Breaking News
Home / Saúde / Cardiomegalia

Cardiomegalia

PUBLICIDADE

O que é Cardiomegalia?

Cardiomegalia é um termo médico usado para descrever um coração alargado.

Considerado um sintoma em vez de uma condição, uma cardiomegalia pode ocorrer em resposta a uma variedade de circunstâncias que podem fazer o músculo cardíaco funcionar mais do que o normal.

O tratamento para um coração alargado é dependente da causa subjacente e pode envolver o uso de medicamentos e requer cirurgia. Se não for tratada, uma cardiomegalia pode resultar em morte prematura.

Situações que podem contribuir para o desenvolvimento de uma cardiomegalia podem envolver condições congênitas, doenças e comprometimento da função do sistema corporal.

Indivíduos nascidos com defeito cardíaco podem desenvolver um coração aumentado devido a circulação sanguínea inadequada através do músculo cardíaco.

Certas doenças podem fazer com que o músculo cardíaco funcione mais do que o normal, como anemia, pressão arterial elevada e doença da válvula cardíaca.

Outras condições, como distúrbios da tireoide e arritmias, podem contribuir para o excesso de esforço do coração. O processamento e a distribuição impróprios de proteínas e minerais dentro do sistema do corpo também podem levar ao enfraquecimento do músculo cardíaco que afeta negativamente a função cardíaca.

Alguns indivíduos que desenvolvem uma cardiomegalia podem permanecer assintomáticos, o que significa que não apresentam sintomas.

Outros podem exibir gradualmente sinais indicando que sua função cardíaca está comprometida. A dificuldade de respiração, tonturas e falta de ar são sinais comuns associados a um músculo cardíaco aumentado.

Alguns indivíduos podem, de repente, desenvolver um ritmo cardíaco anormal, conhecido como arritmia.

Sintomas adicionais podem incluir inchaço dos membros inferiores e dígitos e uma tosse persistente.

Cardiomegalia Sintomas:

Considerado um sintoma em vez de uma condição, uma cardiomegalia pode ocorrer em resposta a uma variedade de circunstâncias que podem fazer o músculo cardíaco funcionar mais do que o normal.

O edema, que é um inchaço anormal, também pode estar presente em uma pessoa com coração alargado. Cardiomegalia, ou um coração maior que o normal, muitas vezes pode ser visto em uma radiografia de tórax, que um médico pode tomar depois que um paciente se queixa de problemas relacionados ao coração.

Definição do coração ampliado: um alargamento anormal do coração.

A cardiomegalia leve é comum em atletas:

Além disso, a arritmia, que é um batimento cardíaco anormal, faz com que seu coração aja de forma ineficaz e a hipertensão pulmonar pode contribuir para um coração alargado. Às vezes, indivíduos que experimentam anemia podem desenvolver um coração aumentado porque o coração precisa trabalhar mais rápido para compensar a diminuição do oxigênio no sangue nesses pacientes.

Também pode haver pressão arterial elevada nas artérias provenientes do coração nos pulmões, e esta condição, conhecida como hipertensão pulmonar, também pode fazer com que o coração se aumente. Pode haver causas não relacionadas ao coração de um coração alargado.

Sinais e sintomas de cardiomegalia:

Situações que podem contribuir para o desenvolvimento de uma cardiomegalia podem envolver condições congênitas, doenças e comprometimento da função do sistema corporal.

Os sintomas de um coração alargado podem incluir falta de ar, dor torácica e fadiga geral.

Coração ampliado (cardiomegalia)

Cardiomegalia
Coração normal

cardiomegalia-02
Coração alargado

Cardiomegalia refere-se a um coração alargado. Embora possa haver múltiplas causas, as mais freqüentes são a pressão arterial elevada e a doença arterial coronariana.

A cardiomegalia (coração alargado) não é uma doença por conta própria, mas sim um sintoma de outra condição. Um coração alargado pode ser visto em imagens de raios-X, mas testes adicionais são necessários para determinar a causa exata da cardiomegalia.

A cardiomegalia pode ser temporária ou crônica, dependendo da causa subjacente. Em muitos casos, a cardiomegalia é uma condição tratável, mas é importante que você veja seu médico no primeiro sinal da condição.

O principal tipo de coração aumentado é a cardiomiopatia dilatada, em que ambos os ventrículos do coração ficam esticados e finos. Outro tipo é a cardiomiopatia hipertrófica, onde as paredes do coração tornam-se muito espessas – é uma condição hereditária. Um coração alargado pode funcionar melhor quando é mais espesso, em comparação com o coração quando é mais fino.

Causas comuns de um coração alargado

Um coração alargado é muitas vezes causado por outra condição, que coloca um estresse adicional no coração e leva a danos cardíacos. Embora existam muitas causas diferentes para um coração ampliado, em alguns casos, a causa é desconhecida.

Uma causa comum é o estresse no corpo, especialmente durante a gravidez, mas nesta situação, a causa é temporária, de modo que o dano não é tão duradouro.

Outras causas de um coração alargado incluem:

– Doença cardíaca congênita – você nasceu com um coração alargado
– Dano de um ataque cardíaco
– Batimentos cardíacos anormais ( arritmia )
– Pressão alta
– Doença valvular cardíaca
– Cardiomiopatia
– Hipertensão pulmonar
– Derrame pericárdico
– Anemia
– Distúrbios da tireoide
– Hemocromatose
– Amiloidose
– Abuso de álcool ou cocaína
– Doença renal
– Infecção por HIV
– Válvula cardíaca anormal
– Infecção viral do coração

Sinais e sintomas de um coração alargado:

Um coração alargado é um sintoma de outra condição, ou seja, os sintomas associados que você pode experimentar estão conectados ao que está causando cardiomegalia. Os sintomas de um coração alargado são frequentemente semelhantes aos sintomas da insuficiência cardíaca congestiva, porque o coração não consegue bombear o sangue adequadamente. Estes incluem falta de ar, inchaço das pernas, aumento de peso – particularmente em sua seção mestra – sentindo-se cansado e palpitações cardíacas.

Alguns pacientes podem nunca desenvolver sintomas, portanto, um coração aumentado pode não ser diagnosticado e apenas detectado durante um exame para outra condição.

Como mencionado, dependendo da causa de um coração alargado, outros sintomas podem ser experimentados. Se você não está se sentindo bem, é sempre uma boa idéia investigar mais.

Fatores de risco para o coração alargado (cardiomegalia)

Anemia: uma condição em que há uma falta de glóbulos vermelhos. Isso faz com que o coração vença mais rápido, tornando-se ampliado.

Doença cardíaca congênita: devido à predisposição genética, algumas pessoas nascem com uma estrutura cardíaca anormal. Isso pode levar ao aumento do coração quando nascido ou ao longo do tempo.

Doença do tecido conjuntivo: um grupo de doenças que envolvem o tecido rico em proteínas que suporta os órgãos e outras partes do corpo. Doenças do tecido conjuntivo, como a síndrome de Marfan, podem contribuir para um coração alargado.

Ferro excessivo no corpo: também conhecido como hemochromatosis, faz com que o corpo absorva muito ferro dos alimentos que você come. O excesso de ferro pode ser armazenado nos órgãos, como o coração, resultando em sua ampliação.

História familiar: ter uma mãe ou um pai ou qualquer outra pessoa na família com um coração aumentado devido a razões genéticas aumenta substancialmente seu risco de desenvolver também.

Fluido ao redor do coração: também chamado derrame pericárdico. É o resultado de uma coleta anormal de fluidos ao redor do coração, fazendo com que ele funcione mais e seja ampliado como resultado.

Ataque cardíaco: sofrer de um infarto do miocárdio pode levar a um coração alargado.

Doença valvular cardíaca: quando há um problema com as válvulas que controlam a passagem do sangue através das câmaras cardíacas, o sangue que não é bombeado de forma eficiente é apoiado e faz com que o coração trabalhe mais. Isso faz com que o coração seja ampliado ao longo do tempo. As válvulas cardíacas podem ser afetadas por febre reumática, defeitos congênitos e até mesmo alguns medicamentos.

Doenças raras: condições como a amiloidose podem resultar em acumulação anormal de proteína que aumenta o coração

Doença da tireóide: ter uma glândula tiróide hiperativa ou subestimada pode resultar em um coração alargado.

Complicações associadas ao coração alargado (cardiomegalia)

Insuficiência cardíaca: esta é uma condição grave que é geralmente o resultado de um ventrículo esquerdo ampliado. Devido ao enfraquecimento do músculo cardíaco e à dilatação dos ventrículos, o coração não consegue bombear uma quantidade suficiente de sangue em todo o corpo.

Coágulos de sangue: porque o coração não está bombeando de forma eficiente, o sangue estagnado dentro do coração torna-se um problema. Quando o sangue não está em movimento, ele tende a coagular ou agrupar. Quando isso acontece, formam coágulos sanguíneos, que podem viajar para outros lugares do corpo e se alojar nos vasos sanguíneos.

Sombrio cardíaco: um coração alargado é incapaz de bombear sangue de forma eficiente e, como resultado, ele irá superar a sincronia.

Parada cardíaca ou morte súbita: um coração alargado pode resultar em diminuição do suprimento sanguíneo para o próprio coração. Se o ritmo do coração se tornar muito lento para permitir que o coração vença adequadamente, podem ocorrer desmaios ou mesmo a morte.

Fonte: www.wisegeek.com/www.belmarrahealth.com/www.medanta.org

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Regeneração Hepática

Regeneração Hepática

PUBLICIDADE O fígado tem a maior capacidade regenerativa de qualquer órgão do corpo. A regeneração do fígado tem sido …

Manorexia

PUBLICIDADE Definição Manorexia é um termo usado para se referir à anorexia nervosa nos homens. Este não é …

Hérnia de Morgagni

PUBLICIDADE Hérnia de Morgagni – Defeito Diafragmático Giovanni Battista Morgagni, anatomista italiano e patologista, 1682-1771. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.