Breaking News
Home / Saúde / Urticária

Urticária

PUBLICIDADE

O que é

A urticária é uma condição da pele mais comumente conhecida como urticária.

É uma erupção de intensidade variável, com inchaços característicos que podem ser vermelhos brilhantes e são elevados.

A maioria das pessoas que sofrem de urticária está passando por uma reação alérgica a algum tipo de alérgeno, mas também pode haver muitas causas de não alérgenos.

Existem muitas causas diferentes e uma grande parte das urticárias tem uma causa desconhecida ou idiopática.

Geralmente, as urticárias não são perigosas, embora possam ser indicativas de uma condição diferente que pode ser prejudicial a longo prazo.

Outro nome para a urticária é urtiga- raspa, e muitas pessoas descrevem casos moderados como se parecessem com a reação de ser picado por urtiga.

Em casos graves, no entanto, grandes pápulas levantadas e avermelhadas podem cobrir o corpo, e a coceira pode se tornar insuportável. A vermelhidão da urticária é causada pelo vazamento dos capilares na camada da derme, e dura até que o fluido seja reabsorvido e o vazamento pare.

A urticária alérgica pode ser causada por qualquer número de alérgenos, sejam eles tópicos ou internos.

Muitas pessoas têm reações alérgicas a alimentos e remédios e, se ingerirem, se quebram em urticária de vários graus de severidade.

Em alguns casos, sua alergia pode ser tão severa que até a escovação do alérgeno pode causar um intenso caso de urticária.

Uma intensa reação alérgica ocorre, com quantidades maciças de histamina sendo liberadas na área, o que provoca uma resposta de coceira. Como resultado, tomar um anti-histamínico pode ajudar a reduzir a coceira e, finalmente, pode fazer a erupção desaparecer.

Geralmente, um surto não durará muito, com uma erupção média que dura apenas uma ou duas horas.

Alguns casos podem durar apenas alguns segundos antes de desaparecer. Muitas vezes, no entanto, a erupção cutânea é recorrente, de modo que, em minutos ou horas após o desaparecimento, uma nova erupção surgirá.

Em casos graves, a erupção pode durar um longo período de tempo, embora seja muito incomum que as urticárias provocadas por uma alergia durem mais de quatro a seis semanas. Se uma erupção persistir, provavelmente não é alérgica e pode ser indicativa de um problema subjacente.

Urticárias são muitas vezes o aspecto mais frustrante de uma reação alérgica para uma pessoa.

Para muitas pessoas, o defeito desagradável de uma massa de pele avermelhada e inchada é pior do que qualquer dor ou mal-estar que acompanhe uma alergia.

A coceira em alguns casos pode ser praticamente insuportável também, e há pouco que se possa fazer a respeito. Embora os anti-histamínicos possam ajudar em casos menos graves, as urticárias mais intensas podem ser extremamente difíceis de controlar.

Como resultado, a melhor maneira de lidar com urticárias é não desenvolvê-las em primeiro lugar, embora, no caso de urticária viral ou idiopática, isso possa não ser possível.

Para aqueles com alergias graves, evitar alérgenos é a melhor maneira de lidar com as urticárias. Tomar extremo cuidado quando em torno de alimentos que provocam uma resposta alérgica, e certificando-se de estar atento para medicação que causa urticária, é um passo necessário para evitar a coceira e inchaço desta doença infeliz.

Urticária – Tipo

A urticária é um tipo de alergia caracterizada por placas, que desaparecem. Essa alergia é classificada por aguda ou crônica e várias são as suas causas.

A urticária pode ser desencadeada por várias substâncias ou situações. Começa com uma coceira e a pele avermelhada.

A coceira pode ter vários níveis. Estresse também pode contribuir para o aparecimento.

Há vários motivos que pode desencadear esse problema, tais como:

Alguns alimentos, medicamentos, infecções bacterianas, inalantes, (perfumes, cosméticos, produtos químicos) pelos de animais, picadas de insetos, sol ou exposição ao frio.

A urticária pode surgir em qualquer área do corpo e o principal sintoma é a coceira.

Ao notar alguma vermelhidão no corpo que demore para sumir é necessário a consulta com um médico especialista na área para o tratamento adequado.Antialérgicos geralmente são prescritos.

Para prevenir o aparecimento desse problema é importante identificar a causa e eliminar o fator desencadeante.

Doença

A urticária é uma doença de pele comumente observada que afeta cerca de 20% da população mundial em algum momento da vida. Seu início é súbito e espontâneo como resultado do estímulo, desenvolvendo vergões avermelhados com coceira que se resolvem em até 24 horas, sem deixar marcas residuais.

Cerca de 50% dos surtos de urticária são acompanhados por grave inchaço em todo o corpo – o chamado angioedema – que pode durar até 72 horas.

A doença é um resultado de vários fenômenos diferentes dentro do corpo, a maioria deles ainda não está clara.

O conhecimento científico atual mostra que a maioria das crises de urticária são causadas por mecanismos não alérgicos. Isto significa que, na maioria dos casos, a urticária não é uma alergia!

Em um processo de urticária, uma substância chamada histamina – que é produzida por uma célula humana chamada mastócito – é liberada. Quando liberada no corpo humano, essa substância provoca um surto de urticária, porque a histamina atua nos vasos sanguíneos e na pele, causando inchaço e vermelhidão.

Urtiga: a palavra urticária é derivada do nome de uma planta (urtiga) encontrada em abundância no Brasil. Seu nome científico em latim é Urticaurens. Quando suas folhas tocam nossa pele, ocorre vermelhidão e coceira local, causada pela liberação de uma substância irritante da superfície pilosa das folhas.

O que é angioedema?

Angioedema é outra alergia da pele e é o nome dado ao inchaço mais profundo que afeta a pele sobre os braços, pernas, tronco ou face. Pode também afetar a língua, boca, garganta e, por vezes, a via aérea superior.

Esses inchaços geralmente duram mais de 24 horas, e geralmente não há coceira. Não é possível identificar uma causa subjacente para o angioedema na grande maioria dos casos.

Urticária e angioedema frequentemente ocorrem em momentos diferentes ou juntos na mesma pessoa. Ocorrem em cerca de 15% da população em algum momento de suas vidas, com as mulheres mais afetadas que os homens.

Reação Alérgica

A urticária é uma condição da pele que causa coceira intensa e rápido desenvolvimento de manchas de pele elevadas e lisas.

É comumente chamado de urticária, e é frequentemente o sinal de uma reação alérgica. Essa condição ocorre com mais frequência no rosto e no tronco.

Ocasionalmente, a área afetada se estende até a garganta e causa dificuldade para respirar. Nestes casos graves, podem ser necessárias injeções de emergência de epinefrina ou corticosteróides.

A urticária é caracterizada por um surto de vergões vermelhos e brancos de tamanhos variados que aparecem repentinamente em pequenas áreas ou em todo o corpo. Os vergões geralmente aparecem e desaparecem, durando de alguns minutos a um dia ou dois. Às vezes, o surto pode durar semanas.

A urticária aguda dura menos de seis semanas, enquanto a forma crônica dura mais tempo. Sintomas adicionais, como prurido intenso, febre e náusea, podem acompanhar as urticárias.

Diagnóstico

Esta condição pode ser causada por uma alergia a certos alimentos, principalmente moluscos, morangos ou tomates.

A urticária também pode ser uma reação a drogas, corantes alimentares ou pele de animais. O contato com certas plantas, picadas de insetos e picadas de insetos também pode resultar em um surto. O clima frio, a luz solar e os exercícios são conhecidos por causar urticária e urticária também. Uma predisposição para as urticárias tende a ocorrer nas famílias.

Um diagnóstico de urticária é baseado na observância dos sintomas. Se um paciente sofre repetidos surtos de urticária, seu médico pode precisar realizar testes de alergia para identificar a causa.

O teste de alergia pode ser extenso e levar tempo, já que os suspeitos são testados individualmente antes que possam ser descontados. Eliminar muitos alimentos suspeitos e, em seguida, reintroduzi-los um de cada vez, por vezes, ajuda a identificar a causa.

A coceira e vergões da urticária e urticária são tratados com anti-histamínicos. Quando tomado várias vezes ao dia em uma dose prescrita, o tipo correto de anti – histamínico ajudará a controlar o inchaço, impedindo que a histamina liberada ative as urticárias. Sonolência e boca seca são efeitos colaterais comuns dos anti-histamínicos, portanto, o tipo e a dosagem podem precisar ser ajustados periodicamente para minimizar o desconforto. Surtos sérios de urticária às vezes são tratados com corticosteróides para reduzir a inflamação.

A prevenção da urticária é realizada evitando o contato com a substância ou alérgeno desencadeante.

Às vezes, as substâncias desencadeantes ou alérgenos não podem ser identificados.

Urticárias que se desenvolvem de causas desconhecidas são chamadas de idiopáticas.

A urticária idiopática pode resultar em episódios crônicos de coceira e equimoses e pode exigir tratamento regular com anti-histamínicos ou uma combinação de anti-histamínicos e corticosteróides.

Tratamento

O tratamento da urticária aguda inclui anti-histamínicos não sedativos, administrados regularmente por várias semanas.

Os anti-histamínicos, como a cetirizina ou fexofenadina, ajudam a bloquear os efeitos das histaminas e reduzir a erupção cutânea e interromper a coceira.

Vários anti-histamínicos podem ser comprados em farmácias ou online.

Alguns anti-histamínicos causam sonolência, especialmente se o usuário também consome álcool. Alguns não são adequados durante a gravidez, a menos que prescritos por um médico.

Pacientes com angioedema podem precisar consultar um alergista, um imunologista ou um dermatologista. O angioedema pode causar dificuldades respiratórias potencialmente graves.

Urticária

Fonte: Colégio São Francisco

 

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Viroides

PUBLICIDADE Definição Os viroides são os menores patógenos infecciosos conhecidos, constituídos apenas por um RNA circular …

Supernova

PUBLICIDADE Uma supernova é a explosão de uma estrela na qual a estrela pode atingir …

Animais Invertebrados

PUBLICIDADE Definição de Invertebrado Invertebrados são animais que não têm espinha dorsal. A coluna vertebral …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.