Breaking News
Home / Saúde / Úlcera oral

Úlcera oral

PUBLICIDADE

Definição

A maioria das pessoas sofre de úlceras na boca em algum momento da vida e, embora possam ser dolorosas, elas geralmente curam rapidamente e não causam outros problemas.

Raramente, porém, existem condições mais graves que envolvem as úlceras da boca.

O que é uma Úlcera oral?

Uma úlcera oral é uma ferida que surge nas gengivas, lábios ou bochechas internas da boca.

Uma ferida aberta pode aparecer por várias razões, incluindo uma infecção bacteriana, uma queimadura, uma lesão ou uma infecção viral mais grave, como o vírus herpes simplex.

Muitos tipos de úlcera oral podem ser tratados em casa com escovação regular, enxágue e analgésicos tópicos.

O herpes labial que é causado por infecções por herpes é tipicamente tratado com prescrição tópica de cremes e medicamentos antivirais.

Com o tratamento, a maioria das úlceras orais cicatriza em menos de duas semanas, mas feridas especialmente prolíficas, duradouras ou dolorosas devem ser inspecionadas por um médico.

Uma afta é uma úlcera oral que não é o resultado de um vírus e não é contagiosa. Este tipo de ferida aberta é causado por irritação ou infecção do tecido da boca.

Uma pessoa pode sentir uma afta se acidentalmente morder sua bochecha interna, queimar a língua em uma bebida quente ou se tiver uma reação alérgica à comida.

Bactérias que se acumulam na boca a partir de alimentos ou como resultado de má higiene oral podem infectar tecidos sensíveis, causando inflamação e, eventualmente, úlcera oral.

Doenças que afetam o sistema imunológico também podem levar a feridas na boca, como o HIV e a doença de Crohn.

As aftas geralmente são pequenas e causam apenas desconforto leve.

Lesões grandes, no entanto, podem ser dolorosas e altamente sensíveis à comida e bebida.

A maioria dos casos de pequenas aftas desaparece por conta própria em cerca de duas semanas com escovação e enxágue regulares.

As úlceras orais mais graves, que podem durar vários meses, são tipicamente tratadas com medicamentos tópicos que reduzem a inflamação e promovem a cicatrização.

Dependendo da causa das grandes aftas, um médico pode sugerir suplementos vitamínicos para estimular o sistema imunológico ou medicamentos para tratar doenças subjacentes.

Úlcera oral
Uma bolha de herpes – Afta no lábio

A afta é uma úlcera oral contagiosa que geralmente aparece no lábio externo.

Uma pessoa geralmente percebe uma sensação de formigamento um ou dois dias antes de uma ferida começar a aparecer fisicamente.

Uma bolha vermelha se desenvolve, se rompe e tende a exsudar pus claro ou branco. A bolha incha quando começa a cicatrizar e geralmente desaparece em cerca de dez dias sem tratamento. Já que o herpes pode ser desagradável e desconfortável, muitas pessoas tentam tratá-las imediatamente.

Cremes tópicos sem receita podem ser usados para secar bolhas de feridas e promover uma cicatrização mais rápida.

Pessoas que sofrem de surtos frequentes ou graves podem procurar tratamento especializado e informações preventivas de seus médicos. Um médico pode prescrever uma medicação tópica de alta resistência ou pílulas antivirais para estimular o sistema imunológico e suprimir explosões de herpes. O vírus do herpes simplex é incurável, e os pacientes muitas vezes experimentam surtos de herpes labial esporadicamente ao longo de suas vidas.

Quais são os diferentes tipos de bolhas na boca?

Bolhas na boca são irritantes e, ocasionalmente, embaraçosas. Eles podem estar dentro ou fora da boca. Existem vários tipos de lesões na boca, incluindo a afta comum e afta. Provocadas por uma variedade de causas, as bolhas na boca podem durar vários dias. Alguns tipos são tratáveis e outros desaparecem por conta própria.

As aftas são úlceras encontradas dentro da boca. Essas bolhas na boca também são chamadas úlceras aftosas. Eles são visíveis a olho nu. De cor amarela esbranquiçada, essas feridas superficiais aparecem com uma borda vermelha. Embora basicamente redondos, eles têm forma irregular com bordas irregulares.

Uma afta pode desenvolver nas bochechas, gengivas, língua ou lábios – em qualquer lugar dentro da boca.

Essas bolhas na boca variam em tamanho, embora sejam tipicamente menores que o diâmetro de uma ervilha. Eles podem se agrupar ou aparecer singularmente. Bolhas na boca como essa causam irritação adicional ao comer ou até mesmo falar. Eles são extremamente dolorosos ao toque.

A afta geralmente desaparece sozinha dentro de cinco a dez dias. Embora tremendamente doloroso em qualquer tamanho, qualquer afta maior que 0,5 polegadas (1,27 cm) de diâmetro deve ser visto por um médico. Um médico pode ser capaz de esclarecer se é realmente um tipo diferente de úlcera ou bolha na boca.

Úlcera oral
Úlceras na boca

As aftas podem ser hereditárias. Eles não são contagiosos, no entanto. Embora não haja uma cura para essas bolhas na boca, existem pastas entorpecentes que ajudam a aliviar a dor de uma fuga. Ficar longe de produtos ácidos, como tomates e suco de laranja, também ajudará a aliviar a dor de uma afta.

Ao contrário das aftas, o herpes labial é contagioso. Também chamado de herpes oral, herpes labial são lesões encontradas em torno do exterior da boca. Eles são causados pelo vírus herpes simplex tipo 1 ( HSV -1).

O herpes labial também pode ser causado pelo vírus herpes simplex tipo 2 (HSV-2), que é comumente conhecido como herpes genital. O vírus do herpes oral pode ser transmitido através de atos sexuais, particularmente quando a pessoa infectada está derramando o vírus. Também pode se espalhar através do beijo e compartilhamento de bebidas.

O HSV é um vírus latente, o que significa que, após a primeira fuga, ele fica dormente sob a pele por algum tempo. No caso do herpes oral, uma afta pode ocasionalmente aparecer durante um período particularmente estressante. A afta, por outro lado, pode ser desencadeada após um pequeno corte no lábio ou mordida acidental da bochecha.

As bolhas na boca do herpes oral são vermelhas e cheias de líquido. Essas feridas geralmente duram uma semana ou duas e a crosta acaba antes de desaparecer sem deixar uma cicatriz.

Quais são os diferentes tipos de feridas na boca?

Vários tipos de feridas na boca podem aparecer em ou ao redor da boca por uma série de razões.

Lesões na boca, como uma mordida no interior da bochecha, são fontes comuns.

Irritação química ou alérgica pode causar bolhas e úlceras para formar e herpes labial ou bolhas de febre irão se formar como resultado de uma infecção viral. As causas de um tipo, chamado de aftas, não são totalmente compreendidas, mas acredita-se que estejam relacionadas ao sistema imunológico. Muitas outras condições podem provocar feridas na boca também, mas estas são algumas das mais comuns.

Lesão é talvez a causa mais simples para feridas na boca; um corte ou arranhão no interior da boca provoca lesão na forma de uma úlcera ou bolha. Feridas cheias de líquido e bolhas na boca são referidas como vesículas ou bolhas, dependendo do tamanho da ferida.

Queimaduras químicas e reações alérgicas a alimentos ou medicamentos também podem criar feridas. Eles costumam ser bastante dolorosos, especialmente quando comem alimentos salgados ou ácidos, até que tenham a chance de curar.

Úlcera oral
As aftas não são contagiosas

Infecção viral é uma causa comum de feridas na boca. O frio familiar e as bolhas de febre são causadas pelo vírus herpes simplex ( HSV ) tipo I e são altamente contagiosas, muitas vezes transmitidas pelo contato com a pele ou a saliva infectadas. As infecções por HSV talvez sejam a fonte mais conhecida, mas outras infecções virais, fúngicas e bacterianas, como sífilis e herpes zoster, o vírus causador da catapora e das telhas, também podem desencadear bolhas e úlceras dentro e ao redor da boca.

Infecções bacterianas dos dentes ou gengivas podem causar um abcesso ou celulite e são potencialmente graves.

As aftas, também conhecidas como estomatite aftosa, são outro tipo muito comum de ferida na boca. Essas feridas recorrentes não são contagiosas e parecem ser desencadeadas por uma reação do sistema imunológico, embora a causa real seja desconhecida. As aftas formam úlceras ovais com centro branco. Eles são dolorosos, mas geralmente desaparecem dentro de duas semanas sem complicação. Feridas maiores, no entanto, podem levar mais tempo para cicatrizar e causar cicatrizes.

O tratamento para feridas na boca varia dependendo da causa, mas muitas requerem apenas tempo para cicatrizar. Um enxaguatório bucal ou pastilhas anestésicas podem ajudar a reduzir a dor. A boca inteira também deve ser limpa freqüentemente com uma escova macia para ajudar a prevenir a infecção. O tratamento com géis medicamentosos, produtos químicos ou tratamentos a laser também pode ser recomendado por um profissional médico.

Sintomas de úlceras na boca

Os sintomas de uma úlcera na boca dependem da causa, mas podem incluir:

Uma ou mais feridas dolorosas em parte da pele que reveste a boca
Pele inchada em torno das feridas
Problemas com a mastigação ou a escovação dos dentes devido à sensibilidade
Irritação das feridas por alimentos salgados, condimentados ou azedos
Perda de apetite.

As úlceras aftosas geralmente ocorrem no revestimento da boca mais macia dos lábios, bochechas, lados da língua, assoalho da boca e parte posterior do palato e área da tonsila.

O que causa úlceras na língua?

Também conhecida como úlceras aftosas, uma úlcera de língua é uma condição na qual as feridas aparecem na superfície da língua. Em alguns casos, a aparência das úlceras da língua será de áreas de cor clara que estão levemente inflamadas.

Em outras ocasiões, as úlceras parecem afundar na superfície da língua e ser muito sensíveis ao calor e ao frio. Embora haja alguma diferença de opinião sobre o motivo pelo qual as úlceras na boca se desenvolvem, há uma série de problemas de saúde que parecem levar a úlceras na língua.

Tal como acontece com muitas doenças corporais, parece haver alguma correlação entre o estresse eo desenvolvimento de úlceras no tecido da língua. Existem algumas evidências de que o estresse prolongado e intenso esgota o corpo de nutrientes essenciais e, com o tempo, pode enfraquecer o sistema imunológico.

Como resultado, o tecido da língua torna-se mais suscetível a bactérias e infecções, permitindo que as úlceras linguais se formem. Muitas vezes, um regime de suplementação vitamínica e redução do estresse pode curar as úlceras na língua em um período relativamente curto de tempo.

Úlcera oral
Feridas na superfície da língua são indicativas de úlceras na língua

A falta de sono e fadiga física geral também parece estar entre as causas da úlcera da língua. Os maus hábitos de sono e o consequente impacto negativo nos níveis de energia também podem enfraquecer as defesas do corpo, deixando a língua aberta à infecção. Conseguir dormir uma noite recuperativa a cada noite, muitas vezes permitirá que o corpo comece a curar naturalmente e gradualmente cure qualquer úlcera de língua que se desenvolva.

Alergias também são suspeitas de serem a causa subjacente de úlceras na língua. Em particular, uma alergia alimentar, como uma reação negativa às frutas cítricas, pode irritar a língua e fazer com que as úlceras apareçam. O teste e a identificação de alergias alimentares tornam possível mudar hábitos alimentares para evitar o uso de qualquer alimento ou bebida que possa ser a causa das úlceras, permitindo que a língua comece a cicatrizar quase imediatamente.

Muitos acreditam que um desequilíbrio hormonal pode levar ao desenvolvimento de úlceras na língua. Mudanças desse tipo podem resultar devido a um trauma físico que minimiza a capacidade natural do corpo de produzir hormônios, alterações na produção de hormônios como resultado de uma doença prolongada ou até mesmo um evento natural da vida, como a menopausa. Quando os hormônios são suspeitos de serem a causa subjacente, a restauração do equilíbrio hormonal geralmente fará com que as úlceras da língua desapareçam em um curto período de tempo.

Dependendo da gravidade das úlceras de língua, um médico pode usar medicação para curar as úlceras enquanto os testes são realizados para determinar a origem do problema de saúde. Como não há consenso sobre o que causa o desenvolvimento de uma úlcera de língua, pode levar algum tempo para identificar a causa subjacente mais provável. Uma vez que o médico acredita que o gatilho mais provável foi identificado, a doença pode ser tratada e esperamos que as úlceras não se repitam.

Fonte: www.nhs.uk/www.dentalhealth.org/www.wisegeek.org/www.betterhealth.vic.gov.au/www.ncbi.nlm.nih.gov/www.dermnetnz.org/www.nhsinform.scot

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Acrocianose

PUBLICIDADE A acrocianose é uma desordem vascular periférica funcional caracterizada por descoloração malhada ou cianose …

Androfobia

PUBLICIDADE Definição Androfobia refere-se à condição de ter um medo anormal, extremo e persistente dos …

Desmoplasia

PUBLICIDADE Definição Desmoplasia é a formação de tecido conjuntivo fibroso ou conjuntivo em qualquer parte …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.