Breaking News
Home / Saúde / Hipoplasia

Hipoplasia

PUBLICIDADE

O que é Hipoplasia?

Hipoplasia é a formação incompleta de uma estrutura ou órgão no corpo.

Pode ser causada por condições genéticas ou erros durante o desenvolvimento fetal e, dependendo das estruturas envolvidas, as complicações podem ser variáveis.

Os tratamentos estão disponíveis para algumas formas de hipoplasia e, em outros casos, o tratamento é focado no gerenciamento dos problemas associados e na manutenção dos níveis de conforto do paciente o mais alto possível.

Uma condição mais grave, aplasia, é caracterizada pela completa falta de formação de um órgão ou estrutura.

Na hipoplasia, o desenvolvimento da estrutura é interrompido ou não se forma adequadamente.

Isso pode ser diagnosticado durante o desenvolvimento fetal, pois às vezes as malformações são visíveis em exames de imagem ou logo após o nascimento.

Pessoas com distúrbios do desenvolvimento puberal podem experimentar o surgimento de hipoplasia mais tarde, como, por exemplo, quando as meninas não desenvolvem mamas na puberdade.

Em alguns casos, a cirurgia plástica ou os dispositivos protéticos podem ser usados para tratar problemas estéticos com hipoplasia, como orelhas pequenas ou extremidades ausentes.

Em outros casos, os pacientes podem precisar de atendimento médico especializado para tratar de problemas como rins ou pulmões malformados.

Nos casos em que os órgãos são duplicados, um paciente pode sobreviver no órgão saudável até mais tarde na vida.

A hipoplasia também pode estar associada a defeitos congênitos graves, como deficiências significativas de desenvolvimento em pessoas com falta de partes do cérebro.

Estudos de imagens médicas e exames físicos podem ser usados para avaliar um paciente com hipoplasia para saber mais sobre a natureza do distúrbio e determinar se alguma complicação se desenvolveu.

Esta informação será usada na formulação de um plano de tratamento adequado às necessidades do paciente.

Os tratamentos podem incluir cirurgia corretiva logo após o nascimento, administração de medicamentos para compensar problemas como distribuição anormal de hormônios no corpo ou uma abordagem de esperar para ver se o paciente precisa de intervenções médicas.

Pessoas com história de hipoplasia que estão pensando em ter filhos podem discutir a situação com seus médicos. Eles têm condições genéticas, existe o risco de passar genes prejudiciais para as crianças.

Se o desenvolvimento anormal foi o resultado de um erro aleatório durante o desenvolvimento fetal, deve ser seguro ter filhos, embora seja sempre possível ser portador de um gene deletério não relacionado sem estar ciente disso.

O teste genético pode ser usado para examinar locais cromossômicos comuns de doenças genéticas para verificar se uma pessoa está em risco de ter filhos com condições genéticas.

Definição

A Hipoplasia é o subdesenvolvimento ou desenvolvimento incompleto de um tecido ou órgão.

Por exemplo, a hipoplasia do esmalte dos dentes indica que o revestimento de esmalte é mais fino que o normal ou ausente em algumas áreas, mas não em todas.

A hipoplasia é menos drástica do que a aplasia, onde não há desenvolvimento de um tecido ou órgão.

O que é Hipoplasia Nesofacial?

Na hipoplasia da face média, o centro da face se desenvolve mais lentamente que os olhos, a testa e a mandíbula.

Quando leve, isso geralmente é considerado uma variação genética normal e inofensiva.

Em casos mais graves, no entanto, a condição é tão pronunciada que tanto a aparência quanto a saúde podem ser afetadas. Nestes casos, a hipoplasia é frequentemente um sintoma de outros problemas de saúde ou distúrbios genéticos.

A genética humana permite infinitas variações na construção facial. Em indivíduos com hipoplasia benigna da face média benigna, diferenças normais na aparência resultam em características no meio da face menores, em comparação, do que as características na parte superior e inferior da face. O efeito é uma testa, maxilar inferior e olhos que parecem incomumente grandes. Em casos mais pronunciados, a mandíbula pode se projetar para a frente, e os olhos podem parecer inchados.

Quando a hipoplasia da face média é marcada ou facilmente identificável no nascimento, geralmente indica um problema médico que afeta as estruturas subjacentes da face.

Na Síndrome de Crouzon, por exemplo, a condição resulta quando as placas do crânio se fundem antes que o crescimento completo do crânio seja concluído. O tratamento desta condição genética geralmente envolve a remoção ou fratura dos ossos do crânio.

A hipoplasia da face média também tem sido associada à acondroplasia, o tipo mais comum de nanismo. Este distúrbio afeta principalmente os ossos longos das pernas e braços, mas também pode levar ao desenvolvimento craniofacial anormal. No nanismo, a extensão da hipoplasia é geralmente leve e requer intervenção apenas quando grave o suficiente para causar complicações.

Independente de sua causa, a hipoplasia midfacial grave pode freqüentemente resultar em apneia obstrutiva do sono. Pacientes com apneia obstrutiva do sono experimentam cessações intermitentes de respiração durante o sono e, frequentemente, sofrem sintomas como dor de cabeça intensa, insônia e pressão alta como resultado.

A apneia obstrutiva do sono é mais comumente tratada pela aplicação de pressão de ar suficiente para manter as vias aéreas abertas por meio de uma máquina de pressão positiva contínua nas vias aéreas que é usada pelo paciente durante o sono. Para os pacientes que têm períodos perigosamente prolongados de não respirar, a maioria das outras opções é cirúrgica. Na cirurgia da mandíbula, o excesso de tecido nas vias aéreas é removido ou um tubo de respiração é inserido diretamente na garganta.

A hipoplasia midfacial pronunciada também pode resultar em desalinhamento das mandíbulas e pálpebras. No primeiro, as mandíbulas superior e inferior não se encontram, resultando em dificuldades na mastigação e na fala.

No final, as pálpebras são incapazes de fechar completamente, e olhos secos persistentes e problemas de visão são comuns. Ambas as condições requerem cirurgia plástica para corrigir completamente.

Fonte: Colégio São Francisco

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Viroides

PUBLICIDADE Definição Os viroides são os menores patógenos infecciosos conhecidos, constituídos apenas por um RNA circular …

Supernova

PUBLICIDADE Uma supernova é a explosão de uma estrela na qual a estrela pode atingir …

Animais Invertebrados

PUBLICIDADE Definição de Invertebrado Invertebrados são animais que não têm espinha dorsal. A coluna vertebral …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.