Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Saúde / Hipercolesterolemia

Hipercolesterolemia

PUBLICIDADE

Definição

Hipercolesterolemia é definida como quantidades elevadas de colesterol no sangue.

colesterol é uma substância cerosa e gordurosa que é encontrada naturalmente nas paredes das células. É usado pelo organismo para produzir certos hormônios, vitamina D e ácidos biliares que ajudam a digerir a gordura.

Se as quantidades de colesterol no sangue forem excessivas, o colesterol pode se acumular nas artérias, o que pode levar à doença coronariana e a muitas outras doenças graves.

O que é Hipercolesterolemia?

hipercolesterolemia ocorre quando há um nível elevado de colesterol total na corrente sanguínea. É o resultado de altos níveis de lipoproteína de baixa densidade ( LDL ) em comparação com o colesterol de lipoproteína de alta densidade (HDL). Estes são os dois principais grupos de colesterol.

LDL, o colesterol “ruim”, deixa para trás depósitos de gordura ou placas nos vasos sanguíneos. A acumulação destas placas congestiona os vasos sanguíneos e bloqueia o fornecimento de sangue aos órgãos. HDL, o colesterol “bom”, limpa o colesterol em excesso do corpo, minimizando assim a quantidade de congestionamento e bloqueio.

hipercolesterolemia endurece e estreita os vasos sanguíneos em várias partes do corpo, levando a doenças fatais, como dores no peito, ataque cardíaco e derrame. Vasos sanguíneos bloqueados nos membros podem causar dor, úlceras, infecções e gangrena.

Causas

A principal causa da hipercolesterolemia é um estilo de vida pouco saudável. A falta de exercício e uma dieta rica em gordura saturada e colesterol aumentam a quantidade de LDL na corrente sanguínea. Esse estilo de vida pode levar à obesidade, que por si só causa a superprodução de colesterol. Aqueles que bebem álcool e / ou fumam cigarros aumentam excessivamente o risco desta condição.

Certas doenças, como distúrbios renais, doenças do fígado e diabetes, impedem o corpo de processar o colesterol eficientemente, aumentando assim os níveis de colesterol total. Além disso, aqueles com história familiar de doença cardíaca tendem a ter maior probabilidade de desenvolver hipercolesterolemia.

Embora rara, a hipercolesterolemia pode resultar de uma condição hereditária conhecida como distúrbio lipídico. Neste caso, um defeito genético nas células do fígado provoca a produção excessiva de colesterol LDL desde o nascimento.

Sintomas

hipercolesterolemia é um assassino lento e silencioso. Não há sintomas físicos visíveis até que se desenvolva em outras doenças, como ataque cardíaco e derrame.

Diagnóstico

hipercolesterolemia é diagnosticada através de um exame de sangue. O paciente é obrigado a jejuar de todos os alimentos e bebidas, exceto água, por 12 horas antes que uma amostra de sangue seja coletada. O exame de sangue medirá os níveis de LDL, HDL e colesterol total. Estes níveis são medidos em miligramas (mg) por decilitro (dL) de sangue. Um nível de colesterol total desejável é menor que 200 mg / dL, enquanto um nível limítrofe é entre 200 e 239 mg / dL. A hipercolesterolemia é diagnosticada quando o nível de colesterol total excede 240 mg / dl.

Tratamento

O tratamento da hipercolesterolemia se concentra na diminuição do nível de colesterol LDL.

Existem duas maneiras de fazer isso:

1. Mudança de Estilo de Vida

Uma dieta saudável e exercícios regulares são essenciais. Uma dieta rica em fibras e pobre em gordura saturada e colesterol reduz o nível de colesterol LDL no organismo. Simultaneamente, um bom programa de exercícios é altamente recomendado para elevar o nível de colesterol HDL.

O peso deve ser gerenciado constantemente. Libra quilos extras para manter o peso desejável. Lembre-se, o excesso de peso ou obesidade, por si só, aumenta a incidência de hipercolesterolemia. Além disso, aqueles que fumam devem parar, pois o tabagismo reduz o nível de colesterol HDL. Outros benefícios da cessação incluem menor pressão arterial e redução do risco de câncer de pulmão e doenças cardíacas.

2. Medicamentos

Se a dieta e os exercícios forem insuficientes, os médicos também podem recomendar medicamentos. As estatinas são uma classe comum de medicamentos prescritos para hipercolesterolemia e incluem Pravastatina, Fluvastatina, Sinvastatina, Atorvastatina e Lovastatina. Gemfibrozil, colestiramina e niacina são outros medicamentos que ajudam a diminuir os níveis de colesterol no sangue. Dependendo da gravidade da condição, os médicos podem prescrever um ou mais desses medicamentos.

hipercolesterolemia não discrimina. Qualquer pessoa que tenha um estilo de vida pouco saudável e / ou tenha um histórico familiar de doença cardíaca é especialmente propensa a essa condição. Portanto, é prudente que os níveis de colesterol sejam verificados regularmente para detectar a condição em seus estágios iniciais.

Qual é a fisiopatologia da Hipercolesterolemia?

O termo fisiopatologia da hipercolesterolemia pode parecer intimidante. É, no entanto, um conceito vital que se relaciona com a saúde de todos. Basicamente, a fisiopatologia da hipercolesterolemia refere-se às ações científicas do colesterol elevado.

fisiopatologia da hipercolesterolemia está relacionada às causas e implicações potenciais do colesterol elevado. As palavras fisiopatologia da hipercolesterolemia podem ser divididas para obter uma visão do seu significado. Patho significa doença causando, e fisiologia refere-se aos sistemas do corpo.

O prefixo hiper descreve um nível elevado e colesterolemia significa colesterol, mais especificamente no sangue. Quando todas essas coisas são colocadas juntas, esta longa frase é simplificada para o estado anormal de níveis elevados de colesterol no sangue.

colesterol é como impostos; a maioria das pessoas pensa que é ruim o tempo todo sem perceber que também pode ser bom. Sem colesterol, por exemplo, muitas células do corpo não poderiam sobreviver estruturalmente. Como qualquer coisa boa, às vezes é muito ruim. Quando o colesterol está presente em quantidades excessivas, os sistemas do corpo podem começar a reagir negativamente.

colesterol alto é tipicamente temido, mas não é compreendido. Há bom colesterol alto, por exemplo, conhecido como colesterol de alta densidade, ou HDL.

colesterol de baixa densidade, considerado LDL, é do tipo ruim. Esta besta fisiológica traiçoeira pode formar coleções duras nas estruturas vasculares do corpo, agindo para entupir as veias e artérias.

Hipercolesterolemia
Colesterol bom e ruim
O corpo produz lipoproteína de baixa densidade e colesterol de lipoproteína de alta densidade

Angioplastia
Tratamento cirúrgico de angina pectoris
A angioplastia pode ser usada para tratar artérias coronárias entupidas causadas por altos níveis de colesterol no sangue

Esses acúmulos não só obstruem o fluxo sanguíneo, como também representam um risco potencial para mais problemas. Eles podem endurecer os vasos sanguíneos ou romper as paredes dos vasos e se alojarem em lugares distantes de seus locais originais. Às vezes, esses acúmulos, chamados de pragas, podem entupir completamente uma veia ou artéria, causando um derrame ou um ataque cardíaco no processo. Independentemente de como as placas se manifestam, o resultado final é uma má notícia.

fisiopatologia da hipercolesterolemia é importante porque pode ajudar os cientistas a entender as causas e os tratamentos do colesterol elevado, bem como o mecanismo que o colesterol usa para prejudicar o corpo. Sem este importante campo de estudo, muitos doentes que vivem vidas normais seriam de outra forma limitados pela sua doença. Enquanto um estilo de vida de má saúde geralmente é o culpado, existem alguns casos de causas genéticas que discriminam os desafortunados.

hipercolesterolemia é uma coisa ruim, e quanto mais as pessoas souberem aproveitar esse monstro, melhor.

O que é Hipercolesterolemia pura?

hipercolesterolemia pura, também chamada hipercolesterolemia familiar, é uma condição hereditária que pode elevar os níveis de colesterol não saudáveis.

Estudos moleculares identificaram dois genes que impedem o corpo de metabolizar lipídios de baixa densidade ( LDL ) eficientemente. Filhos de pais que carregam um gene defeituoso podem desenvolver riscos mais elevados de doenças cardíacas associadas à hipercolesterolemia pura. Os riscos aumentam se ambos os pais tiverem um ou mais genes mutantes.

Os sintomas desta condição podem incluir marcas na pele chamadas xantomas que aparecem nos joelhos e cotovelos. Alguns pacientes também desenvolvem esses depósitos de gordura na córnea, nas pálpebras ou nas nádegas. Sinais de doença cardíaca causada por hipercolesterolemia pura podem incluir dor no peito que começa em um paciente relativamente jovem.

colesterol consiste em formas não solúveis de gordura chamadas lipídios, presentes em todos os animais e seres humanos. O corpo armazena essas gorduras essenciais para usar como energia e usa lipídios para produzir vitamina D na pele. Os lipídios também criam hormônios sexuais e ajudam a reparar as células. A maior parte do colesterol no corpo humano é produzido no fígado. Cerca de um terço é proveniente de animais e laticínios.

O colesterol LDL, frequentemente chamado de colesterol ruim, pode levar à aterosclerose, um distúrbio que causa o acúmulo de depósitos de gordura chamados placas nas artérias cardíacas que podem bloquear o fluxo sanguíneo. Pacientes diagnosticados com hipercolesterolemia pura geralmente apresentam níveis elevados de LDL e níveis mais baixos de lipídios de alta densidade ( HDL ), considerados colesterol saudável. Esses níveis anormais podem aparecer em crianças pequenas ou adultos se herdarem genes defeituosos.

Os médicos geralmente solicitam exames de sangue para determinar os níveis de colesterol total e os níveis de HDL e LDL. Quando se suspeita de hipercolesterolemia pura, o teste genético pode ajudar no diagnóstico. Os médicos podem explorar se os pais testam alto para LDL e se existe um histórico familiar de ataque cardíaco precoce. Outros exames médicos podem revelar como o corpo lida com o LDL.

Medicamentos estatísticos e mudanças no estilo de vida representam as duas formas mais comuns de tratar a hipercolesterolemia pura. Reduzir a quantidade de gorduras saturadas na dieta de carne e produtos lácteos e adicionar ácidos graxos ômega-3 saudáveis pode reduzir os níveis de LDL. Comer mais frutas, legumes, nozes e grãos também pode ajudar. Alguns pacientes consideram o exercício e a perda de peso benéficos.

O que é Hipercolesterolemia primária?

hipercolesterolemia primária é uma condição genética que afeta negativamente o colesterol da lipoproteína de baixa densidade ( LDL ) de um indivíduo.

Aqueles diagnosticados com essa condição congênita são mais suscetíveis a problemas cardiovasculares, como a aterosclerose, devido a seus níveis excessivamente elevados de LDL.

Muitas vezes se manifestando em uma idade jovem, a hipercolesterolemia primária exige medidas conscientes em relação à dieta, exercícios e estilo de vida para evitar complicações.

O tratamento para essa condição geralmente requer o uso de medicamentos para reduzir e regular os níveis de colesterol.

Indivíduos com hipercolesterolemia primária frequentemente herdam sua condição de um dos pais ou, mais raramente, de ambos os pais.

Originária de uma mutação cromossômica, a hipercolesterolemia familiar geralmente se manifesta com sinais indicadores que podem ser usados para ajudar a estabelecer um diagnóstico baseado na história familiar e na apresentação visual dos sintomas. Testes diagnósticos, incluindo um teste de estresse cardíaco e exames de sangue, podem ser empregados para confirmar um diagnóstico. Indivíduos com história familiar de hipercolesterolemia primária são considerados em risco aumentado de ataque cardíaco, doença cardíaca e derrame. Medidas proativas são frequentemente encorajadas para esses indivíduos para prevenir a progressão da doença, complicações e morte prematura.

Hipercolesterolemia
A hipercolesterolemia primária torna as pessoas mais suscetíveis à aterosclerose,
que é o endurecimento das artérias

Aqueles com hipercolesterolemia primária frequentemente exibem nódulos gordurosos sob a pele, de coloração amarelada, conhecidos como xantomas. Esses nódulos frequentemente se apresentam ao redor das articulações, como joelhos e cotovelos, e também podem se desenvolver na face. Depósitos gordurosos que se acumulam nos olhos, conhecidos como arcos da córnea, podem levar a um amarelecimento dos brancos dos olhos e prejudicar a visão de alguém.

Algumas pessoas com hipercolesterolemia primária podem desenvolver dor torácica crônica, uma condição conhecida como angina, que é muitas vezes considerada um precursor para o desenvolvimento de doenças cardíacas.

A obesidade é outra apresentação comum naqueles com hipercolesterolemia familiar, desenvolvendo-se em uma idade jovem e permanecendo uma constante durante a vida adulta. A incapacidade do corpo para processar substâncias gordurosas e expelir as lipoproteínas de baixa densidade da corrente sanguínea atua para promover ainda mais a obesidade e prejudicar seu metabolismo. A presença persistente de níveis elevados de LDL contribui frequentemente para o aparecimento prematuro de aterosclerose em alguns indivíduos.

A primeira abordagem no tratamento da hipercolesterolemia primária é geralmente a implementação de mudanças na dieta para diminuir o risco de problemas cardiovasculares e reduzir o acúmulo contínuo de depósitos de gordura. Indivíduos são frequentemente encorajados a evitar certos tipos de alimentos ricos em gordura e colesterol. O exercício regular é recomendado para promover a adoção de um estilo de vida saudável e promover a perda de peso. Aqueles que não respondem adequadamente à adoção de hábitos alimentares saudáveis e exercícios regulares podem ser colocados em medicação para ajudar a facilitar a redução do colesterol e do peso. Indivíduos que herdam a condição de ambos os pais são geralmente considerados em maior risco de complicações, incluindo ataque cardíaco e morte prematura.

Resumo

hipercolesterolemia é uma condição caracterizada por níveis muito elevados de colesterol no sangue. O colesterol é uma substância cerosa e gordurosa que é produzida no corpo e obtida a partir de alimentos provenientes de animais (especialmente gema de ovo, carne, aves, peixe e laticínios). O corpo precisa dessa substância para construir membranas celulares, produzir certos hormônios e produzir compostos que auxiliem na digestão de gordura. Demasiado colesterol, no entanto, aumenta o risco de uma pessoa desenvolver doenças cardíacas.

Pessoas com hipercolesterolemia têm um alto risco de desenvolver uma forma de doença cardíaca chamada doença coronariana. Esta condição ocorre quando o excesso de colesterol na corrente sanguínea é depositado nas paredes dos vasos sanguíneos, particularmente nas artérias que fornecem sangue ao coração (artérias coronárias). O acúmulo anormal de colesterol forma aglomerados (placa) que estreitam e endurecem as paredes das artérias. À medida que os aglomerados aumentam, eles podem entupir as artérias e restringir o fluxo de sangue para o coração. O acúmulo de placas nas artérias coronárias causa uma forma de dor no peito chamada angina e aumenta muito o risco de uma pessoa ter um ataque cardíaco.

Formas herdadas de hipercolesterolemia também podem causar problemas de saúde relacionados ao acúmulo de excesso de colesterol em outros tecidos. Se o colesterol se acumula nos tendões, causa crescimentos característicos chamados xantomas de tendão. Esses crescimentos geralmente afetam os tendões e tendões de Aquiles nas mãos e nos dedos. Depósitos de colesterol amarelado sob a pele das pálpebras são conhecidos como xantelasmata. O colesterol também pode se acumular nas bordas da superfície clara e frontal do olho (a córnea), levando a um anel de cor cinza chamado arcus cornealis (um círculo opaco à volta da córnea do olho, frequentemente visto em pessoas idosas).

Fonte: ghr.nlm.nih.gov/www.wisegeek.org/www.medicalnewstoday.com/thefhfoundation.org/medlineplus.gov/www.myvmc.com/www.genome.gov/heartuk.org.uk

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Síndrome da Porta

Síndrome da Porta

PUBLICIDADE Definição A síndrome da porta é uma síndrome de anomalias congênitas múltiplas – deficiência intelectual caracterizada …

Tumor Misto

PUBLICIDADE Definição Um tumor misto é um tumor que deriva de vários tipos de tecido. Os tumores …

Síndrome de Asperger

PUBLICIDADE Definição A síndrome de Asperger é um distúrbio do desenvolvimento. É um transtorno do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+