Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Saúde / Doenças Transmitidas Pelo Solo

Doenças Transmitidas Pelo Solo

PUBLICIDADE

Assim como o ar e a água, o solo também pode ser contaminado e, consequentemente, transmitir-nos algumas doenças.

Conheça algumas delas:

Tétano

Essa doença é produzida por uma bactéria, o bacilo do tétano (Clostridium tetani), e caracteriza-se por contrações e espasmos dos músculos do rosto, da nuca, da parede do abdome e dos membros. Esses espasmos são consequência da ação da toxina produzida pelo bacilo sobre o sistema nervoso.

O bacilo do tétano pode ser encontrado sob a forma de esporo (uma forma resistente do micróbio) nos mais variados ambiente: poeira, pregos enferrujados, latas, água suja, galhos, espinhos e no solo, principalmente quando tratado com adubo animal, pois esse bacilo está presente nas fezes dos animais domésticos e do homem.

A profilaxia do tétano depende, portanto, da melhoria do padrão de vida das camadas mais pobres da população. Depende também da eficiência dos programas de vacinação. A vacina contra o tétano está associada às da difteria e da coqueluche (vacina tríplice). Se o indivíduo não tiver sido vacinado, deve-se usar soro antitetânico e antibióticos, prescritos pelo médico. Posteriormente será aplicada a vacina.

Esquistossomose – Barriga-d’água

É o nome popular para uma doença que deixa a pessoa com uma barriga enorme. Esquistossomose é a outra denominação para esse mal. No Brasil, a barriga-d’água é provocada pelo Schistosoma mansoni, verme achatado (platelmito) que entra pela pele (pés e pernas), aloja-se no fígado, alimenta-se de sangue e chega a ter um centímetro.

O verme passa por várias fases. Ele começa como ovo, vira uma larva ao cair em rio ou lagoa, transforma-se em cercária dentro de um caramujo e chega à fase adulta no corpo humano, seu hospedeiro definitivo. A hicartone é uma droga que mata o verme. Ela é, porém muito tóxica ao organismo.

Os prejuízos causados pelo verme não se limitam a sua espoliativa, isto é, a sua capacidade de desviar os nutrientes do indivíduo doente para seu próprio consumo.

Complicações hepáticas e intestinais são muito frequentes, ocasionando diarréias, dores abdominais e rápido emagrecimento. Ao penetrarem na pele, as cercárias podem provocar forte reação alérgica, com sensação de coceira, vermelhidão intensa e dor.

A obstrução do sistema porta causa problemas circulatórios que, por sua vez, acarretam a congestão e o edema das paredes do intestino, e do estômago, bem como perda de parte do plasma para a cavidade abdominal (barriga-d’água).

Para controlar e combater essa doença, é de fundamental importância a melhoria das condições sócios-econômicas da população. Moradias de melhor qualidade, dotadas de instalações sanitárias adequadas, evitam que as fezes com os ovos atinjam os rios, impedindo a propagação do verme.

Doenças Transmitidas Pelo Solo

Legenda da imagem:

i = Estágio infeccioso

d = Estágio diagnóstico

A – B = Os adultos emparelham e migram para: Plexo venoso mesentérico do intestino. Ovos são expulsos com as fezes.

ou

C = Plexo venosos da bexiga. Ovos são levados pela urina

2 = na água os ovos liberam os miracídios

3 = Miracídios invadem tecidos do caracol

4 = Esporocistos multiplicam-se em gerações sucessivas de caracóis

5 = Cercárias abandonam o caracol e nadam livres na água

6 = Penetram na pele

7 = Após penetração transformam-se em schistosumulas

8 = Disseminam-se pelo sangue

9 = Atingem o fígado onde se maturam as formas adultas

Amarelão – Ancilostomose

É uma doença típica de regiões de solo quente e úmido. Entre outros sintomas, provoca uma forte anemia, que diminui a capacidade de trabalho dos indivíduos afetados.

O amarelão – nome popular mais comum da ancilostomose – ocorre frequentemente em indíviduos portadores de outras verminoses, fato que, somado às condições sociais precárias, contribui para a baixa produtividade do homem ruaral brasileiro.

O amarelão é produzido por dois tipos de vermes nematódeos: o ancilóstomo (Ancylostoma duodenale) e o necátor (Necator americanus). O primeiro é comum no sul e o segundo no norte e nordeste do Brasil. As larvas desses vermes crescem na terra úmida e quente e penetram pela pele dos pés descalços do indivíduo.

Mais raramente, podem também ser engolidas.

As larvas que invadem a pele alcançam um vaso sanguíneo ou linfático e sofrem um ciclo semelhante ao do Ascaris. Pela circulação chegam aos pulmões e atravessam a parede dos alvéolos, subindo até a faringe. Podem ser então engolidos e chegam ao intestino, onde completam o amadurecimento. Prendendo-se na parede desse órgão, provocam desnutrição da mucosa com intensas hemorragias.

Os indivíduos doentes libertam nas fezes os ovos resultantes da reprodução dos vermes.

Esses ovos contaminam o solo e dão origem às larvas, que penetrarão pelos pés de outros indivíduos, infestando-os. Desse modo, a doença vai passando de uma pessoa para outra.

O tratamento dos doentes deve ser feito com vermífugos, associados a uma dieta rica e mesmo a antianêmicos, já que a perda de ferro é muito expressiva.

Doenças Transmitidas Pelo Solo
Schistosoma no Sistema Porta-Hepático

Ascaridíase

Nome popular: Lombriga

Agente transmissor: Ascaris lumbricoides

Transmissão: ingestão dos ovos infectados do parasita, que podem ser encontrados no solo, água ou alimentos contaminados por fezes humanas.

Sintomas:

Dor de barriga

Diarréia

Náuseas

Falta de apetite.

Tratamento: remédios específicos para erradicar a larva do organismo humano, todos por via oral.

Prevenção:

Saneamento básico

Lavagem das mãos após uso do sanitário

Lavagem de frutas e verduras com água corrente.

Teníase

Nome popular: Tênia

Agente causador:

Taenia solium
Taenia saginata

Transmissão:

A Taenia solium é transmitida pela carne de porco, mal passada

Ataenia saginata é transmitida pela carne de vaca, quando mal passada

Sintomas:

Anemia, pelo fato das tênias consumirem boa parte do alimento ingerido pelo homem.

Perda de peso

Alterações de apetite

Sangramento do intestino.

Tratamento:

Anti-helmíntico

Vermicidas

Profilaxia:

Incluem o saneamento básico (tratamento de água e esgoto)

Fiscalização das carnes de porco e boi

Cozimento prolongado da carne com cisticerco antes da ingestão

Tratamento de doentes

Bons programas de educação e sensibilização, incentivando bons hábitos de higiene no dia a dia.

Fonte: www.trabalhoescolar.hpg.ig.com.br

Doenças Transmitidas Pelo Solo

Osr helmintos são doenças transmitidas pelo solo e estão entre as infecções mais comuns em todo o mundo e afetam as comunidades mais pobres e mais necessitados. Eles são transmitidos por ovos presentes nas fezes humanas, que por sua vez contaminam o solo em áreas onde o saneamento é deficiente.

As principais espécies que infectam as pessoas estão a lombriga (Ascaris lumbricoides), a whipworm (Trichuris trichiura) e ancilostomídeos (Necator americanus e Ancylostoma duodenale.

Infecções por helmintos solo transmissíveis são amplamente distribuídas em todas as regiões da OMS. Vermes intestinais produzir uma ampla gama de sintomas, incluindo manifestações intestinais (diarréia, dor abdominal), mal-estar geral e fraqueza. Hookworms causar perda de sangue intestinal crônica que resulta em anemia.

As últimas estimativas indicam que mais de 880 milhões de crianças estão precisando de tratamento para estes parasitas.

OMS intervenções de controle baseiam-se na administração periódica de anti-helmínticos para grupos de pessoas em situação de risco, apoiados pela necessidade de melhorias em saneamento e educação em saúde.

A OMS recomenda o tratamento anual em áreas onde a taxa de solo transmitidas helmintíases prevalência é entre 20% e 50%, e um tratamento bi-anual em áreas com taxas superiores a 50% de prevalência.

Morbidade e sintomas

A morbidade é directamente relacionada com a carga de vermes: quanto maior for o número de vermes na pessoa infectada, maior será a gravidade da doença.

Geo-helmintos prejudicar o estado nutricional das pessoas infectadas, em muitos aspectos, às vezes causando a morte por:

Afetando negativamente o estado nutricional (causando hemorragia intestinal, perda de apetite, diarreia e disenteria, e reduzindo a absorção de micronutrientes)

Piora o desempenho escolar

Causando complicações que necessitam de intervenção cirúrgica (ou seja, obstrução intestinal e prolapso retal).

Infecções concomitantes com outras espécies de parasitas são freqüentes e podem ter efeitos adicionais sobre o estado nutricional e patologia do órgão.

Fonte: www.who.int

Doenças Transmitidas Pelo Solo

1. Formas de contaminar o solo:

Através de fezes humanas

Organismos que se encontram no lixo

Através de fezes de cães e gatos que contaminam o solo e podem causar doenças.

2. Doenças transmitidas pelo solo contaminado:

2.1 Tétano:

Doença causada por bactéria presente no solo.

É transmitida aos seres humanos através de objetos sujos de terra com a bactéria causadora do tétano.

Sintomas: dor de cabeça, febre, rigidez nos músculos, como os da nuca, do pescoço e da mandíbula.

Prevenção: uso da vacina antitetânica; evitar o contato direto com solo contaminado com fezes de animais herbívoros; em caso de suspeita de contaminação, deve-se limpar imediatamente o ferimento com água e sabão e desinfetar com água oxigenada, e tomar soro antitetânico (que tem ação imediata).

2.2 Amebíase:

Doença causada por um tipo de ameba.

É transmitida ao ser humano através de alimentos e água contaminada com a ameba.

Sintomas: dores na região da barriga, diarréias, feridas nas paredes do intestino.

As amebas são eliminadas com as fezes das pessoas contaminadas. Se não houver instalações sanitárias adequadas, essas fezes acabam contaminado o solo, água e alimentos.

Prevenção: fazer exames de fezes regularmente; boas instalações sanitárias.

2.3 Toxoplasmose:

Doença causada por um protozoário.

É transmitida ao ser humano ingerindo carne crua ou mal-cozida contaminada com o protozoário e através do contato com fezes de gatos.

Sintomas: ás vezes a pessoa não sente nada, outras vezes chega a ter febre e outros sintomas. Em casos mais graves pode até causar cegueira e atacar o sistema nervoso.

Prevenção: evitar o consumo de carne mal-cozida; evitar beijar gatos e lavar as mãos depois do contato com animais de estimação.

2.4 Ascaridíase:

Doença causada pelo verme conhecido como áscaris ou lombriga.

É transmitida através de ovos que saem do organismo doente com as fezes. Quando não há rede de esgoto ou fossa séptica no local, os ovos chegam ao solo e contaminam a água e os alimentos.

Sintomas: dores abdominais e emagrecimento.

Prevenção: usar instalações sanitárias adequadas; manter hábitos básicos de higiene; lavar bem frutas e verduras se forem comidos crus, deixando de molho em solução de cloro ou água sanitária por alguns minutos.

2.5 Ancilostomíase (ou amarelão):

Doença causada por dois vermes diferentes: necátor e o ancilóstomo.

É transmitida através de ovos desses vermes que chega ao solo com as fezes da pessoa contaminada formando uma larva que pode penetrar na pele de pessoas.

Sintomas: provoca perda de sangue, a pessoa sente-se cansada, fraca, desanimada, tem tonturas e dores musculares. Devido a perda de sangue a pessoa pode ficar anêmica.

Prevenção: fazer exames que identifiquem a presença de ovos nas fezes, andar calçado para evitar o contato direto com o solo contaminado.

2.6 Teníase e Cisticercose

Doença causada por um verme conhecido como tênia ou solitária.

Duas espécies mais comuns de tênia são: Taenia solium (presente em carne de porco) e Taenia saginata (presente em carne de boi).

Doenças Transmitidas Pelo Solo

É transmitida através de ovos que saem com as fezes da pessoa contaminada, caem no solo, podendo ser ingeridos pelo porco ou boi. Quando uma pessoa come carne de porco ou boi mal-cozida, a larva, agora dentro do ser humano, transforma-se na tênia adulta.

Doenças Transmitidas Pelo Solo

Sintomas: perda de peso e desarranjos intestinais.

Prevenção: usar instalações sanitárias adequadas, manter bons hábitos de higiene, evitar comer carne mal-cozida e cobrar a inspeção dos matadouros pelos órgãos encarregados da vigilância sanitária.

OBS: Quando o homem leva à boca as mãos sujas de terra contaminada com ovos da tênia (cisticercos) ele adquire a doença CISTICERCOSE, no qual os cisticercos podem se fixar na sua musculatura, nos olhos e no cérebro.

Fonte: www.aridesa.com.br

Doenças Transmitidas Pelo Solo

Alguns seres que vivem no solo podem causar doenças.

No solo, também podem se encontrar ovos ou larvas de vermes que causam verminoses, os ovos ou as larvas contaminam, a partir do solo, a água e os alimentos e, por esses meios, as adquirimos.

Entre as verminoses que podemos contrair a partir do solo contaminado estão: a ancilostomose ou amarelão, a teníase, a ascaridíase (lombriga) e a oxiuríase ou enterobíase.

DOENÇA

CAUSADOR

CARACTERÍSTICAS

COMO É TRANSMITIDA

COMO EVITAR

Tétano Bactéria

 

Febre, contrações musculares dolorosas; pode provocar sérias complicações no sistema nervoso. Quando as bactérias entram em contato com um ferimento na pele, por onde penetram. Lavar e desinfetar qualquer ferida provocada por objeto que tenha estado em contato com terra; tomar soro antitetânico. Como medida de prevenção toma-se a vacina antitetânica.
Ancilostomose ou amarelão Vermes (ancilóestomos)

 

Anemia, cansaço fácil, pele pálida, cólicas, abdome distendido (barriga inchada); às vezes diarréia. Quando a pele de alguém entra em contato para um solo que contenha larvas do verme, estas penetram pela pele e instalam-se no intestino, onde passam a sugar o sangue. Não andar descalço na terra ou em locais sujos. Evitar apoiar sobre o chão qualquer parte do corpo descoberta pelas roupas.
Teníase Vermes (larvas de tênia ou solitária) Fraqueza, emagrecimento, em muitos casos, apetite exagerado. Quando alguém ingere carne de porco ou de boi mal cozida, com cistos do verme. Porco ou boi adquirem ovos no solo ou na água e, em seus corpos, os ovos se transformam em cistos. Comer carne, de porco ou de boi, bem cozida ou bem passada. Conhecer a procedência das carnes.
Cisticercose Vermes (ovos de tênia) Em geral, problema no sistema nervoso, entre eles, convulsões. Quando alguém ingere ovos da tênia, que se transformam em cistos em certos órgãos do corpo, em especial na cabeça. Lavar sempre as mãos antes de comer e de preparar qualquer alimento. Nunca defecar na terra, usar sempre o sanitário e mantê-lo limpo. Filtrar ou ferver a água por no mínimo 15 minutos antes de beber ou preparar alimentos, se a água não for tratada.

Deixar os alimentos, que se comem crus, de molho pelo menos 15 minutos na seguinte solução: para cada litro de água, uma colher de sopa de água sanitária ou cloro. Lavá-los muito bem com água corrente antes do consumo.

Ascaridíase Verme (lombriga) Diarréia, dor de barriga, desnutrição; em casos graves, obstrução intestinal. Quando alguém ingere água não-tratada, verduras, frutas ou legumes contaminados sem antes lavar bem.
Oxiuríases ou enterobíase Verme (oxiúro) Intensa coceira no ânus. Quando alguém ingere água ou verduras contaminadas; também por ingestão de ovos que são expelidos pela própria pessoa que tem os vermes.

Fonte: www.geocities.com

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Hemoglobinúria

PUBLICIDADE Definição Hemoglobinúria é a presença de hemoglobina livre na urina, que pode fazer a urina …

Paralisia de Bell

Paralisia de Bell

PUBLICIDADE Definição Paralisia muscular facial unilateral de início súbito, resultante de trauma, compressão ou infecção …

Ageusia

Ageusia

PUBLICIDADE Definição Ageusia é a perda das funções gustativas da língua, particularmente a incapacidade de detectar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+