Breaking News
Home / Saúde / TDAH

TDAH

PUBLICIDADE

Definição

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um dos transtornos mentais mais comuns que afetam as crianças.

O TDAH também afeta muitos adultos.

Os sintomas do TDAH incluem desatenção (não ser capaz de manter o foco), hiperatividade (movimento excessivo que não se encaixa no cenário) e impulsividade (atos precipitados que ocorrem no momento sem pensar).

O que é o TDAH?

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um termo diagnóstico dado a crianças e adultos que têm problemas em quatro grandes áreas importantes de suas vidas.

Essas quatro grandes áreas são: impulsividade, hiperatividade, aborrecimento e desatenção.

O TDAH é um transtorno de base neurológica.

A parte inferior do cérebro abriga uma área conhecida como sistema de ativação reticular. Esse sistema no cérebro mantém os centros cerebrais superiores alertas e prontos para entrada.

Com o TDAH, há algumas evidências de que essa área específica não está funcionando corretamente e que o cérebro parece estar dormindo. A hiperatividade é a tentativa do cérebro de estimular a atividade e manter o estado de alerta.

Outras áreas do cérebro também podem ser afetadas. Estes incluem os mecanismos inibitórios do córtex e dos lobos frontais. Cada uma dessas áreas específicas do cérebro está associada a uma variedade de várias funções.

Houve alguma controvérsia sobre o diagnóstico de Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) como uma condição neurológica. Muitos especialistas dizem que não há nenhuma evidência de que o TDAH seja neurológico, pois não houve exames médicos para diagnosticar a deficiência. Além disso, os critérios encapsulados são muito amplos para fazer um diagnóstico específico.

Há um número de fatores que são bastante comuns em pessoas com TDAH. A condição parece ocorrer em famílias e há conexões com famílias que têm histórico de depressão e / ou alcoolismo. A asma pode ser mais prevalente em portadores de TDAH, e as crianças afetadas geralmente demonstram considerável habilidade artística, mas também podem apresentar dificuldades em escrever ou desenhar.

O TDAH é cinco a sete vezes mais comum em meninos do que em meninas e ocorre em todos os níveis de inteligência.

O TDAH vem em uma variedade de formas.

Ele pode ser subdividido em duas categorias: desordem desatenta e transtorno hiperativo-impulsivo, ou uma combinação dos dois.

O termo ordem de déficit de atenção com ou sem hiperatividade foi recentemente utilizado para descrever a condição. Não há dois portadores de TDAH ou transtorno de déficit de atenção exatamente iguais.

Cerca de 35% de todas as crianças que são encaminhadas para clínicas de saúde mental são encaminhadas com TDAH. A condição afeta cerca de 3% dos adultos e 5% das crianças. Acredita-se que 50 a 60% das crianças superarão o TDAH no momento em que atingirem os 20 anos.

Sintomas em crianças

TDAH
Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)

Os sintomas são agrupados em três categorias:

Desatenção

Uma criança com TDAH:

É facilmente distraído
Não segue instruções ou conclui tarefas
Não parece estar escutando
Não presta atenção e comete erros descuidados
Esquece-se das atividades diárias
Tem problemas para organizar tarefas diárias
Não gosta de fazer coisas que exigem estar sentado
Muitas vezes perde as coisas
Tende a sonhar acordado

Hiperatividade

Uma criança com TDAH:

Muitas vezes se contorce, agita ou salta quando está sentado
Não fica sentado
Tem dificuldade em jogar tranquilamente
Está sempre em movimento, como correr ou escalar coisas (em adolescentes e adultos, isso é mais comumente descrito como inquietação).
Fala excessivamente
É sempre “em movimento” como se “dirigido por um motor”

Impulsividade

Uma criança com TDAH:

Tem dificuldade em esperar pela sua vez
Dá respostas precipitadas
Interrompe os outros

Sintomas em adultos

Os sintomas do TDAH podem mudar à medida que a pessoa envelhece.

Eles incluem:

Atraso crônico e esquecimento
Ansiedade
Baixa autoestima
Problemas no trabalho
Problemas para controlar a raiva
Impulsividade
Abuso ou dependência de substâncias
Desorganizado
Procrastinação
Facilmente frustrado
Tédio crônico
Problema de concentração ao ler
Mudanças de humor
Depressão
Problemas de relacionamento

Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)

TDAH
Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)

TDAH significa Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade.

Uma pessoa com TDAH tem diferenças no desenvolvimento do cérebro e na atividade cerebral que afetam a atenção, a capacidade de ficar parado e o autocontrole. O TDAH pode afetar uma criança na escola, em casa e em amizades.

Quais são os sinais de TDAH?

Todas as crianças lutam às vezes para prestar atenção, ouvir e seguir instruções, ficar quieto ou esperar sua vez. Mas para as crianças com TDAH, as lutas são mais difíceis e acontecem com mais frequência.

Crianças com TDAH podem ter sinais de uma, duas ou todas as três categorias:

Desatento. Crianças desatentas (facilmente distraídas) têm dificuldade em focar sua atenção, concentrando-se e permanecendo na tarefa. Eles podem não ouvir bem as instruções, podem perder detalhes importantes e podem não terminar o que começam. Eles podem sonhar acordado ou demorar muito. Eles podem parecer distraídos ou esquecidos e perder o controle de suas coisas.

Hiperativo. As crianças que são hiperativas são inquietas e facilmente entediadas. Eles podem ter problemas em ficar parados ou ficar quietos quando necessário. Eles podem apressar as coisas e cometer erros descuidados. Eles podem escalar, pular ou malhar quando não deveriam. Sem querer, eles podem agir de maneira a perturbar os outros.

Impulsivo. As crianças que são impulsivas agem rápido demais antes de pensar. Eles freqüentemente interrompem, podem empurrar ou agarrar, e acham difícil esperar. Eles podem fazer coisas sem pedir permissão, pegar coisas que não são deles ou agir de maneira arriscada. Eles podem ter reações emocionais que parecem muito intensas para a situação.

Às vezes, pais e professores percebem sinais de TDAH quando a criança é muito jovem. Mas é normal que crianças pequenas sejam distraídas, inquietas, impacientes ou impulsivas – essas coisas nem sempre significam que uma criança tenha TDAH.

Atenção, atividade e autocontrole desenvolvem-se pouco a pouco, à medida que as crianças crescem. As crianças aprendem essas habilidades com a ajuda de pais e professores. Mas algumas crianças não ficam muito melhor prestando atenção, se acomodando, ouvindo ou esperando. Quando essas coisas continuam e começam a causar problemas na escola, em casa e com amigos, pode ser o TDAH.

As causas do TDAH

Os cientistas ainda não identificaram as causas específicas do TDAH.

Há evidências de que a genética contribui para o TDAH.

Por exemplo, três entre quatro crianças com TDAH têm um parente com o transtorno. Outros fatores que podem contribuir para o desenvolvimento do TDAH incluem o nascimento prematuro, a lesão cerebral e o tabagismo da mãe, uso de álcool ou estresse extremo durante a gravidez.

Como o TDAH é tratado?

O tratamento para o TDAH geralmente inclui:

Remédio. Isso ativa a capacidade do cérebro de prestar atenção, diminuir a velocidade e usar mais autocontrole.

Terapia Comportamental. Os terapeutas podem ajudar as crianças a desenvolver as habilidades sociais, emocionais e de planejamento que estão atrasadas com o TDAH.

Treinamento de pais. Através do treinamento, os pais aprendem as melhores maneiras de responder às dificuldades comportamentais que fazem parte do TDAH.

Apoio escolar. Os professores podem ajudar crianças com TDAH a se saírem bem e curtir mais a escola.

O tratamento certo ajuda o TDAH a melhorar. Pais e professores podem ensinar as crianças mais novas a melhorar sua atenção, comportamento e emoções. À medida que envelhecem, as crianças devem aprender a melhorar sua própria atenção e autocontrole.

Fonte: www.psychiatry.org/www.understood.org/www.wisegeek.org/www.webmd.com/kidshealth.org

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Monoplegia

PUBLICIDADE Definição Monoplegia refere-se à perda parcial ou completa da função motora voluntária em um …

Homocistinuria

Homocistinúria

PUBLICIDADE Definição A homocistinúria faz com que os níveis do aminoácido homocisteína se acumulem no sangue e …

Diástase

Diástase abdominal

PUBLICIDADE Como ocorre a diastase abdominal? Durante a gravidez, o corpo da mulher pode sofrer …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.