Breaking News
Home / Saúde / Bradipneia

Bradipneia

PUBLICIDADE

Definição

A bradipneia é o termo médico para uma taxa reduzida de respiração, taxa de respiração anormalmente lenta.

O critério para isso é quando a taxa de respiração de uma pessoa é menor que 12 respirações por minuto.

A bradipneia pode dever-se a vários motivos subjacentes ou condições médicas, ou pode ocorrer mesmo durante um sono normal.

No entanto, se a bradipneia ocorrer enquanto você ainda está acordado, pode ser um sinal de certas condições que atrapalham sua respiração.

Normalmente, seu padrão de respiração é controlado pelo cérebro, enquanto você não percebe o número de respirações que você toma. Se alguma coisa comprometer esse processo, isso pode levar a uma taxa anormalmente baixa de respiração.

E respiração difícil, ou falta de ar, é chamada de dispneia.

O que é Bradipneia?

A bradipneia é uma taxa de respiração anormalmente lenta, definida como menos de 12 respirações por minuto para pessoas entre as idades de 12 e 50 anos.

As taxas de respiração variam para adultos mais velhos e crianças mais novas.

Quando um paciente apresenta bradipneia, sugere que o paciente pode não estar recebendo oxigênio suficiente e pode ser um sinal de um problema médico subjacente que precisa ser abordado. Uma variedade de prestadores de cuidados pode estar envolvida no processo de diagnóstico para determinar por que um paciente está respirando mais lentamente do que o habitual.

Uma razão para um paciente estar respirando devagar é porque ele ou ela está dormindo.

A bradipneia é normal quando as pessoas estão dormindo, pois o corpo como um todo fica mais lento.

No entanto, em alguém que está acordado, uma frequência respiratória lenta geralmente é um sinal de um problema, a menos que a pessoa esteja fazendo exercícios respiratórios que podem envolver lentidão e aprofundamento da respiração.

Uma causa comum de bradipneia é a sedação. As drogas sedativas podem reduzir a frequência respiratória, assim como substâncias como o álcool, que podem ter um efeito depressivo no sistema respiratório. As pessoas que abusam de opiáceos e opioides também podem desenvolver bradipneia.

Outra causa é um tumor no cérebro ou uma alta pressão intercraniana que afeta as áreas do cérebro envolvidas na regulação da respiração.

Certos distúrbios metabólicos também podem estar envolvidos na bradipneia.

Bradipneia
Bradipneia

Os pacientes também podem desenvolver descompensação respiratória, onde o sistema respiratório está danificado ou comprometido e não funciona tão eficazmente como deveria. Isso é comum em adultos mais velhos, pois seus corpos se desgastam e também pode ocorrer em pessoas com condições pulmonares crônicas e condições que envolvem o sistema nervoso.

Outra causa de bradipneia é a insuficiência renal.

Todas essas causas podem ser perigosas, não apenas porque limitam o suprimento de oxigênio pela diminuição da respiração, mas também porque podem colocar em risco outros sistemas de órgãos do corpo.

O tratamento imediato para bradipneia pode envolver a administração de oxigênio suplementar ao paciente. No longo prazo, um prestador de cuidados precisa descobrir o que está causando a respiração lenta e resolver isso.

Os tratamentos podem incluir desde cirurgias para lidar com pressões intercranianas perigosamente altas, até a permanência em um programa de reabilitação para um paciente com um problema de dependência.

Se um paciente tiver uma condição que aumente o risco de bradipneia, como insuficiência renal ou tumor cerebral, os prestadores de cuidados podem ser aconselhados a monitorar cuidadosamente o paciente em busca de sinais de respiração lenta e trabalhosa.

Outros problemas com a frequência respiratória podem incluir taquipnéia, que está respirando muito rapidamente, e apneia, que não está respirando de todo.

O que causa a bradipneia?

Existem muitas causas de bradipneia, pois qualquer coisa que perturbe a regulação normal da respiração pelo cérebro pode ser um fator causal.

A seguir estão essas causas:

Hipotireoidismo: A glândula tireóide é responsável por regular nosso metabolismo e pode afetar nossa taxa de respiração se o nível dos hormônios tireoidianos na corrente sanguínea diminuir.

Apneia obstrutiva do sono: Nesta condição, os pacientes acordam várias vezes por noite devido ao bloqueio espontâneo de suas vias aéreas. Isso resulta em baixa frequência respiratória e, portanto, episódios recorrentes de bradipneia.

Efeito dos narcóticos: Essas drogas afetam o humor e induzem um sentimento de euforia, afetando nosso sistema nervoso. Narcóticos retardam o desempenho do cérebro e subsequentemente os centros respiratórios do cérebro. Isso leva a uma diminuição da frequência respiratória.

Doenças cerebrais: Qualquer coisa que afete a fisiologia do cérebro, como coágulos sanguíneos ou mesmo tumores, pode afetar seu funcionamento normal. Os danos fazem a medula oblonga e o córtex cerebral que controla os centros respiratórios resultam em bradipneia.

Problemas cardíacos: Problemas com o coração frequentemente causam problemas nos pulmões, pois estão interconectados e dependem um do outro para promover a circulação sanguínea. Qualquer caso de frequência cardíaca baixa pode levar a bradipneia.

Outras causas:

Pressão alta
Miocardite (infecção cardíaca)
Velhice
Desequilíbrio eletrolítico
Fumar
Doença inflamatória (como lupus)
Insuficiência hepática
Medicamentos (Estes podem incluir medicamentos para distúrbios do ritmo cardíaco e hipertensão arterial).

Quais são os sintomas da bradipneia?

Os seguintes sinais e sintomas podem estar presentes em um indivíduo que sofre de bradipneia:

Tontura
Fadiga
Desmaio ou quase desmaio
Letárgico ou fraqueza
Desconforto no peito ou dores
Falta de ar ou falta de ar
Taxa de respiração anormalmente baixa
Confusão ou comprometimento da memória
Sentimentos de exaustão

Complicações de bradipneia

A oxigenação do sangue ocorre principalmente durante a respiração, por isso, quando a nossa respiração diminui, o mesmo acontece com o nosso nível de oxigenação do sangue.

Isso pode levar às seguintes condições:

Hipoxemia: A condição na qual há uma insuficiência na entrega de oxigênio no sangue.
Hipercapnia: A condição na qual há um aumento na quantidade de dióxido de carbono no sangue.
Acidose respiratória: Um estado caracterizado por um nível desproporcional do equilíbrio ácido-base causa hipoventilação alveolar.

Essas condições podem levar ao aumento de episódios de desmaios e problemas cardíacos. Um sistema respiratório comprometido associado à bradipneia pode ser fatal e potencialmente causar danos a outros órgãos e tecidos.

Nos casos mais graves de bradipneia, pode ocorrer morte súbita ou parada cardíaca.

Fonte: www.healthline.com/www.sciencedirect.com/www.wisegeek.org/www.belmarrahealth.com/www.ncbi.nlm.nih.gov/www.hxbenefit.com/

Veja também

Dermatófitos

Dermatófitos

PUBLICIDADE Definição Dermatófitos são um rótulo comum para um grupo de três tipos de fungos que …

Coração de Atleta

Coração de Atleta

PUBLICIDADE Definição É um aumento não patológico do coração resultante do exercício aeróbico intensivo. Um …

Cistocele

Cistocele

PUBLICIDADE Definição Cistocele é um deslocamento da bexiga fora de sua localização natural (pélvis). É, portanto, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.