Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Saúde / Hérnia do Diafragma

Hérnia do Diafragma

PUBLICIDADE

Definição

A hérnia é definida como um órgão interno que se projeta através de uma parede ao redor. As hérnias podem ocorrer em diferentes áreas da cavidade abdominal.

Uma hérnia diafragmática é quando há um orifício no diafragma que resulta em órgãos da cavidade abdominal para se mover para a cavidade torácica.

A cavidade torácica tem seus órgãos vitais que sustentam a vida – o coração e os pulmões. Pense em como isso ficaria se seu estômago, seu fígado ou seus intestinos subissem para sua cavidade torácica! Isso colocaria pressão em seu coração e pulmões e prejudicaria sua capacidade de funcionar adequadamente.

A hérnia diafragmática é um defeito ou orifício no diafragma que permite que o conteúdo abdominal se mova para a cavidade torácica. O tratamento geralmente é cirúrgico.

Hérnia do diafragma – Defeito Congênito

A hérnia diafragmática é um defeito congênito no qual há uma abertura anormal no diafragma. O diafragma é o músculo entre o peito e o abdômen que ajuda a respirar. A abertura permite que parte dos órgãos da barriga se mova para a cavidade torácica perto dos pulmões.

A hérnia diafragmática é um defeito congênito, que é uma anormalidade que ocorre quando um feto se forma no útero da mãe. Uma abertura está presente no diafragma (o músculo que separa a cavidade torácica da cavidade abdominal). Com este tipo de defeito congênito, alguns dos órgãos normalmente encontrados no abdome sobem para a cavidade torácica através dessa abertura anormal.

O que é uma Hérnia do diafragma?

A hérnia do diafragma é um tipo de defeito de nascença.

É causada por um orifício no diafragma que é aberto quando o bebê se desenvolve no útero da mãe. Órgãos que normalmente estariam presentes no abdome se projetam através desta abertura.

Existem dois tipos de hérnias de diafragma.

Quando a hérnia está presente no lado esquerdo do corpo, é chamada de hérnia de Bochdalek. Com este tipo de hérnia congênita, o estômago e os intestinos se projetam através da abertura do diafragma para a cavidade torácica.

Em um caso onde a abertura anormal é no lado direito, é conhecida como uma hérnia de Morgagni. A localização do buraco significa que o fígado e os intestinos do bebê se movem em vez de permanecer na cavidade abdominal.

Dos dois tipos de hérnias de diafragma, o Morgagni é a forma mais rara. É responsável por apenas dois por cento de todos os casos.

Quando o feto está em desenvolvimento, o diafragma se forma entre a sétima e a décima semana de gestação. Se o diafragma não se desenvolve normalmente ou uma parte do intestino fica presa no diafragma quando ele está sendo formado, uma hérnia de diafragma pode se formar. A história da família faz parte da probabilidade de desenvolvimento desse tipo de hérnia congênita. Se os pais já tiveram um filho com uma hérnia de diafragma, suas chances de a doença estar presente em um aumento de nascimento subseqüente.

Hérnia do diafragma
Cavidade torácica normal

Hérnia do diafragma
Hérnia diafragmática congênita

Este tipo de hérnia pode ser detectado durante um exame físico realizado logo após o nascimento. Uma radiografia do tórax pode ser solicitada para examinar o diafragma, os pulmões e o intestino do bebê. Um exame de sangue para ter uma idéia da capacidade do bebê de respirar, chamado de gás do sangue arterial, também pode ser solicitado.

Uma vez que a hérnia do diafragma tenha sido diagnosticada, o bebê provavelmente será internado na unidade de terapia intensiva neonatal do hospital.

Uma vez na unidade de terapia intensiva neonatal, o recém-nascido pode ser colocado em um ventilador para ajudá-lo a respirar.

Outra opção para os médicos é colocar o bebê em uma máquina de derivação de coração/pulmão até que a condição da criança se estabilize e a hérnia do diafragma possa ser tratada.

A cirurgia é realizada para fechar o orifício e reparar a hérnia do diafragma. Os órgãos que se deslocaram para o local errado são colocados onde deveriam ter sido originalmente como parte do processo. Consultas médicas periódicas de acompanhamento para monitorar melhor a condição da criança serão necessárias por algum tempo após a cirurgia.

O que é uma Hérnia diafragmática?

A hérnia diafragmática é uma condição médica de emergência na qual os músculos do diafragma estão rasgados ou deformados, levando frequentemente a problemas respiratórios graves.

Na maioria dos casos, as hérnias diafragmáticas resultam de deformidades congênitas e causam complicações graves em recém-nascidos.

Alguns pacientes apresentam hérnias mais tarde devido a trauma direto no abdome e no tórax. Cirurgia de emergência é geralmente necessária para ajustar os órgãos internos de volta ao lugar e suturar o diafragma danificado. Com tratamento imediato e acompanhamento para prevenir a infecção, a maioria dos pacientes infantis e adultos consegue sobreviver sem problemas de saúde a longo prazo.

Uma hérnia diafragmática congênita pode ocorrer quando a cavidade abdominal e os órgãos internos do feto não se desenvolvem completamente. Pode haver uma abertura visível ou orifício no diafragma, geralmente no lado esquerdo, que permite que os órgãos abdominais se movam para dentro da cavidade torácica e exerçam pressão sobre os pulmões.

É comum uma hérnia diafragmática impedir o desenvolvimento de um ou ambos os pulmões, o que pode limitar seriamente a capacidade de respiração do recém-nascido. A causa exata de uma hérnia congênita pode ser difícil de determinar, embora mutações genéticas geralmente estejam envolvidas.

Hérnias diafragmáticas que não são causadas por problemas congênitos são geralmente o resultado de acidentes traumáticos. Uma pessoa que sofre um impacto súbito no abdômen, pelve ou no peito corre o risco de desenvolver uma hérnia. A dor que acompanha tal lesão geralmente é imediata e grave, e é provável que um indivíduo tenha falta de ar, náusea e incapacidade de ficar de pé ou andar.

Um obstetra geralmente percebe uma hérnia diafragmática congênita antes que o bebê nasça através de exames ultrassonográficos. Após o nascimento, os médicos inserem imediatamente um dreno torácico e fornecem fluidos intravenosos para estabilizar os sinais vitais da criança. Uma equipe de cirurgiões especialistas tenta realinhar órgãos, fechar o orifício do diafragma e reparar os pulmões se estiverem danificados. No caso de um pulmão subdesenvolvido, um transplante pode ser necessário para salvar a vida do bebê.

Um adulto com uma hérnia diafragmática traumática também precisa de uma cirurgia de emergência para evitar uma complicação potencialmente fatal. Uma radiografia de tórax pode revelar a extensão do dano e a protuberância do órgão antes que a cirurgia seja tentada. Cirurgiões geralmente cortam a cavidade abdominal, cuidadosamente puxam os órgãos de volta ao lugar e suturam o músculo diafragma. Um paciente é geralmente mantido no hospital por vários dias para monitorar sua condição e, em seguida, agendado para exames regulares para se certificar de que os problemas estão totalmente resolvidos.

Existem dois tipos de hérnia diafragmática:

Hérnia de Bochdalek. Uma hérnia de Bochdalek envolve o lado e a parte de trás do diafragma. O estômago, fígado, baço e / ou intestinos geralmente sobem para a cavidade torácica.

Hérnia de Morgagni. Uma hérnia de Morgagni envolve a parte da frente do diafragma. O fígado e / ou intestinos geralmente sobem para a cavidade torácica.

O que causa uma hérnia diafragmática?

Hérnia do diafragma

Hérnia Diafragmática Congênita

A Hérnia diafragmática é um defeito raro. Ocorre enquanto o bebê está se desenvolvendo no útero. Como o diafragma não está totalmente desenvolvido, órgãos, como o estômago, o intestino delgado, o baço, parte do fígado e o rim, podem ocupar parte da cavidade torácica.

À medida que o feto cresce no útero da mãe antes do nascimento, diferentes sistemas de órgãos estão se desenvolvendo e amadurecendo. O diafragma se desenvolve entre a 4ª e a 12ª semana de gestação. O esôfago (o tubo que leva da garganta até o estômago), o estômago e os intestinos também estão se desenvolvendo nesse momento.

Em uma hérnia de Bochdalek, o diafragma pode não se desenvolver adequadamente, ou o intestino pode ficar preso na cavidade torácica à medida que o diafragma se forma.

Em uma hérnia de Morgagni, o tendão que deve se desenvolver no meio do diafragma não se desenvolve adequadamente.

Em ambos os casos, o desenvolvimento normal do diafragma e do trato digestivo não ocorre.

A hérnia diafragmática é uma condição multifatorial, o que significa que “muitos fatores”, tanto genéticos quanto ambientais, estão envolvidos. Acredita-se que múltiplos genes de ambos os pais, bem como vários fatores ambientais que os cientistas ainda não entendem completamente, contribuem para a hérnia diafragmática.

A hérnia de Bochdalek representa cerca de 80% a 90% de todos os casos.

A hérnia de Morgagni representa 2% de todos os casos.

Sintomas e Sinais

O desconforto respiratório ocorre tipicamente nas primeiras horas após o nascimento e ocorre imediatamente após o parto em casos graves. Após o parto, quando o neonato chora e engole ar, o estômago e as alças do intestino rapidamente se enchem de ar e aumentam rapidamente, causando constrangimento respiratório agudo à medida que as estruturas do coração e do mediastino são empurradas para a direita, comprimindo o pulmão direito. Um abdômen escafoide (devido ao deslocamento de vísceras abdominais para o tórax) é provável. Sons intestinais (e ausência de sons respiratórios) podem ser ouvidos sobre o hemitórax envolvido.

Nos casos menos graves, a dificuldade respiratória leve desenvolve-se algumas horas ou dias mais tarde, quando o conteúdo abdominal se hernia progressivamente através de um defeito diafragmático menor. Raramente, a apresentação é adiada até mais tarde na infância, às vezes após um surto de enterite infecciosa, que causa herniação súbita do intestino no tórax.

Fonte: www.stanfordchildrens.org/medlineplus.gov/www.wisegeek.org/www.ncbi.nlm.nih.gov/radiopaedia.org/www.childrenshospital.org/www.laparoscopyindia.com

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Síndrome da Porta

Síndrome da Porta

PUBLICIDADE Definição A síndrome da porta é uma síndrome de anomalias congênitas múltiplas – deficiência intelectual caracterizada …

Tumor Misto

PUBLICIDADE Definição Um tumor misto é um tumor que deriva de vários tipos de tecido. Os tumores …

Síndrome de Asperger

PUBLICIDADE Definição A síndrome de Asperger é um distúrbio do desenvolvimento. É um transtorno do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+