose

PUBLICIDADE Mucormicose – Definição A mucormicose é uma doença rara, mas muitas vezes fatal, causada por certos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.