Breaking News
Home / Saúde / Papiloma

Papiloma

PUBLICIDADE

Papiloma – O que é

Os papilomas são tumores que surgem dos tecidos do corpo que cobrem todas as superfícies do corpo, desde a pele até os órgãos internos (tecido epitelial).

Esses tumores formam ramos semelhantes aos de dedos que se estendem para fora. Os papilomas na pele são chamados de verrugas.

Os papilomas são tumores benignos (não cancerosos), o que significa que não se espalham e não crescem agressivamente, embora possam causar problemas se ocorrerem em determinados locais.

Embora os papilomas não sejam cancerígenos, eles estão associados a um risco aumentado de câncer.

Os papilomas são crescimentos benignos. Isso significa que eles não crescem agressivamente e não se espalham pelo corpo.

Os crescimentos só se formam em certos tipos de tecido, embora esses tecidos ocorram em todo o corpo. Os papilomas são frequentemente conhecidos como verrugas quando atingem a pele.

Eles também podem se formar na superfície dos tecidos úmidos que revestem o interior do corpo, como no intestino ou nas vias respiratórias.

As superfícies nas quais ocorrem os papilomas são chamadas de epitélios. O epitélio da pele, por exemplo, é a camada superior das células planas.

Um papiloma forma uma protuberância em forma de mamilo. As verrugas da pele têm aparência familiar, embora ocorram em várias formas e tamanhos.

Papiloma – Descrição

Papiloma

Papiloma é um termo médico geral para um tumor de pele ou membrana mucosa com projeções em formato de dedo. Alguns papilomas se comportam como neoplasias.

Papiloma é um tumor benigno da pele ou membrana mucosa que consiste em tecido epitelial hipertrofiado, como uma verruga

Embora a grande maioria dos papilomas seja benigna (não cancerosa), ocasionalmente podem ser displásicos (pré-cancerosos) ou malignos (cancerosos).

Os papilomas podem ocorrer em áreas por todo o corpo. Os papilomas na pele (papilomas cutâneos) são comumente chamados de verrugas. Eles ocorrem em áreas como mãos, pés e joelhos.

Os papilomas também podem ocorrer no nariz, cérebro, órgãos genitais, conjuntiva do olho e ductos mamários femininos. O papiloma na garganta, traqueia e pulmões é uma doença rara chamada papilomatose respiratória recorrente (PRR).

A maioria dos papilomas é causada por um vírus. Os papilomavírus humanos (HPVs) são um grupo de mais de 150 vírus que podem causar papilomas. Os HPVs podem causar papilomas na pele, genitais, boca, olhos e garganta. Certos HPVs podem causar câncer cervical em mulheres.

Alguns tipos de papiloma têm outras causas, não virais. Por exemplo, o papiloma nasal pode ser causado por uma lesão no tecido. Além disso, existem tipos de papilomas que não têm causas conhecidas.

Estes incluem papiloma intraductal (ducto mamário) e papiloma do plexo coróide (um tumor cerebral benigno raro mais frequentemente visto em crianças pequenas).

Em casos raros, a papilomatose respiratória recorrente pode produzir tumores de crescimento rápido no trato respiratório. Isso pode levar à obstrução ou bloqueio respiratório completo. Outro tipo de papiloma, o papiloma do plexo coróide, pode causar aumento da pressão intracraniana e hidrocefalia (fluido no cérebro).

Papiloma – Sintomas

Freqüentemente, os papilomas não causam sintomas.

Alguns papilomas podem causar irritação local.

Quando ocorrem, os sintomas podem depender da localização:

Os papilomas na pele (verrugas) costumam ser semelhantes a caroços ásperos.
Os papilomas nos pés (verrugas plantares) podem causar dor.
As verrugas genitalia podem causar coceira, queimação ou sensibilidade.
Os papilomas no ducto mamário feminino (papilomas intraductais) podem causar secreção clara ou com sangue do mamilo. Eles também podem causar dor.
Um papiloma na laringe (laringe) (papiloma laríngeo) pode causar rouquidão, respiração ruidosa, dificuldade para engolir e, em casos graves, dificuldade para respirar devido à obstrução das vias aéreas.
Um papiloma nos seios da face (papiloma invertido) pode empurrar estruturas próximas, como o olho.

Papiloma – Causa

Papiloma

A causa da maioria dos papilomas é o papilomavírus humano (HPV).

Outras causas de papilomas incluem:

Fumar
Danos do sol na pele

Papiloma – Diagnóstico

O diagnóstico de papilomas cutâneos (verrugas, verrugas plantares ou verrugas genitalia) é feito com um exame físico.

Se o diagnóstico for incerto, os testes podem incluir:

Raspas de pele
Biópsia

Os papilomas no ducto mamário feminino (papilomas intraductais) são diagnosticados com:

Ductogramas (raios-X dos dutos mamários)
Ultrassom
Mamografia
Biópsia

Papiloma na laringe (laringe) (papiloma laríngeo) é diagnosticado com:

Laringoscopia
Biópsia

Um papiloma nos seios da face (papiloma invertido) é diagnosticado com:

Endoscopia nasal
Biópsia
Tomografia computadorizada (TC)
Imagem de ressonância magnética (MRI)

Papiloma – Tratamento

Papilomas

A maioria dos papilomas é benigna e não precisa ser tratada. Alguns papilomas desaparecem por conta própria.

O tratamento de papilomas cutâneos (verrugas, verrugas plantares ou verrugas genitalias) inclui:

Géis, pomadas ou compressas de ácido salicílico disponíveis sem receita (OTC)
Crioterapia (congela a verruga; alguns produtos estão disponíveis sem receita e outros são prescritos)
Cantharidin
Eletrocirurgia e curetagem
Excisão
Tratamento a laser
Cascas químicas
Bleomicina
Imunoterapia

O tratamento para papilomas no ducto mamário feminino (papilomas intraductais) geralmente envolve a remoção cirúrgica do papiloma.

O tratamento do papiloma na laringe (laringe) (papiloma laríngeo) envolve uma laringoscopia com remoção cirúrgica com laser de dióxido de carbono (CO2). Uma traqueotomia pode ser necessária em casos graves.

O tratamento do papiloma nos seios da face (papiloma invertido) inclui a remoção cirúrgica do papiloma.

Fonte: www.emedicinehealth.com/www.medicalnewstoday.com/my.clevelandclinic.org/www.healthgrades.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Nódulo Pulmonar

PUBLICIDADE Nódulo Pulmonar – O que é Um nódulo pulmonar é uma massa de tecido localizada nos …

Herpes Nasal

PUBLICIDADE Herpes Nasal – O que é Herpes nasal são bolhas e feridas dentro e ao …

Síndrome de Guillain-Barré

PUBLICIDADE Síndrome de Guillain-Barré – O que é A síndrome de Guillain-Barré é uma doença neurológica rara …