Breaking News
Home / Saúde / Ayahuasca

Ayahuasca

PUBLICIDADE

Ayahuasca é uma mistura de plantas da Amazônia utilizada para induzir estados alterados de consciência. Os efeitos da ayahuasca incluem a purgação, a estimulação visual e a introspecção psicológica profunda que podem levar a uma percepção profunda.

A bebida é criada misturando a videira da ayahuasca ( Banisteriopsis caapi ) e mais comumente Chacruna ( Psychotria viridis ) ou Chalipanga ( Diplopterys cabrerana ). Chacruna e Chalipanga contêm a substância psicodélica dimetiltriptamina (DMT) . A DMT é endógena em cérebros de humanos e outros mamíferos e foi identificada em numerosas plantas em todo o mundo.

Normalmente, quando o DMT é ingerido, ele é digerido pelas enzimas do estômago antes que o corpo possa absorvê-lo. Quando combinado com um IMAO (Inibidor de Oxidato de Monoamina), como a cipó de Banisteriopsis caapi, as enzimas do intestino não quebram o DMT, tornando-o ativo oralmente. Ainda não está claro como e quando essa descoberta foi feita.

Na Bacia Amazônica, a ayahuasca é frequentemente empregada como uma ferramenta de cura xamanística, permitindo que o curador veja a fonte de aflição do paciente. É tanto um remédio quanto um mecanismo para comungar com o mundo espiritual.

A ayahuasca é tradicionalmente consumida em partes da Amazônia, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela e Brasil. Seu uso ritual é um fio espiritual comum que liga a bacia amazônica. Hoje, a ayahuasca está se expandindo rapidamente na América do Sul e em outros lugares por meio do crescimento de movimentos religiosos cristãos sincréticos organizados, como Santo Daime e União do Vegetal (UDV).

Além disso, um número crescente de pessoas viajam para o Peru e países vizinhos, como a Bolívia, para participar de cerimônias de ayahuasca para o bem-estar espiritual, mental e físico. Nos EUA, houve um aumento do interesse acadêmico tanto pela ayahuasca quanto pelos psicodélicos, especialmente no campo da psicoterapia.

Aqueles que desejam trabalhar seriamente com a ayahuasca geralmente se preparam através de uma dieta tradicional de ayahuasca. Embora as restrições associadas à dieta variem, elas sempre envolvem abstinência de sal, açúcar, óleo, comida picante, álcool e sexo. O objetivo da dieta é permitir que o medicamento trabalhe em um nível mais profundo, removendo a influência de toxinas que podem causar bloqueios no corpo físico e energético.

Há muitos relatos de curas físicas, emocionais e espirituais milagrosas resultantes do uso da ayahuasca. Muitos descrevem sentimentos de consciência aumentada, consciência expandida e melhoria da saúde mental e física.

Ayahuasca

Ayahuasca ( Banisteriopsis caapi ) é uma videira da selva, que cresce em toda a Amazônia, da Colômbia ao Peru, Bolívia, Brasil e Guiana. É conhecido e respeitado por todos os povos indígenas como uma planta de cura ou “planta de professor” mestre e representa a base de suas medicinas tradicionais.

Ayahuasca é cozida junto com as folhas de um arbusto chamado “Chacruna” ( Psychotria viridis ), dando uma bebida ou bebida sagrada de caráter psicoativo que é consumido em uma cerimônia ritual que leva à reflexão e limpeza. Esta bebida, chamada também Ayahuasca, tem sido usada por mais de 5.000 anos pelos xamãs da Amazônia como um meio de alcançar estados amplificados de consciência.

Os efeitos psicoativos da Ayahuasca podem ser atribuídos à Dimetiltriptamina (DMT), uma substância produzida pelo próprio corpo e responsável por nossos sonhos noturnos. De acordo com os curandeiros, Chacruna é responsável por “pintar as visões”, enquanto a planta da Ayahuasca é a que ensina além dessas visões.

O termo Ayahuasca é derivado das palavras quíchuas “aya”, que significa alma ou espírito e “huasca”, que significa corda ou vinha. Isto é traduzido como o cordão dos mortos ou a videira da alma e é considerado uma bebida usada pelos iniciados para se comunicar com o mundo dos espíritos. Esta bebida é considerada a base da conexão mágico-espiritual de mais de 75 grupos étnicos da Amazônia Superior e Inferior.

Na tradição dos xamãs Shipibo da selva amazônica, a ayahuasca é consumida – entre outras coisas – para diagnosticar e tratar doenças e disfunções em geral, tomar decisões importantes, pedir conselhos aos deuses, resolver conflitos pessoais – entre famílias e entre tribos, para comunicar-se com os espíritos da natureza, para exercitar suas capacidades divinas e elucidar mistérios, roubos, desaparecimentos, para saber se temos inimigos, para conhecer a infidelidade de nosso cônjuge, para reforçar nossa atividade sexual, etc.

Uma série de investigações científicas foram realizadas nos últimos anos, que contribuíram com algumas conclusões importantes. Com base nessas investigações diversas, podemos afirmar o seguinte sobre o efeito fisiológico da Ayahuasca no corpo humano: a falta de qualquer hepatotoxicidade desse composto vegetal.

O consumo de Ayahuasca dentro de um contexto controlado não mostra efeitos colaterais, não é viciante e não produz síndrome de abstinência, ou seja, as pessoas não apresentam nenhum sintoma de abstinência quando param de consumi-lo.

Fonte: pisatahua.org/sacredvalleytribe.com

 

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Síndrome de Williams

Síndrome de Williams

PUBLICIDADE A síndrome de Williams é um distúrbio do desenvolvimento que afeta muitas partes do …

Líquen Escleroso

Líquen Escleroso

PUBLICIDADE O líquen escleroso é uma condição dermatológica que afeta principalmente mulheres após a menopausa …

Irite

Irite

PUBLICIDADE O que é A irite é inflamação da íris (a parte colorida do olho). …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.