Breaking News
Home / Saúde / Arbovírus

Arbovírus

PUBLICIDADE

Definição

Arbovírus é uma classe de vírus transmitida aos seres humanos por artrópodes, como mosquitos e carrapatos.

O nome arbovírus foi cunhado em parte pelo Dr. William C. Reeves (1916-2004) para conotar a classe de vírus carregados por insetos e responsável por doenças como malária, dengue, encefalite e Nilo Ocidental.

O que são

Arbovírus são vírus transmitidos por artrópodes, o filo de animais que inclui insetos.

A palavra arbovírus é uma forma abreviada de vírus transmitido por artrópodes.

Muitos arbovírus medicamente importantes são transmitidos por mosquitos, carrapatos e flebotomíneos ou moscas da areia. Os insetos causam infecção através de sua picada, introduzindo o vírus na corrente sanguínea.

As famílias de arbovírus são os Bunyaviridae, os Flaviviridae, os Reoviridae e os Togaviridae.

A maioria dos arbovírus não afeta os seres humanos ou causa apenas efeitos leves, como erupção cutânea ou febre.

No entanto, algumas formas de arbovírus podem causar uma infecção muito grave e podem até resultar em morte.

Muitas formas de arbovírus que afetam os seres humanos também são comuns entre os animais domesticados, e os insetos são responsáveis pela transmissão da doença entre animais e seres humanos.

Alguns arbovírus comuns que podem causar encefalite ou inchaço do cérebro incluem o vírus do Nilo Ocidental, as diferentes cepas do vírus da encefalite equina e o vírus da encefalite de St. Louis, todos transmitidos por mosquitos.

Como o próprio nome sugere, o vírus da encefalite eqüina também comumente infecta cavalos. O vírus da encefalite transmitida por carrapato causa sintomas semelhantes aos arbovírus encefalíticos nascidos em mosquitos.

Outros arbovírus causam febre hemorrágica viral, uma doença caracterizada por febre alta, distúrbios hemorrágicos, alucinações, vômitos e diarréia.

Exemplos disso são dengue ou febre da espinha dorsal e febre amarela, ambas transmitidas por mosquitos, e febre hemorrágica do Congo da Criméia e febre do Colorado, ambas transmitidas por carrapatos.

Os arbovírus transportados pelos plebotomíneos, comumente chamados de flebotomíneos, são coletivamente classificados como flebovírus. Um dos flebovírus mais conhecidos é o vírus Toscana, que apresenta sintomas que variam de febre a encefalite e meningite, inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro.

Crianças, idosos e indivíduos imunocomprometidos são frequentemente suscetíveis à infecção por arbovírus. Alguns arbovírus atualmente não têm cura, embora o sistema imunológico possa se defender contra a doença.

A infecção por arbovírus pode ser evitada com o uso de inseticidas e repelentes de insetos, vestindo roupas de proteção e eliminando os criadouros de insetos transmissores de arbovírus.

A história dos arbovírus

Um dos vetores mais comuns para arbovírus é o Aedes aegypti, ou o mosquito da febre amarela. Além da febre amarela, esta espécie pode espalhar dengue, chikungunya, zika e mayaro.

Devido ao comércio de escravos na África e à crescente globalização, o alcance do A. aegypti expandiu-se dramaticamente ao longo dos séculos XV a XIX.

Isso resultou em muitas epidemias de dengue que se espalharam pela Ásia, África e América do Norte nos séculos XVIII e XIX.

A primeira proposta de artrópodes sendo vetores de doenças não foi apresentada até 1881, quando Carlos Finlay, um médico e cientista cubano, sugeriu que a febre amarela não era transmitida pelo contato humano como se pensava inicialmente, mas sim por mosquitos. Não foi até 1901, 20 anos depois, que o major Walter Reed confirmou a ideia.

A próxima grande descoberta veio cinco anos depois, em 1906, quando se descobriu que a dengue era transmitida por A. aegypti, e a febre amarela, as duas primeiras doenças conhecidas por serem causadas por vírus.

Em seguida, vieram as descobertas da encefalite transmitida por carrapatos em 1936 e do vírus do Nilo Ocidental em 1937.

Devido ao aumento das ligações globais de transporte, adaptação de vetores de artrópodes às cidades, aumento do alcance devido a mudanças climáticas e falha em conter surtos de mosquitos, os arbovírus têm visto uma emergência rápida e disseminada nos últimos anos. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), antes de 1970, apenas nove países haviam sofrido epidemias de dengue graves, mas a doença é agora endêmica em mais de 100 países.

Enquanto a emergência de arbovírus está aumentando em todo o mundo, um arbovírus tem sido uma preocupação especial nos últimos anos.

Em 1947, o vírus Zika foi identificado pela primeira vez em macacos; cinco anos depois, a doença foi descoberta em humanos. Para as próximas décadas, o alcance do Zika se espalhou, mas não houve surtos e apenas 14 casos humanos de zika foram documentados. Devido à falta de casos, o vírus não era de preocupação geral até 2007, quando houve um grande surto na Ilha do Pacífico de Yap.

Nos anos seguintes, investigações intensas foram conduzidas nos principais surtos em outras quatro ilhas do Pacífico. Após um grande surto de 2015 no Brasil, a incidência de microcefalia (um defeito congênito em que a cabeça do bebê é muito menor do que o normal) subiu acentuadamente. Logo após o surto, foi anunciado que o zika está associado ao aumento da microcefalia e outros distúrbios neurológicos.

O que são doenças arbovirais?

A doença dos arboviroses é um termo geral usado para descrever infecções causadas por um grupo de vírus disseminado para as pessoas pela picada de artrópodes infectados (insetos), como mosquitos e carrapatos.

Essas infecções geralmente ocorrem durante os meses de clima quente, quando mosquitos e carrapatos estão ativos.

Exemplos incluem encefalite da Califórnia, Chikungunya, dengue, encefalite equina oriental, Powassan, encefalite de St. Louis, Nilo Ocidental, febre amarela e zika.

Outras doenças disseminadas pela picada de artrópodes infectados que não são infecções virais, como a doença de Lyme, que é uma infecção bacteriana, e a babesiose, que é uma infecção parasitária, não são arbovírus.

Fonte: www.health.ny.gov/microbiologysociety.org/www.wisegeek.org/www.ncbi.nlm.nih.gov/www.frontiersin.org

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Viroides

PUBLICIDADE Definição Os viroides são os menores patógenos infecciosos conhecidos, constituídos apenas por um RNA circular …

Supernova

PUBLICIDADE Uma supernova é a explosão de uma estrela na qual a estrela pode atingir …

Animais Invertebrados

PUBLICIDADE Definição de Invertebrado Invertebrados são animais que não têm espinha dorsal. A coluna vertebral …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.