Breaking News
Home / Saúde / Hidrocele

Hidrocele

PUBLICIDADE

Definição

A hidrocele é um inchaço no escroto de um menino, o saco fino que prende os testículos. Acontece quando muito líquido se acumula no interior. A condição é mais comum em recém-nascidos, embora meninos e homens mais velhos também possam obtê-la.

As hidroceles geralmente não representam uma ameaça aos testículos. Eles geralmente são indolores e desaparecem sem tratamento.

Visão Geral

No final da gravidez, os testículos de um menino descem do abdome para o escroto. O escroto é o saco de pele que segura os testículos quando eles descem.

Durante o desenvolvimento, cada testículo tem um saco natural em torno dele que contém fluido. Normalmente, esse saco se fecha e o corpo absorve o fluido durante o primeiro ano do bebê.

No entanto, isso não acontece para bebês com hidrocele. Bebês nascidos prematuramente correm maior risco de hidrocele.

As hidroceles também podem se formar mais tarde, principalmente em homens com mais de 40 anos. Isso geralmente ocorre quando o canal através do qual os testículos descem não fechou completamente e o fluido entra agora, ou o canal reabre. Isso pode fazer com que o fluido se mova do abdome para o escroto.

Hidroceles também pode ser causada por inflamação ou lesão no escroto ou ao longo do canal. A inflamação pode ser causada por uma infecção (epididimite) ou outra condição.

O que é uma Hidrocele?

Um hidrocele é um saco de fluido que se acumula em uma cavidade de corpo.

Essas condições benignas ocorrem com mais frequência nos testículos, embora também possam surgir em outras partes do corpo.

A hidrocele em geral não é motivo de preocupação, embora possa ser desconfortável, mas deve ser avaliada por um médico para confirmar que o inchaço realmente é uma hidrocele, e não outra coisa. Um médico também pode recomendar problemas de tratamento para pessoas que estão desconfortáveis, ou para indivíduos que acham um hidrocelo sem graça.

A causa subjacente da maioria das hidroceles não é conhecida. Quando drenados, esses sacos contêm fluido seroso, como o encontrado no sistema linfático.

Alguns são congênitos, causados por uma pequena malformação que ocorre durante o desenvolvimento fetal, enquanto outros podem estar associados a traumas, certos medicamentos como quimioterapia, tumores ou linfonodos bloqueados.

A hidrocele testicular, como são conhecidas as hidroceles nos testículos, é um problema não incomum em bebês e homens adultos. Como outras hidroceles, apresenta-se como um inchaço que pode ser visto e palpado. Algumas pessoas sentem dor no local, enquanto outras acham desconcertante. Um médico pode confirmar que o problema é uma hidrocele, através do brilho de uma luz, ou usando imagens médicas, como a ultra-sonografia. Essas técnicas também podem ser usadas para identificar hidroceles em outras regiões do corpo.

No caso de um inchaço ser causado pela presença de uma hidrocele, existem duas opções de tratamento.

Um médico pode optar por aspirá-lo com uma agulha, puxando o acúmulo de fluido para fora, embora o saco possa se reabastecer com fluido seroso após ser drenado. Os médicos também podem remover todo o saco cirurgicamente, evitando a recorrência da hidrocele. A remoção cirúrgica pode ser recomendada se o médico estiver preocupado com a recorrência do acúmulo de líquido.

Inchaços incomuns e mudanças na textura e forma do corpo são definitivamente um motivo de preocupação, porque há uma série de causas potenciais para mudanças físicas, variando de uma hidrocele benigna a um tumor maligno que se move rapidamente. Por esta razão, as pessoas devem definitivamente ir ao médico se observar uma mudança, para que o médico possa determinar o que está causando a mudança e como resolvê-la. Pacientes que experimentaram hidroceles antes podem querer trazê-los à atenção do médico, para que ele ou ela esteja ciente da história do paciente ao avaliar a situação.

Tipos de hidroceles

Hidrocele
Hidrocele Não Comunicante e Hidrocele Comunicante

Os dois tipos de hidroceles são: não-comunicantes e comunicantes.

Não Comunicante: Uma hidrocele não-comunicante ocorre quando o saco se fecha, mas seu corpo não absorve o fluido. O fluido restante é normalmente absorvido pelo corpo dentro de um ano. Uma hidrocele não comunicante pode estar presente ao nascimento e geralmente se resolve espontaneamente dentro de um ano. Uma hidrocele não comunicante em uma criança mais velha pode indicar outros problemas, como infecção, torção (torção dos testículos) ou um tumor. Sempre consulte o médico do seu filho para um diagnóstico.

Comunicante: Uma hidrocele comunicante ocorre quando o saco que envolve seu testículo não fecha completamente. Isso permite que o fluido flua para dentro e para fora. Uma hidrocele comunicante ocorre a partir do fechamento incompleto da túnica vaginal, de modo que uma pequena quantidade de fluido abdominal pode fluir para dentro e para fora da bolsa fina. É distinto porque o fluido flutua durante o dia e a noite, alterando o tamanho da massa.

A hidrocele está presente em até 10% de todos os nascidos vivos do sexo masculino nascidos a termo; no entanto, na maioria dos casos, desaparece sem tratamento no primeiro ano.

Hidrocele – Tratamento

Uma hidrocele não comunicante geralmente se resolve espontaneamente no momento em que a criança atinge seu primeiro aniversário. A resolução ocorre quando o fluido é reabsorvido da bolsa.

Uma hidrocele que persiste por mais de 12 a 18 meses geralmente é uma hidrocele comunicante. Uma hidrocele em comunicação geralmente requer reparo cirúrgico para prevenir a ocorrência de uma hérnia inguinal. A cirurgia envolve fazer uma pequena incisão na região inguinal ou na virilha e, em seguida, drenar o líquido e fechar a abertura da túnica vaginal.

O que é uma Hidrocelectomia?

Uma hidrocelectomia é também frequentemente referida como uma reparação de hidrocele. É uma cirurgia realizada para corrigir uma hidrocele. Isso ocorre quando o excesso de líquido se acumula em um testículo. Mais especificamente, o fluido se acumula em uma membrana que envolve os testículos. A membrana é chamada de túnica vaginal e o fluido é chamado fluido peritoneal.

A hidrocele ocorre apenas em pacientes do sexo masculino. Um médico pode diagnosticar um menino com hidrocele ao nascer. Os homens mais velhos também tendem a adquirir essa condição. O sinal mais óbvio de hidrocele é o inchaço do escroto do paciente.

Nem todas as hidroceles requerem uma hidrocelectomia.

A hidrocele de uma criança pode desaparecer por conta própria, geralmente no momento em que o paciente tem dois anos de idade.

A hidrocele de um homem adulto, no entanto, normalmente não se dissipará. Adultos com hidrocele exigirão check-ups periódicos. O médico pode recomendar uma hidrocelectomia se a condição interferir na circulação sanguínea, se tornar aumentada ou se causar desconforto ou dor.

Uma hidrocelectomia requer anestesia geral, que deixará o paciente inconsciente. Devido à anestesia, os pacientes geralmente precisam evitar comer ou beber por pelo menos seis horas antes da cirurgia. Além disso, os pacientes devem divulgar completamente todas as outras condições médicas, alergias e medicamentos ou suplementos que estão levando ao cirurgião. Alguns medicamentos podem precisar ser descontinuados antes da cirurgia, como medicamentos que possam interferir na coagulação do sangue.

O procedimento exato da hidrocelectomia é um pouco diferente, dependendo se o paciente é uma criança pequena ou um adulto. Com uma criança, o cirurgião fará uma pequena incisão na dobra da virilha do paciente. A incisão em um adulto será feita tipicamente no escroto.

Após a incisão, o cirurgião drenará o líquido da hidrocele. Normalmente, o médico também removerá todo ou parte do saco que contém o líquido peritoneal. O local é geralmente fechado com pontos.

Uma hidrocelectomia é geralmente considerada um procedimento menor. A maioria dos pacientes pode ser liberada do hospital algumas horas após a cirurgia.

Normalmente, tanto pacientes quanto adultos devem descansar por cerca de uma semana após a operação. Os pacientes devem informar o médico para consultas de acompanhamento, para que o médico possa verificar a incisão para uma cura adequada.

Riscos ou complicações de uma hidrocelectomia são raros. Alguns pacientes podem experimentar uma reação adversa à anestesia. Outros podem experimentar sangramento excessivo. Em alguns casos, a fertilidade do paciente pode ser afetada negativamente. Também é possível que uma hidrocele se reforme e exija tratamento subsequente.

Fonte: my.clevelandclinic.org/www.stanfordchildrens.org/www.seattlechildrens.org/www.wisegeek.org/uichildrens.org/www.urologyhealth.org/medlineplus.gov

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Síndrome da Porta

Síndrome da Porta

PUBLICIDADE Definição A síndrome da porta é uma síndrome de anomalias congênitas múltiplas – deficiência intelectual caracterizada …

Tumor Misto

PUBLICIDADE Definição Um tumor misto é um tumor que deriva de vários tipos de tecido. Os tumores …

Síndrome de Asperger

PUBLICIDADE Definição A síndrome de Asperger é um distúrbio do desenvolvimento. É um transtorno do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.