Breaking News
Home / Saúde / Radiografia

Radiografia

PUBLICIDADE

Radiografia é a arte e ciência do uso da radiação para fornecer imagens dos tecidos, órgãos, ossos e vasos que compõem o corpo humano.

Radiografia médica é um termo amplo que abrange vários tipos de estudos que requerem a visualização das partes internas do corpo usando técnicas de raio-x.

O que é uma radiografia?

Uma radiografia é uma imagem tirada com a tecnologia de raios X que permite ver o interior de um objeto.

Os raios X, também chamados radiação X ou radiação Roentgen, são um tipo de radiação eletromagnética com comprimento de onda muito curto. A radiação com comprimentos de onda mais curtos, raios X rígidos, é poderosa o suficiente para penetrar nos objetos, tornando-os uma ferramenta útil para triagem de segurança, diagnóstico médico e observação do interior dos cristais.

A radiografia é uma imagem bidimensional de objetos em tons de branco sobre fundo preto.

Uma radiografia é produzida através da transmissão de raios X duros pelo sujeito, cujo interior absorve diferentes quantidades de radiação, dependendo da densidade de seus componentes.

Em uma imagem de raios X do corpo, os ossos, que são densos, absorvem mais radiação do que os tecidos moles, que são menos densos. Essa absorção de radiação é chamada atenuação. Onde mais radiação é atenuada, menos radiação é capaz de passar para o outro lado do objeto. Onde há menos atenuação, mais raios X são capazes de passar completamente pelo assunto.

A radiação que chega ao outro lado do objeto é capturada por uma placa sensível a raios-X. Onde atinge a placa, a radiação excita elétrons ou partículas subatômicas carregadas negativamente. Em uma placa fotográfica, o antigo meio de visualização de uma radiografia, essas áreas expostas escureciam, as áreas menos expostas apareciam cinzas e as áreas não expostas permaneciam brancas.

É por isso que uma radiografia do corpo mostra os ossos em branco, os tecidos moles em cinza e o fundo em preto.

Hoje, a placa fotográfica foi amplamente substituída pela radiografia computadorizada, que utiliza placas de fósforo fotoestimuláveis (placas PSP). Nesse processo, a radiação penetra no sujeito, atinge a placa e excita os elétrons nas áreas em que o sujeito é menos denso. Esta parte do procedimento é semelhante ao uso de uma placa fotográfica, exceto que menos radiação pode ser usada. É preferível menos radiação, pois grandes quantidades de radiação podem sofrer mutações nas células de maneira prejudicial. Depois que a placa PSP é exposta, os elétrons são irradiados com um laser e o sinal é executado através de um computador e traduzido em uma imagem digital.

Em um ambiente médico, a radiografia é normalmente usada para examinar ossos, mas um raio-X mais suave, ou um com comprimento de onda mais longo, pode ser usado para observar tecidos moles.

A radiografia também inclui fluoroscopia, uma técnica de imagem que atinge uma imagem em movimento de menor resolução do corpo. Isso é usado para examinar tecidos em movimento, como o fluxo de sangue, ou para orientar procedimentos cirúrgicos. A tecnologia de raios X também tem muitos usos industriais, como escanear bagagens no aeroporto, visualizar o interior das caixas de carga e inspecionar o interior dos produtos para garantir segurança e qualidade.

Raios-X – Radiografia

Raios-X ou radiografia usam uma dose muito pequena de radiação ionizante para produzir imagens das estruturas internas do corpo.

Os raios X são a forma mais antiga e usada com mais freqüência de imagens médicas.

Eles são frequentemente usados para ajudar a diagnosticar ossos fraturados, procurar lesões ou infecções e localizar objetos estranhos nos tecidos moles.

Alguns exames de raio-x podem usar um material de contraste à base de iodo ou bário para ajudar a melhorar a visibilidade de órgãos, vasos sanguíneos, tecidos ou ossos específicos.

O que é radiologia?

Radiologia é o uso de radiação para diferentes tipos de “imagem”, incluindo raios-X.

Imaginar significa simplesmente criar uma imagem da configuração interna de um objeto denso, como parte do corpo humano, com o uso de energia radiante.

Às vezes, a radiologia também é chamada de radioscopia ou radiologia clínica, a última devido aos muitos usos das técnicas de imagem para diagnóstico e tratamento de lesões ou doenças.

As imagens incluem raios X, corante radiante, ultra-som, tomografia computadorizada e ressonância magnética ou ressonância magnética.

No campo da medicina, a radiologia é uma especialização. Um radiologista lê ou interpreta uma imagem para identificar uma lesão, determinar a gravidade da lesão ou ajudar a detectar anormalidades, como tumores.

É por isso que os pacientes frequentemente precisam esperar pelos resultados “oficiais” de um raio-X ou de outra imagem, mesmo que o cuidador principal a revise.

Um especialista em radiologia também deve interpretar os resultados e consultar o médico ou oferecer um relatório de suas descobertas para obter um diagnóstico preciso.

Clínicas e instalações médicas que não empregam um radiologista no local devem enviar a imagem para interpretação e aguardar as conclusões.

A radiologia é um componente importante do diagnóstico e tratamento; portanto, o radiologista tem uma grande responsabilidade em obter imagens claras e distintas e revisá-las com extremo cuidado.

Imagens ou interpretações defeituosas podem levar à falta de coisas ou até a erros de diagnóstico da condição do paciente.

A obtenção de imagens de alta qualidade por meio de radiologia pode ser difícil quando um paciente está sofrendo de uma doença ou dor; portanto, um radiologista ou um técnico de imagem deve ter uma maneira excelente de dormir.

O radiologista também deve ser capaz de confortar o paciente, mantendo-o calmo e capaz de explicar claramente os procedimentos de radiologia para reduzir a ansiedade do paciente. Ele ou ela também deve observar cuidadosamente os registros médicos do paciente e fazer perguntas para garantir que os raios X ou outras técnicas de imagem não sejam particularmente arriscadas para um paciente específico, por exemplo, uma mulher que esteja ou possa estar grávida. Como as técnicas de radiologia exigem o uso de radiação, um técnico também deve proteger a si próprio e ao paciente dos possíveis perigos associados à radiação.

Radiografia é uma imagem tirada com o uso de raios-x

A tecnologia de radiografia digital permite que os dentistas tomem vários raios-X
dos dentes dos pacientes sem expô-los a níveis perigosos de radiação

Fonte: www.etsu.edu/www.fda.gov/www.insideradiology.com.au/www.radiologyinfo.org/www.wisegeek.org/www.sor.org/www.healthdirect.gov.au/www.nibib.nih.gov/www.ecpi.edu

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Pielonefrite

PUBLICIDADE Pielonefrite é o termo médico para uma infecção nos rins. A pielonefrite é definida …

Hipervolemia

PUBLICIDADE A hipervolemia , também conhecida como sobrecarga de líquidos , é a condição médica …

Hipovolemia

PUBLICIDADE A hipovolemia, também conhecida como depleção ou contração de volume, é um estado de …