Breaking News
Home / Saúde / Coloboma

Coloboma

PUBLICIDADE

O que é

Um coloboma é um defeito congênito ou adquirido que afeta uma parte do olho ou da pálpebra.

A condição pode se referir a uma pálpebra subdesenvolvida, a um buraco na íris, a uma seção ausente da lente ou a um defeito mais profundo no nervo óptico.

Os sinais e sintomas dependem de qual parte do olho é afetada, mas muitas pessoas experimentam algum grau de visão distorcida ou distorcida.

Os médicos geralmente não conseguem corrigir o defeito real, de modo que o tratamento geralmente envolve a diminuição dos sintomas com óculos corretivos e medicamentos antiinflamatórios.

A maioria dos colobomas está presente no nascimento devido a mutações genéticas, prematuridade ou lesão fetal.

Em alguns casos, uma coloboma pode surgir mais tarde na vida após uma cirurgia ou trauma direto no olho.

O local mais comum da deformidade é a íris, o círculo colorido de tecido que envolve a pupila. Uma lacuna ou lágrima na íris pode criar um retalho preto conectado ou próximo à pupila.

Comumente referido como síndrome do olho de gato, um coloboma da íris pode causar sensibilidade à luz e visão dupla.

Os colobomas também podem se formar na lente, na retina ou no nervo óptico.

Tal defeito geralmente não pode ser detectado olhando para o olho, mas pode causar vários problemas de visão.

Visão embaçada, visão periférica deficiente e irritação e vermelhidão nos olhos são comuns.

Raramente, um coloboma profundo ou grande pode causar cegueira.

Colobomas palpebrais, onde parte da pálpebra superior ou inferior não se formam completamente, podem deixar o olho suscetível a secura crônica e infecções frequentes.

Sempre que um bebê ou um paciente idoso apresentar os sintomas físicos de um coloboma, ele ou ela será encaminhado a um oftalmologista para um exame cuidadoso.

O médico pode espreitar o olho com um tipo especializado de microscópio para inspecionar a deformidade.

Ele ou ela também realiza uma série de testes de visão para determinar o quanto o coloboma afeta a acuidade visual e a sensibilidade à luz.

Testes adicionais de triagem diagnóstica podem ser realizados para verificar sinais de problemas de saúde subjacentes e outros tipos de defeitos.

O tratamento para um coloboma depende da sua localização e da gravidade dos sintomas que causa.

Em muitos casos, os pacientes simplesmente precisam usar colírio calmante e participar de exames regulares com seu oftalmologista. Óculos de sol de proteção podem ser necessários se um olho for especialmente sensível à luz, e óculos ou lentes de contato podem ajudar a melhorar os problemas de visão.

Os colobomas palpebrais podem frequentemente ser corrigidos com um procedimento cirúrgico relativamente simples.

A cirurgia não se mostrou segura ou eficaz, no entanto, no tratamento de colobomas dentro da estrutura do olho.

Coloboma – Tipo

Um coloboma descreve condições em que o tecido normal no olho ou ao redor dele está ausente no nascimento.

Coloboma vem da palavra grega que significa “reduzido”.

O olho se desenvolve rapidamente durante os primeiros três meses de crescimento do feto.

Uma lacuna, conhecida como a fissura coroidal, aparece no fundo dos caules que eventualmente formam o olho. Esta fissura geralmente fecha na sétima semana de gravidez. Se não fechar, um coloboma ou espaço se forma.

Um coloboma pode afetar um ou ambos os olhos. Se ambos os olhos estiverem envolvidos, isso pode afetá-los da mesma maneira ou de maneira diferente.

Existem diferentes tipos de coloboma, dependendo da parte do olho afetada:

Coloboma palpebral: Um pedaço da pálpebra superior ou inferior está faltando.
Coloboma da lente: Um pedaço da lente está faltando.
Coloboma Macular: Nesta coloboma, a mácula não se desenvolve normalmente.
Coloboma do nervo óptico: Nesse coloboma, o nervo óptico é oco, reduzindo a visão.
Coloboma uveal: A uvea é a camada intermediária do olho. Este coloboma pode afetar a íris, a parte colorida do olho, dando-lhe uma aparência distinta de buraco de fechadura ou olho de gato.
Coloboma coriorretiniana: Neste coloboma, parte da retina está faltando.

Resumo

Um coloboma é uma lacuna em uma das estruturas do olho, como íris, retina, disco óptico ou coroide.

Os colobomas afetam aproximadamente uma em cada 10.000 pessoas e o impacto na visão pode variar de muito pequeno a causar cegueira.

Os colobomas são congênitos, o que significa que estão presentes desde o nascimento e são causados quando os olhos de um bebê não se desenvolvem adequadamente durante a gravidez.

Mais especificamente, uma lacuna no olho chamada fissura coroide não se fecha antes que o bebê nasça.

Um coloboma pode estar presente em um ou ambos os olhos, bem como nas pálpebras, e geralmente está localizado na parte inferior do olho, criando uma pupila característica em forma de buraco de fechadura.

Um coloboma pode ocorrer no nervo óptico, íris ou lente

Coloboma da íris

Fonte: www.aao.org/nei.nih.gov/www.wisegeek.org/ghr.nlm.nih.gov/webeye.ophth.uiowa.edu/www.specsavers.com.au

 

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Animais Invertebrados

PUBLICIDADE Definição de Invertebrado Invertebrados são animais que não têm espinha dorsal. A coluna vertebral …

Tomografia Computadorizada

Tomografia Computadorizada

PUBLICIDADE Definição A tomografia computadorizada é um procedimento que usa um computador conectado a uma máquina de …

Tomografia

PUBLICIDADE Definição A tomografia é o processo para gerar um tomograma, uma imagem bidimensional de uma fatia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.